Campeonato Brasileiro - 11ª Rodada Couto Pereira
Coritiba 1
X
1 Vasco

Vasco empata com o Coritiba no Couto Pereira

O Vasco da Gama empatou com o Coritiba fora de casa e conquistou mais um ponto na Série B do Campeonato Brasileiro.

Gabriel Pec em jogo contra o Coritiba
Gabriel Pec em jogo contra o Coritiba (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O Vasco da Gama empatou com o Coritiba no Estádio Couto Pereira na noite desta terça-feira (13), em jogo válido pela 11ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O gol vascaíno foi marcado por Germán Cano e Léo Gamalho empatou para o Coxa. Ambos os gols saíram na etapa final da partida.

Com o empate, o Cruzmaltino chegou a 17 pontos mas caiu para a sexta colocação na tabela, enquanto o Coritiba se manteve na vice-liderança, com 21 pontos conquistados. O Náutico, que empatou com a Ponte Preta na rodada, lidera a competição com 25 pontos.

Marcelo Cabo utilizou a seguinte escalação para o duelo: Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey, Galarza, Marquinhos Gabriel (Arthur Sales) e MT (Figueiredo); Gabriel Pec (Léo Jabá) e Germán Cano.

Gustavo Morínigo mandou a campo: Wilson; Natanael (Igor), Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Matheus Sales (Willian Farias), Val e Robinho (William Alves), Gustavo Bochecha (Rafinha); Igor Paixão (Dalberto) e Léo Gamalho.

Primeiro tempo

O Vasco da Gama começou bem ameaçando criar boas jogadas e manteve o controle da partida no início do primeiro tempo, mostrando que poderia abrir o placar ainda nesta etapa, mas não foi o que aconteceu. A jogada mais perigosa da equipe cruzmaltina foi aos seis minutos, com Gabriel Pec, que arriscou uma bel chute colocado e tirou tinta da trave defendida por Wilson. No mais, só aos 37, novamente com Pec o Vasco tentou marcar novamente, mas o chute não atingiu a meta.

Jogando num 4-2-3-1, a equipe de Marcelo Cabo não conseguiu manter o domínio da partida e sentiu muito com a falta de velocidade na transição. Marquinhos Gabriel e MT não apareceram para o jogo e as jogadas que surgiram partiam de Gabriel Pec. Assim, Cano ficou isolado no ataque mais uma vez e o goleiro rival não teve trabalho nos 47 minutos de jogo.

O Coritiba, que começou um pouco acanhado, acordou por volta dos 30 minutos de jogo e assumiu o controle. Porém, diante da falta de qualidade técnica não foi capaz de abrir o placar ou obrigar Vanderlei a fazer grandes defesas. Em duas oportunidades reclamaram de pênalti, mas não tinham razão. E, com o Vasco passando sufoco, o primeiro tempo terminou sem mudanças no placar.

No segundo tempo

O Vasco parecia estar mais atento no início do segundo tempo. Aos oito minutos, MT arriscou um bom chute e obrigou Wilson a fazer grande defesa. No rebote, Pec cruzou sob medida para Germán Cano, que mais uma vez não desperdiçou e abriu o placar do jogo.

Parecia que a equipe cruzmaltina manteria a pegada na segunda etapa, mas aos 16 minutos, num rápido contra-ataque do Coritiba, Rafinha recebeu pela direita e cruzou na cabeça de Léo Gamalho, que testou para o chão dificultando o trabalho de Vanderlei, que ainda tocou na bola, porém, não o suficiente para evitar o gol.

Com o placar tudo igual novamente o Vasco da Gama não teve forças para buscar o segundo e viu o Coritiba crescer em campo. Marcelo Cabo tentou imprimir velocidade para matar o jogo num eventual contra-ataque, já que o Coritiba dominava as ações ofensivas, e colocou Arthur Salles e Figueiredo em campo, após ter trocado Pec por Léo Jabá, mas a tentativa foi infrutífera.

Sem criatividade e com o Germán Cano isolado na frente, o Gigante da Colina se viu obrigado a se defender para não perder o ponto conquistado, deixando o campo mais uma vez sem a necessária vitória. Os sonhados três pontos, que poderiam resultar na entrada do time no G4 não vieram e o jogo terminou em 1×1.

Análise

O Vasco continua o mesmo. Um time imprevisível, sem um padrão definido, tampouco capaz de manter uma regularidade. O empate até pode ser relativizado, pois, a realidade e a tabela nos mostram que o Coritiba vem melhor no Campeonato.

Germán Cano segue sendo o salvador da pátria e o time de Marcelo Cabo pouco cria para servi-lo. Ou seja, o Vasco não tem explorado sua principal potência, que é o argentino artilheiro do time. Em contrapartida, a defesa, com Castan e Ernando tem apresentado uma consistência melhor nas últimas rodadas.

A carência principal é na criação, com jogadores que ainda não provaram que pode seguir entre os 11 iniciais. Marquinhos Gabriel é um deles, inclusive, errou ao cobrar uma falta proporcionando o contra-ataque do gol do Coritiba.

Diante do que foi apresentado nas últimas rodadas, Marcelo Cabo tem de se preocupar para arrumar o setor da criação, e o departamento de futebol já deve pensar em ir ao mercado em busca de um meia para organizar o time ofensivamente, pois, a essa altura, já é exigível uma equipe consistente que passe a segurança de que o acesso é possível. Com o time atual o vascaíno ainda tem dúvidas se verá o Gigante na elite em 2022.

Melhores momentos

Veja no vídeo do Globo Esporte

Fotos

Próximo jogo

O líder Náutico será o próximo adversário do Vasco da Gama. A equipe pernambucano tem a melhor campanha da Série B, com sete vitória, quatro empates e nenhuma derrota nestes 11 jogos disputados. A partida acontece no próximo domingo (18), às 16h, em São Januário.

Leia mais sobreCoritibaCouto Pereira
5 comentários
  • A - 14 de julho de 2021

    Dá vergonha e raiva assistir esse time do Vasco jogar, esse Cabo não tem a menor condição de dirigir o time. O cara é COVARDE, BURRO, RETRANQUEIRO, o time fica olhando adversário jogar, é muito fácil qualquer timeco atacar esse time do Vasco, todo adversário já conhece esse ponto fraco.
    Enquanto essa PORRA desse Cabo não sair, o nosso sofrimento vai continuar.

    Responder
  • Weliton - 14 de julho de 2021

    No segundo turno nas ultimas rodada acho que consegue entrar no G4 enquanto o lider esta com 25 pontos. ta igual o botafogo, time muito mais muito fraco, se pegasse o rebaixado da serie A tomava uma goleada.

    Responder
  • MARCOS ALBERTO MATSUSHIMA - 14 de julho de 2021

    Muito fraquinho esse tecnico do vasco
    Covardia pura
    Vão manter esse cara até quando

    Responder
  • Luiz Amorim - 13 de julho de 2021

    O time já entra em campo pensando no empate dando toques para o lado até chegar no goleiro. Time fraquíssimo

    Responder
  • Samuel Tarso - 13 de julho de 2021

    Esse Marcelo Cabo é piada, covarde q chega a da dó do time!! Marquinhos Gabriel não jogou e ai leva um século para fazer mudança e aí tira o melhor jogador do time o Pec pra manter o Marquinhos ! Da pra entender?? Aí depois fica estagnado e ao invés de fazer alterações e partir pra cima o cara estagna o time que está cansado e leva o gol!! Triste!! Pássaro meu amigo , triste ver o Vasco assim

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de janeiro de 2022
Assista aos golaços de Figueiredo e Andrey Santos contra o São Paulo na Copinha

Vasco da Gama deixa a Copinha com dois belos gols protagonizados por Figueiredo e Andrey, especialmente o primeiro.

Nenê retoma a 10 após 4 anos; relembre quem usou o número após a saída do meia

Entre 2018 e 2021, camisa 10 do Vasco da Gama foi utilizada por Evander, Bruno César, Benítez e Morato; destes, apenas o argentino fez jus.

Zé Ricardo ganha protagonismo no futebol do Vasco, que segue busca por um camisa 9

Treinador participa ativamente das decisões do departamento de futebol do Vasco da Gama, que ainda tenta a contratação de um centroavante.

Renovação de contrato de Miranda com o Vasco é considerada bem encaminhada

Zagueiro está suspenso por doping desde setembro e vem treinando em separado; Vasco da Gama vê no atleta um ”ativo” e deseja renovar.

Figueiredo lamenta eliminação na Copinha e revela: ‘Meu último jogo no Sub-20’

Centroavante, que será integrado aos profissionais, agradeceu ao elenco e à comissão técnica do Vasco da Gama na Copinha pela campanha.

17 de janeiro de 2022
Lucão acerta com o Bragantino; Vasco manterá parte dos direitos econômicos

Goleiro fecha por 5 anos com o time paulista; Vasco da Gama não deve receber nada pela transferência, mas manterá percentual econômico.

Caio Eduardo recebe proposta do NK Lokomotiva Zagreb, da Croácia

Jogador, que atua como volante e lateral-esquerdo, está afastado pelo Vasco da Gama devido a imbróglio por renovação contratual.

Assista aos melhores momentos de São Paulo 4 x 2 Vasco pelas oitavas da Copinha

O Vasco da Gama perdeu por 4×2 para o São Paulo nesta segunda (17) e foi eliminado da edição 2022 da Copinha.

Vasco perde por 4 x 2 para o São Paulo e se despede da Copinha

Mesmo com pressão no fim do jogo, o Vasco da Gama não conseguiu superar o São Paulo e está eliminado da Copinha 2022.

Vasco teria iniciado conversas pelo centroavante Getúlio, ex-Avaí

Pertencente ao Tombense, jogador atuou as duas últimas temporadas pelo Avaí, clube que o revelou; Vasco da Gama quer um centroavante.

Veja mais notícias