Campeonato Brasileiro - 7ª Rodada São Januário
Vasco 2
X
1 Brusque

Deu Vascão! Cano e Léo Matos marcam e Gigante vence o Brusque por 2 x 1

O Vasco da Gama venceu o Brusque por 2x1 em São Januário na noite deste domingo (27), com gols de Germán Cano e Léo Matos.

Vasco vence o Brusque em São Januário
Vasco vence o Brusque em São Januário (Foto: Twitter Oficial do Vasco)

O Vasco da Gama venceu o Brusque por 2×1 em São Januário na noite deste domingo (27), com gols de Germán Cano e Léo Matos. Edu marcou para a equipe visitante, empatando o jogo no segundo tempo, pouco tempo após o gol do Camisa 14 da Colina. O gol da vitória veio aos 42 minutos da etapa final.

O resultado proporcionou um salto na tabela ao Clube de São Januário, que subiu quatro posições ficando em na sexta colocação com fim da rodada, somando 10 pontos conquistados. Além da encostada no G4, o time respira aliviado e o técnico Marcelo Cabo ganha uma sobrevida, já que uma derrota para os catarinenses poderia ocasionar sua demissão.

Marcelo Cabo escalou a seguinte equipe iniciar o jogo: Lucão; Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e Riquelme; Andrey, Matías Galarza, MT e Marquinhos Gabriel; Morato e Germán Cano.

O Brusque, de Jerson Testoni, entrou em campo com: Jefferson Paulino; Toty, Ianson, Claudinho e Airton; Fillipe Soutto, Zé Mateus e Diego Mathias; Alex Ruan, Thiago Alagoano e Edu.

Primeiro tempo

O primeiro tempo foi marcado por uma atuação abaixo da crítica pelo Vasco da Gama, que viu a equipe adversária ter o controle das ação na maior parte dos 45 minutos, detendo a posse de bola, porém sem levar muito perigo ao gol defendido por Lucão.

Em algumas oportunidades o Gigante da Colina ameaçou reagir, mas esbarrava na conhecida limitação de criatividade que estamos vendo a cada rodada. Marquinhos Gabriel segue sem render o que se espera e o meio de campo da equipe cruzmaltina mais uma vez pecou muito quando tentava trabalhar a bola.

Vale mencionar a condição horrível do gramado de São Januário, que horas antes recebera o jogo entre Fluminense e Corinthians. Era visível a deterioração do campo. Nestas circunstâncias terminava a primeira etapa sem nenhuma alteração no placar.

Segundo tempo

Com a entrada de Sarrafiore, ainda no final do primeiro tempo, o Vasco conseguiu mais mobilidade no meio-campo e reiniciou o jogo atuando de forma mais ofensiva, já que precisava vencer para aliviar a pressão sobre o time e não perder de vista o pelotão da frente.

Aos 17 minutos, Germán Cano recebeu a bola de Morato na segunda trave e com o conhecido toque único na bola mandou para o fundo da rede, abrindo o placar para o Cruzmaltino. Aos 34 minutos, após a defesa vascaína não cortar cruzamento de Toty, Edu finalizou com a coxa esquerda para igualar o placar.

A vitória veio após Leandro Castan disputar jogada aérea com a defesa do Brusque e deixar Léo Matos na cara do gol. O lateral-direito não titubeou e marcou o gol da vitória vascaína.

Antes, porém, os jogadores do Brusque reclamaram de pênalti numa jogada em que Leandro Castan atinge o rosto de Gabriel Taliari dentro da área, mas a arbitragem não assinalou.

Análise

A torcida vascaína não pode reclamar da equipe nesta partida. Se faltou a qualidade técnica, sobrou raça na segunda etapa, principalmente, e o time conseguiu o que precisava na rodada, que era somar três pontos e encostar novamente no G4.

É nítido que falta muito do que se espera do Vasco da Gama diante dessas equipes, mas a pressão resultante das derrotas atrapalha o time, que não consegue pôr em prática o que Marcelo Cabo projeta nos treinos. O treinador é questionado, mas diante da escassez de bons nomes que se encaixam no perfil que o Clube pode contratar justifica a tolerância com seu trabalho em São Januário.

O que fica desta rodada são os efeitos de uma vitória em casa, que acalma os ânimos, traz tranquilidade e mostra um caminho a ser mantido para os próximos desafios. Porém, a equipe deve estar ciente de que precisa evoluir e entrar a cada jogo com vontade de vencer, pra fazer valer a camisa nos momentos em que a técnica não garantir os resultados. Em suma, a vitória contra o Brusque apazigua o Vasco até o próximo jogo e devolve a esperança de que o acesso é possível.

Polêmica

O domingo foi agitado em São Januário. Após o Clube promover ações em prol da causa LGBTQIA+ e Leandro Castan se manifestar indicando ser contrário ao movimento, Germán Cano levantou a bandeira de arco-íris fixada no canto do gramado após marcar o primeiro gol, incendiando as discussões que movimentaram os vascaínos ao longo do dia.

O importante é que Cano contribuiu com seu gol e Castan com a assistência e o Vasco da Gama saiu de campo vitorioso. Ao final, todos foram representados e torcemos por menos polêmicas na Colina Histórica.

Melhores momentos

Assista aos gols e melhores momentos na publicação do GE.

Fotos

Próximo desafio

O próximo desafio do Gigante da Colina é contra o Goiás, às 19h da próxima quarta-feira (30), na Serrinha. O Esmeraldino ocupa a terceira colocação na tabela, com 12 pontos, e pode ser ultrapassado pelo Gigante da Colina. É jogo crucial para a entrada no G4.

Leia mais sobreBrusque
7 comentários
  • Luiz Augusto de Carvalho - 28 de junho de 2021

    Enquanto o Vasco da Gama continuar refém de empresário ( tipo Carlos Leite ), e não der chance a jogadores da base ( que precisa de trabalho mais profissional, a exemplo do Santos ), continuaremos a ver a contratação de atletas maceteados, em declínio, verdadeiros ” chinelinhos “, com resultados vexatórios, nos impondo três vezes estar na série B. Lamentável!

    Responder
  • Vlademir Aluísio Costa - 28 de junho de 2021

    Rapaz… O esquema tático do Vasco é o esquema carangueijo.só joga pro lado, tá manjado isso já pô. Deixou o Andrey jogando até quase o final com saco de cimento nas costas. E de jeito nenhum colocou o GALARZA q da a vida no meio campo. O PROBLEMA N SÃO APENAS OS JOGADORES. O MAIOR CULPADO SE CHAMA MARCELO CABO, COM ESSE ESQUEMA RIDICULOOOOOOO E SUBSTITUIÇÕES ERRADAS!!!! 2 derrotas e 1 empate pra 3 times da zona de rebaixamento. #FORACABO

    Responder
  • Manoel - 28 de junho de 2021

    Mais uma vez uma vitória de ilusão. Marcelo Cabo não tem qualidade e competência para ser técnico do Vasco.
    Antes que seja tarde demais, Fora Marcelo Cabo. Se os times que estão com um jogo a manos vencerem, logo o Vasco se não entrar na zona de rebaixamento, fica na porta.
    Continuo afirmando Vasco tem um elenco bom. Precisa de um técnico a altura do Vasco.
    FORA MARCELO CABO!

    Responder
  • Beto - 28 de junho de 2021

    Vasco e Cruzeiro já era, não voltarão a ser grande nunca mais, infelizmente, como vascaíno que sou, não tenho mais esperança

    Responder
  • Edivaldo Galvão de Queiroz - 28 de junho de 2021

    Vasco como sempre sendo querendo aparecer de qualquer jeito, ou seja pelo fraco futebol que vem apresentando com seu elenco horroroso e técnico medíocre, ou com homenagens que não tem nada a ver com futebol, se estavam querendo tirar o foco do time horrível por enquanto conseguiram

    Responder
  • Vicente Otávio da Fonseca - 28 de junho de 2021

    Ver a seleção portuguesa jogar, apesar da injusta derrota por 1 x 0 e ver o Vasco é, simplesmente, de chorar. E pensar que nos anos de 50 a 90 ou mais, o Vasco enfrentava de igual para igual qualquer time europeu e até mesmo, seleções europeias é de arrancar lágrimas! O que os medalhões, beneméritos e outros favorecidos fizeram com nosso clube, hein? Lembrem-se: nosso último Presidente que assim pode ser chamado foi Antônio Soares Calçada!

    Responder
  • Ricardo Marques - 28 de junho de 2021

    FORA,CABO! FORA, LIXO!! ESSE TIME É UMA VERGONHA!!!
    FORA, CABO! FORA, LIXO!!!

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de setembro de 2021
Confira quais canais transmitem o jogo entre Vasco e Cruzeiro

Confira quais canais transmitem a partida entre Vasco da Gama e Cruzeiro, válida pela 25ª rodada da Série B do Brasileiro.

Definida a arbitragem para o jogo entre Vasco e Cruzeiro

Confira a arbitragem para o jogo entre Vasco da Gama e Cruzeiro, neste domingo, em São Januário, pela 25ª rodada da Série B.

Vasco projeta 8 mil ingressos contra o Goiás e 11 mil diante do Coritiba; preço reduzirá

O Vasco da Gama tem o intuito de atingir os 50% de ocupação liberados pela prefeitura no jogo contra o Coritiba, pela 30ª rodada da Série B.

Castan e Graça buscam sequência em dupla antiga, mas pouco usada no Vasco

Zagueiros mais antigos do elenco do Vasco da Gama, Leandro Castan e Ricardo Graça jogaram juntos poucas vezes ao longo dos anos.

Presidente do Fluminense cita caos político no Vasco em comentário sobre voto online

Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, colocou a situação política do Vasco da Gama nos últimos anos como um exemplo a não ser seguido.

Nenê celebra reestreia pelo Vasco e destaca participação em gol: ‘Muito feliz’

O meio-campista do Vasco da Gama, Nenê, teve uma boa reestreia e se mostrou muito satisfeito em ter participado do gol diante do CRB.

Luxemburgo cumprirá suspensão e Cruzeiro será comandado do Belletti contra o Vasco

O técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, foi expulso contra o Operário-PR e não vai reencontrar o Vasco da Gama neste domingo.

17 de setembro de 2021
Título, acesso e rebaixamento: as probabilidades do Vasco na Série B

O Vasco da Gama diminuiu as chances de acesso e título com o empate diante do Brasil de Pelotas, pela 24ª rodada da Série B.

Leven detona gestão por disponibilizar apenas mil ingressos no domingo: ‘Burros!’

Decisão da diretoria do Vasco da Gama de levar somente mil torcedores para o jogo contra o Cruzeiro revoltou Leven Siano.

Saiba como será a venda de ingressos para o jogo entre Vasco x Cruzeiro

Veja todos os detalhes que cercam a venda de ingressos e os requisitos necessários para estar em São Januário no jogo contra o Cruzeiro.

Veja mais notícias