Mais do mesmo? Grupo responde Brant sobre suposta semelhança da Mais Vasco com Campello

O grupo Desenvolve Vasco, que integra a chapa Mais Vasco, se manifestou sobre suposta semelhança da Mais Vasco com a atual gestão.

Avatar
Por Willams Meneses
-  3 de novembro de 2020 às 10:53-  Atualizada em 3 de novembro de 2020 às 10:53
Chapa Mais Vasco de Jorge Salgado
Chapa Mais Vasco de Jorge Salgado (Foto: Divulgação)
data-full-width-responsive="true"

É costume num processo eleitoral que ocorram troca de farpas e até acusações entre os candidatos. Acontece assim nas eleições nacionais e não é muito diferente quando o assunto é o Vasco da Gama.

Restam poucos dias para a eleição, marcada para este sábado (07), e espera-se que o clima fique cada vez mais quente em São Januário nos próximos dias. O que mostra tal tensão é foi o um caso da Sempre Vasco com a Mais Vasco.

O motivo? Julio Brant, candidato da Sempre Vasco, declarou que a Mais Vasco, de Jorge Salgado, se trata de uma continuidade da atual gestão de Alexandre Campello, semelhança apontada também por outras correntes políticas.

Quem se manifestou sobre foi o grupo Desenvolve Vasco, que integra a Mais Vasco, e tem como principal figura Adriano Mendes, ex-vice-presidente de controladoria do Clube ainda na atual gestão, um dos motivos para apontarem semelhança.

Por meio de nota divulgada nas redes sociais, eles contaram o caminho que os levaram a apoiar Alexandre Campello, exaltaram as conquistas nesse período, explicaram a saída e afirmaram que quando deixaram a gestão buscaram reforçar os pontos deles que acreditavam ser frágeis.

Confira a nota na íntegra

O candidato da Chapa Sempre Vasco prega a ruptura e acusa a Chapa Mais Vasco de ser a continuidade do modelo atual. É direito dele achar isso, mas cabem algumas ressalvas.

A DV participou da FVL nas eleições de 2017 e deixou a composição da Frente após a vitória na AG, antes da famigerada eleição da Lagoa justamente porque não concordava com o golpe que parecia que estava sendo arquitetado e que acabou por configurar a maior quebra de tradições da história do Clube.

Na eleição da Lagoa, nossos conselheiros votaram no candidato Júlio Brant, seguindo o acordo da formação da Chapa Sempre Vasco Livre, passando para a oposição.

Em maio de 2018, quando houve a ruptura do Presidente com seus aliados do golpe, nos sentimos na obrigação de auxiliar o Clube em um momento delicado de sua história.

Entramos na administração junto com pessoas e grupos parceiros que hoje estão na composição da Mais Vasco e enquanto estivemos lá ajudamos a desenhar os principais projetos desse triênio.

Tivemos participação efetiva no Regulamento da Anistia, trazendo de volta ao quadro social uma série de sócios Estatutários, na remodelação do Sócio Gigante, que se tornou o maior programa de sócios do Brasil com a adesão em massa da nossa fantástica torcida, o projeto de crowdfunding do CT, que permitiu a construção da primeira fase desse sonho de décadas, a transparência com a publicação dos balancetes trimestrais, colocando o Vasco entre os Clubes mais transparentes no país, e da listagem de sócios que começou a ser publicada em maio de 2019, entre de outros.

Sim! Temos muito orgulho de termos contribuído com as principais conquistas, mas somos conscientes dos pontos em que não conseguimos ajudar para que o resultado fosse melhor.

Quando percebemos que as diretrizes principais da diretoria administrativa deixaram de ser a da recuperação do Clube e passaram a ser eleitorais, nos afastamos. Ao sair, buscamos fortalecer justamente os pontos identificados como frágeis quando estivemos na gestão.

Parceiros que tivessem conhecimento comercial para gerar um projeto de marketing forte, para fazer crescer as receitas do Clube, know how no futebol, carro chefe do Vasco da Gama, que avaliamos ter sido muito mal conduzido nessa gestão, e que tivessem o sócio/torcedor como foco

Chegamos na Mais Vasco, com orgulho. As conversas foram sempre propositivas e sem as velhas marcas das negociações políticas que historicamente geravam as composições das Chapas concorrentes nas eleições do Clube.

Então, respondendo objetivamente: sim! continuaremos o que é bom e reformularemos os pontos frágeis e ruins. Temos orgulho de carregar a característica de que estamos sempre ao lado do Vasco não só no discurso mas também nas ações.

Dia 07/11/2020 pedimos o seu voto na Mais Vasco para eleger Jorge Salgado Presidente

Esclarecimento do grupo Desenvolve Vasco
Esclarecimento do grupo Desenvolve Vasco (Foto: Divulgação)

Adriano Mendes era apontado como um dos pontos fortes na gestão de Alexandre Campello, com seu trabalho na redução de dívidas do Clube. No entanto, ele deixou a pasta ainda em janeiro deste ano após discordâncias com o mandatário vascaíno, se tornando oposição com a Mais Vasco.