Jorge Salgado fala sobre reunião com Campello e faz proposta a Leven Siano

Jorge Salgado afirmou que Alexandre Campello abriu o Clube para sua equipe e sugeriu trégua ao adversário Leven Siano.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  8 de dezembro de 2020 às 21:49-  Atualizada em 8 de dezembro de 2020 às 21:49
Jorge Salgado é um dos candidatos à presidência do Vasco
Jorge Salgado é um dos candidatos à presidência do Vasco (Foto: Divulgação)
data-full-width-responsive="true"

Candidato da chapa “Mais Vasco”, Jorge Salgado classificou como positiva a primeira reunião de transição que teve hoje (8) com o atual presidente cruzmaltino, Alexandre Campello. O empresário destacou a receptividade do dirigente e afirmou que o mandatário “abriu” o clube.

“Ele abriu o clube para nossa equipe, vai manter um entendimento com a equipe dele e, todas as informações, ele disse que seriam passadas sem nenhum tipo de problema”, declarou ao UOL Esporte.

Salgado – que esteve na companhia de seu 1º vice-geral, Carlos Osório, do 2º vice-geral, Roberto Duque Estrada, e do vice-jurídico, José Cândido Bulhões – deu mais detalhes do encontro. Ele ressaltou, por exemplo, o interesse de Campello em que o possível futuro presidente já assuma tomando conhecimento do que se passa internamente no Vasco:

“Foi o primeiro contato. Marcamos essa reunião basicamente para nos apresentarmos, iniciarmos o processo, mostrarmos algumas coisas que precisamos de informação, entregar isso a ele e criar uma rotina de procedimentos em relação a essas informações, mas a receptividade, do ponto de vista do Campello, foi muito boa, amigável, colocou o clube à disposição da melhor maneira possível. Ele acha que temos que agir mesmo, está a mais ou menos um mês do término do mandato e ele mesmo tem interesse de que tomemos ciência do que acontece”.

Proposta de trégua a Leven

Jorge Salgado, que foi declarado vencedor da eleição do dia 14 de novembro, também sinaliza com uma proposta de trégua com o candidato Leven Siano, que se proclama vencedor do pleito do dia 7. O líder da “Mais Vasco” sugere que eles retirem suas ações e participem de uma nova votação com a chancela da Justiça.

“O que tenho sugerido, mas tentei falar com o Leven e não consegui, é construir uma saída para parar com essas ações. Minha proposta é no sentido de todos os candidatos retirarem suas ações e o Vasco chamar para uma nova eleição com carimbo do judiciário. Este seria o ideal. Essa construção de entendimento é a única saída para resolver o imbróglio político. O presidente eleito não terá ação na Justiça para perturbar ele nos próximos meses e anos, seria muito bom para o clube. Seria muito ruim continuar com essa briga na Justiça. O que custa retirar essas ações e ir novamente para o pleito?”, indagou.

Em contrapartida, no último domingo (6), Leven Siano havia divulgado um comunicado em seu Instagram se comprometendo a acatar o resultado do julgamento do próximo dia 17, dizendo que não entraria com recurso caso a decisão fosse desfavorável, e sugerindo que Salgado fizesse o mesmo.

O líder da “Mais Vasco” foi questionado sobre esta situação e deu sua versão:

“Ele me passou um Whatsapp que queria conversar comigo, e aí eu o procurei a partir de domingo. Liguei umas duas ou três vezes e não obtive resposta, não consegui falar com ele. Ele queria que a gente acatasse a decisão do dia 17 e, a partir daí, não ter mais nenhum tipo de questionamento, só que temos algumas ações do dia 7 que precisam ser julgadas, precisam de uma resposta da Justiça para, aí sim, tomar as decisões. A saída é construir um entendimento, vamos parar com a briga, eu tiro as minhas ações, ele tira as deles, o Julio Brant também, o Sérgio Frias também, se tiver, e vamos para um outro pleito chancelado pelo clube”.

Futebol não foi debatido profundamente

No que se refere ao futebol, não houve uma conversa aprofundada entre Jorge Salgado e Alexandre Campello. Segundo o líder da “Mais Vasco”, este assunto ainda é de responsabilidade do atual mandatário:

“Falamos muito superficialmente sobre futebol, focamos mais nessa área financeira e jurídica tentando encontrar soluções para esse impasse. Este assunto do futebol é do presidente, eu ainda não sou presidente oficialmente. Então, estas questões do futebol ele [Campello] tende a resolver”.

No último sábado (5), em seu Twitter, Leven Siano já havia destacado que Campello tinha feito ressalvas em relação ao futebol:

Leven se reunirá com Campello nesta quarta

Amanhã (9) será a vez de Leven Siano e sua equipe se reunirem com Alexandre Campello para o processo de transição. O encontro está marcado para às 15h em São Januário e estarão presentes também outros integrantes da chapa “Somamos”, como os executivos Nilton Leão, Luís Paulo Rosenberg e Augusto Tannure.

O UOL Esporte entrou em contato com a assessoria de Leven para que ele fique a vontade caso queira se manifestar sobre as declarações de Salgado. Também foi proposto um convite para que o advogado dê uma entrevista à reportagem após a reunião desta quarta-feira com Campello.

Fonte: Uol