Luxemburgo assume responsabilidade por derrota e explica mudanças na escalação

Vanderlei Luxemburgo assumiu a responsabilidade após derrota para o Fortaleza e explicou a formação usada no jogo.

Vanderlei Luxemburgo durante jogo do Vasco
Vanderlei Luxemburgo durante jogo do Vasco (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

O técnico Vanderlei Luxemburgo assumiu a responsabilidade pela derrota do Vasco por 3 a 0 para o Fortaleza que deixou o clube em situação dramática na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Na avaliação do treinador, houve falhas na marcação, mas o mérito maior foi do adversário.

“Faltou um pouco mais de marcação dura, mais apertada. Jogar a culpa em alguma situação é covardia. O maior responsável sou eu, e o Fortaleza foi melhor, produziu mais e mereceu ganhar”, declarou em entrevista coletiva à Vasco TV.

Para a partida de hoje na Arena Castelão (CE), Luxemburgo apostou numa formação diferente, com muitas peças modificadas, algo que gerou algumas críticas após o resultado adverso. Segundo ele, porém, tal time havia treinado muito bem no domingo e na segunda que antecederam ao jogo:

“Nós temos um problema sério hoje que é vocês não poderem acompanhar o treino. Se tivessem visto o trabalho de domingo e segunda, iriam ver que a escalação foi certa. Mas só viram o jogo, e o time não encaixou. Então, parece que a escalação foi equivocada. Eu respeito isso. Agora, quem treinou o time fui eu. Eu saí de campo confiante em fazer uma grande partida. Nem sempre você treina bem e faz um grande jogo, nem sempre você treina mal e jogará mal. Me surpreendeu, eu tinha certeza de que o Vasco Iria fazer um grande jogo. Observei contra o Flamengo que a gente precisava de movimentação, mais toque de bola e aproximação. Começamos bem, mas sofremos o gol e aí não teve mais aproximação, não teve mais nada. O time se desarrumou”.

Apesar do duro resultado e da situação difícil na tabela, Vanderlei Luxemburgo ainda não “jogou a toalha” sobre a permanência do Vasco na Série A.

A proposta é manter o time na Série A, então, é importante se preparar bem para enfrentar o Inter. Depois, tem Corinthians e Goiás. A coisa não acabou. Temos de ter a consciência de que a coisa não acabou. Se tivermos isso em mente, temos condições de manter o Vasco na Série A. Se acharmos que por causa da atuação já fomos rebaixados, não adianta nem entrar em campo contra o Inter, Corinthians e Goiás”, disse.

Com o resultado, o Vasco viu o Fortaleza — um adversário direto — abrir quatro pontos de distância. Para pior, o Sport — outro que está na briga contra a queda — venceu o Internacional e também foi a 41.

Estacionado com 37 pontos junto com o Bahia, mas atrás do Tricolor nos critérios de desempate, o Vasco recebe o líder Internacional, neste domingo, em São Januário (RJ), e precisa pontuar.

Fonte: Uol

14 comentários

  • Helon Charles - 11 de fevereiro de 2021

    Quem assistiu ao jogo viu o buraco que o meio tinha, principalmente entre defesa e primeira linha de meio campo. O Bruno Gomes é bom volante, mas não tem velocidade, em várias jogadas dava para ver ele tentando alcançar algum jogador do Fortaleza. Não adianta pôr Leo Gil jogando atrás, ele também é lento na reposição.
    O Juninho joga muito, mas parece que está desinteressado quando o time está perdendo. O Carlinhos ninguém sabe e qual posição joga, se de volante, armador, fica perdido. 8 jogadores só sabem tocar de lado ou para trás, nisso se inclui o Talles Magno, corre, corre, e de repente para e tocar para trás, não dá sequência. Sinto falta da época em que o simples 4-4-2 era tendência, com dois meias marcadores e dois armadores, um para cadenciar o jogo e outro de velocidade, isso sim quebrava a defesa adversária, pois tinha que marcar mais gente no meio, liberando espaços nas laterais.

    Responder
  • Edivaldo Galvão de Queiroz - 11 de fevereiro de 2021

    É profexô a culpa é sua mesmo porque inventou na escalação do fraquíssimo time do Vasco e ainda levou um baile do técnico do Fortaleza. Agora também temos que reconhecer que esses merdas de jogadores que são péssimos, covardes sem sangue que não tem raça e amor ao time

    Responder
  • Silvio Lucio de Souza - 11 de fevereiro de 2021

    Time sem sangue, sem vontade, deveriam mirar no exemplo do Góias, que está dando o sangue , a alma, para não cair, time que corre e luta o tempo todo, se entrega. Essa saída de bola do Vasco, com jogadores sem qualidade, mata p torcedor, e Luxemburgo também, deveria entender, que o German Cano, mesmo debilitado não pode ser resguardado para o 2 tempo, o cara com uma perna amputada é melhor que todos ali.

    Responder
  • ozorio andrade - 11 de fevereiro de 2021

    Tecnico qui acredita que Henrique, coisa GOMES, Thalis, Goleiro titular, Castan, mais ums 3 jogam bola prá jogar no VASCO , realmente tá ULTRAPASSADO, FUI

    Responder
  • Vascão - 11 de fevereiro de 2021

    É claro que a culpa é sua seu burro, o Pikachu, Carlinho, Caio Lopes e Catatau não se escalam sozinhos porra.
    Covarde, time de covardes, não atacam e não defendem.
    Esse time todo tem q ir pro lixo, princioalmente esse treinador burro.

    Responder
    • WILLIAM - 11 de fevereiro de 2021

      esqueceu do Bostán

  • Vinicius - 11 de fevereiro de 2021

    Não há treinador que faça um grupo de covardes e sem sangue jogar! Estão de má vontade

    Responder
  • Evaldo - 11 de fevereiro de 2021

    Covardia o que estão fazendo com o nosso VASCO, até em época de eleição para presidente do clube viramos piada , ninguém sabe quem vai comandar essa bagunça. Time muito fraco , jogadores ruins demais claro tirando Benítez,Cano e Marcelo Alves que estão dando o sangue por esse time. Vou pedir uma coisa professor não inventa nessa altura do Campeonato, tem jogadores que não merecem usar essa camisa eu sei que é difícil para vc escolher o time ideal mais só não tenta inventar. Para o senhor ficar sabendo meus filhos viraram Flamengo na ruas e no trabalho só sacaneado não sei mais o que fazer porquê eu amo demais o Vasco.

    Responder
  • Ailton - 11 de fevereiro de 2021

    O elenco é de terceira categoria, vem perdendo confrontos diretos com quem está na parte baixa da tabela, uma vergonha p a torcida, esses cabeças de bagres deveriam e sentirem incompetentes p jogarem num clube como o Vasco da Gama, o treinador não deveria ficar inventando coisas, faz como em 2019,

    Responder
  • CARLOS ALBERTO FERNANDES PIRES - 11 de fevereiro de 2021

    FORA TREINADOR ULTRAPASSADO, PALMEIRAS TE MANDOU EMBORA PQ SABIA AS LAMBANÇAS QUE TU FAZIA, INVENTOR É SANTOS DUMONT, VOCE É IMBUSTEIRO E ULTRAPASSADO JÁ DEU.

    Responder
    • José Francisco Barreto Silva - 11 de fevereiro de 2021

      O maior culpada e Campelo e Salgado estas pragas estão acabando com o Vasco KD o dinheiro pra compra jogadores que Salgado falou que tinha

    • WILLIAM - 11 de fevereiro de 2021

      Fora bostán o jogador nada, o capitão da panela

  • Jorge cole dos santos - 11 de fevereiro de 2021

    Jogadores covardes medrosos, safados medíocres, onze contra onze, só que no Fortaleza tinha onze elementos querendo dar a vitoria para seu clube, parabéns para o fortaleza, que buscou com raça a vitoria, enquanto o Vasco está indo de encontro ao que esse grupo merece . Também uma empresa que tem um bando filhos da puta como diretores, não pode BB esperar muita coisa, diretoria de corruptos safados.

    Responder
  • Cesar Morais - 11 de fevereiro de 2021

    É que treinou e esqueceu de combinar com o adversário né.
    Todos jogaram mal. mas os de sempre jogaram pior. Time de sem vergonhas e sem sangue. sem moral. vagabundos. bananas.

    Responder

Deixe sua opinião

Últimas notícias

6 de maio de 2021

Vasco divulga balanço dos primeiros 100 dias da gestão de Jorge Salgado

Nesta quinta-feira o Vasco da Gama divulgou o balanço dos primeiros 100 dias da gestão do presidente Jorge Salgado.

Vasco perdeu percentual do direito econômico das pratas da casa

Balanço divulgado pelo Vasco da Gama mostra queda no percentual do direito econômico de jovens revelados no Clube.

Caso se classifique para a final da Taça Rio, Vasco terá calendário apertado em maio

Com início da Série B marcado para o final de maio, o Vasco da Gama pode ter calendário apertado caso se classifique para final da Taça Rio.

Em menos de 2 meses no Vasco, Zeca quase iguala número de jogos pelo Bahia

Em menos de dois meses no Vasco da Gama, Zeca está prestes a igualar o número de jogos que teve no Bahia durante passagem pelo clube em 2020.

Vasco permanece na 7ª colocação no ranking digital dos clubes brasileiros

O Vasco da Gama segue na sétima colocação no ranking digital dos clubes do Brasil, com crescimento considerável no TikTok.

Em fim de empréstimo, Bruno César segue com futuro indefinido no Vasco

Emprestado ao Penafiel, o meio-campista Bruno César, que tem contrato com o Vasco da Gama até maio de 2022, segue com futuro indefinido.

Sub-20: Vasco está próximo de acerto com o atacante Emerson Urso, do São Caetano

Time do Sub-20 do Vasco da Gama deve fechar com o atacante Emerson Urso, que vem se destacando no Campeonato Paulista pelo São Caetano.

Morato promete Vasco com jogo ‘bonito e competitivo’ na Série B e comenta adaptação

Recém contratado pelo Vasco da Gama, Morato falou sobre como o Cruzmaltino deve se portar na Série B e enalteceu o clima em São Januário.

5 de maio de 2021

Ernando projeta Série B, elogia Cabo, diz estar adaptado ao Vasco e exalta torcida

Adaptado ao Vasco da Gama, zagueiro Ernando comentou expectativa pela Série B, elogiou o trabalho de Marcelo Cabo e exaltou a torcida.

Salgado promete balanço dos primeiros 100 dias de gestão para esta quinta-feira

Presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado anunciou a divulgação dos 100 primeiros dias à frente do Clube.

Veja mais notícias