Luxemburgo revê o Palmeiras sendo unanimidade no Vasco

Vanderlei Luxemburgo, treinador do Vasco da Gama, reencontra o Palmeiras neta terça-feira, no Allianz Parque.

Vanderlei Luxemburgo durante o jogo contra o Atlético-MG
Vanderlei Luxemburgo durante o jogo contra o Atlético-MG (Foto: André Durão)

Definitivamente, Vanderlei Luxemburgo tem seu nome cravado na história do Palmeiras por conta das conquistas do passado. Porém, em sua última passagem, o treinador ficou longe de ter a unanimidade que construiu no Vasco no primeiro trabalho e que vem mantendo em sua dura missão de livrar a equipe do rebaixamento. Hoje (26), às 20h, no Allianz Parque (SP), o técnico revê sua ex-equipe pela primeira vez.

Luxa encerrou um tabu de 12 anos do Palmeiras sem conquistar o Campeonato Paulista e foi o técnico que mais lançou garotos revelados na base no século, num total de oito. Apesar de um bom retrospecto, o técnico foi muito questionado pela falta de desempenho da equipe durante sua passagem.

Terceiro comandante com mais partidas na história do clube (411), Luxemburgo chegou a ficar invicto por 20 partidas com o Verdão, sendo 10 vitórias e 10 empates. O debate, porém, sempre foi de que os resultados estavam sendo melhores que o rendimento. O tema o incomodava, e ele chegou a questionar se havia um elenco capaz de jogar bonito. Em meio às críticas, o treinador cobrava reforços da diretoria.

Depois de bater o Corinthians na final do Estadual, em um time liderado por jovens como Gabriel Menino e Patrick de Paula, Luxa também deixou o Verdão com uma das melhores campanhas da primeira fase da Copa Libertadores.

Mesmo internamente, o técnico nunca foi uma unanimidade após a negociação com Jorge Sampaoli não dar certo. Seu nome, porém, tinha maior apoio do Conselho Deliberativo na época, e acabou sendo o escolhido para iniciar uma reformulação depois da decepção na temporada de 2019.

Vanderlei Luxemburgo foi demitido em outubro, depois de 18 vitórias, 15 empates e cinco derrotas na temporada. O clube decidiu fazer a troca depois de uma sequência de três derrotas consecutivas, sendo duas no Allianz Parque, para São Paulo e Coritiba.

“Já fui algumas vezes no Palmeiras enfrentá-los, não tenho mágoa de nada, é normal ser mandado embora no futebol, sair. É uma decisão de dirigente, a gente não tem como interferir. Vamos analisar o time do Palmeiras para, aí sim, poder escalar a equipe e tomar a decisão tática daquilo que nós vamos fazer”, declarou Luxa após a vitória sobre o Atlético-MG por 3 a 2, já projetando o reencontro com seu ex-clube.

Recentemente, em entrevista ao programa “Bem, Amigos”, do Sportv, ele avaliou que deixou “o time pronto” para seu sucessor no Palmeiras, o português Abel Ferreira.

Praticamente uma unanimidade no Vasco

A história de Vanderlei Luxemburgo com o Vasco é curiosa. Após uma longínqua passagem como auxiliar-técnico de Antônio Lopes no início da década de 80, ele se consagrou como treinador e foi voltar a São Januário somente em 2019, já com um extenso currículo, inúmeros títulos e passagens por Seleção Brasileira e Real Madrid.

Sua chegada, porém, foi cercada de bastante desconfiança, principalmente pelo fato do técnico ser um declarado torcedor do maior rival cruzmaltino, o Flamengo.

Naquela ocasião, porém, ele pegou o time também afundado na zona de rebaixamento, contribuiu com uma inegável melhora e fez a equipe se classificar para a Copa Sul-Americana.

Com o trabalho reconhecido e suas frases de efeito na boca da torcida, teve sua permanência aclamada pelos vascaínos, mas as partes não chegaram a um acordo no quesito financeiro e também de planejamento para a temporada seguinte.

Seu retorno agora, após a passagem pelo Palmeiras e o fraco trabalho do português Ricardo Sá Pinto em São Januário, foi bastante comemorada. Até aqui, o resultado tem sido satisfatório. Foram duas vitórias, um empate e duas derrotas, suficientes para tirar a equipe da zona de rebaixamento.

Apesar dos resultados frustrantes contra Coritiba e Red Bull Bragantino, o time apresentou uma sensível melhora em termos coletivos, e ganhou força com a vitória sobre o Atlético-MG no último domingo, um adversário que briga pelo título brasileiro.

“Fugiu (da nossa ideia) o Coritiba, mas uma derrota em Bragança (SP)… o São Paulo foi lá e perdeu, outros times perderam. O Coritiba era um jogo importante, confronto direto e perdemos. Tivemos uma expulsão que nos prejudicou bastante. Estamos no caminho certo na busca pela manutenção na Primeira Divisão. A vitória (sobre o Atlético-MG) foi importante para subir um pouquinho, mas ainda não terminou. Tem muita coisa para acontecer”.

Fonte: Uol

Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
22 de junho de 2021
Vasco pode entrar no G4 da Série B caso vença o Cruzeiro

O Vasco da Gama mira a vitória sobre o Cruzeiro para entrar no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro 2021.

Filha de Barbosa comenta exposição do ídolo vascaíno no Museu do Futebol

Filha de um dos maiores ídolos da história do Vasco da Gama fala da exposição em homenagem ao ex-goleiro do Cruzmaltino.

Vasco apresenta time Adulto e Sub-20 de futsal para temporada 2021

O Vasco da Gama anunciou as equipes de futsal nas categorias Adulto e Sub-20 para a disputa da temporada 2021.

Retorno de MT teve trabalho psicológico do Vasco para conter ‘ímpeto’ do jogador

Jovem atleta do Vasco da Gama, o meia MT precisou de acompanhamento psicológico no processo de retorno aos gramados.

Cabo ganha ‘sobrevida’ no Vasco após vitória sobre o CRB e dedica resultado a Pássaro

Técnico do Vasco da Gama, Marcelo Cabo estava pressionado no cargo devido aos maus resultados recentes, mas triunfo sobre o CRB aliviou.

21 de junho de 2021
Sócio do Vasco aciona STJ com pedido para que Leven Siano vire presidente do Clube

Ministro que recebeu o caso foi o mesmo que, em 2020, colocou sob júdice tanto o pleito do Vasco da Gama de 07 de novembro quanto do dia 14.

Vasco treina no CT do Almirante visando duelo contra o Cruzeiro; veja vídeo

Elenco do Vasco da Gama iniciou nesta segunda (21) a preparação para o jogo contra o Cruzeiro, quinta (24), às 21h30min, pela Série B.

Vasco começa arrecadação da campanha Mães da Favela Futebol Clube

O Vasco da Gama anunciou que o posto de coleta de alimentos começou a funcionar em São Januário nesta segunda-feira.

Vasco inicia venda de ingressos virtuais para jogo contra o Cruzeiro

Bilhete virtual para Cruzeiro x Vasco da Gama, pela 6ª rodada da Série B, custa R$ 10; partida acontece na quinta (24), às 21h30min.

Fluminense disputará duas partidas em São Januário; Vasco x Brusque muda de horário

O Fluminense mandará dois jogos em São Januário, o primeiro que vai motivar uma pequena alteração no horário de Vasco da Gama e Brusque.

Veja mais notícias