‘Arriscada e desesperadora’, diz Gilmar Ferreira sobre mudança tática de Lisca

O técnico do Vasco da Gama, Lisca, deve apostar no esquema 3-5-2 para buscar a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil contra o São Paulo.

Lisca durante jogo contra o Botafogo
Lisca durante jogo contra o Botafogo (Foto: Alexandre Borges)

O jogo decisivo entre Vasco da Gama e São Paulo, pela Copa do Brasil, foi pauta de um texto do jornalista Gilmar Ferreira nesta quarta-feira (04). O enfoque foi sobre o Gigante, que busca, além de uma vaga nas quartas de final, mira uma premiação generosa de R$ 3,45 milhões.

Gilmar Ferreira destacou o mar de dívidas que se encontra o Clube, e o quanto o dinheiro será importante caso chegue. Essa teoria se prova com a troca se levar em conta a troca no comando técnico às vésperas do primeiro jogo, com a saída de Marcelo Cabo e chegada de Lisca.

Sem dinheiro e afogado no oceano das dívidas de curto prazo, o executivo (Jorge Salgado) que ganhou a vida multiplicando riquezas alheias, ainda dribla ações trabalhistas e corre atrás de R$ 50 milhões para cobrir o buraco de 2021 e zerar o orçamento no ano de retorno à Série A.

A classificação às quartas da Copa do Brasil era então encarada como meta imprescindível – anímica e financeiramente. Por isso, inclusive, houve troca no comando técnico a uma semana do primeiro jogo do play-off com o São Paulo, no Morumbi. Acreditava-se ser o momento certo para a correção de rota.

Mudança tática

Embora Lisca tenha estreado bem, com uma goleada por 4×1 sobre o Guarani, só que não funcionou diante do São Paulo, no jogo de ida. O Vasco perdeu por 2×0 e viu a vaga ficar distante. Precisando reverter a desvantagem em São Januário, o técnico deve apostar num esquema diferente, um 3-5-2, mudança classificada por Gilmar Ferreira como “arriscada” e “desesperada” .

Só que a derrota por 2 a 0 foi desastrosa e o time joga nesta quarta-feira (4), em São Januário, sem esperanças de ver a cor dos R$ 3,6 milhões da premiação. Sem falar no desgaste físico, emocional e psicológico da batalha… Lisca, que perdeu dois jogos após a vitória na estreia, já trabalha como se sentisse pressionado.

E agora mexerá radicalmente no sistema, escalando três zagueiros, com Leo Jabá na ala direita, e Marquinhos Gabriel como elo entre meio e ataque… Mudança que, com pouco tempo para treinos, me parece arriscada e desesperadora.

O confronto com o São Paulo deveria servir para amadurecer um sistema visando à Série B – e à partir do que já fora construído. Não para experimentar um 3-5-2 armado às pressas, com o intuito de se lançar feito louco em busca da classificação às quartas do torneio.

O jogo

A partida será na noite desta quarta-feira (04), às 21h30min, em São Januário. Para avançar às quartas de final, o Gigante precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para levar a decisão da vaga para a disputa de pênaltis, ou por três ou mais para passar direto. Caso tenha sucesso, será um feito inédito na história do Clube na competição, já que nunca reverteu vantagem desse tipo.

Leia mais sobreGilmar FerreiraLisca
2 comentários
  • Fernando - 5 de agosto de 2021

    E Vasco vc alegria dos clubes adversário, o time ridículo

    Responder
  • Manoel - 4 de agosto de 2021

    Lisca errou tudo!
    Time muito mal escalado!
    Zeca, Castan, Ernando, Morato, M Gabriel, Léo Jabá, não podem nem serem relacionados. Nem fazer parte do grupo de jogadores do VASCO.
    Esse goleiro do Vasco é um horror. Bola dentro da pequena área e não sai. Não sabe sair jogando.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
19 de outubro de 2021
Na Gávea? Conheça a origem do apelido ‘Dinamite’

Saiba como Roberto Dinamite ganhou o apelido ‘Dinamite’ antes de se tornar o maior artilheiro da história do Vasco da Gama.

Dinamite agradece mobilização dos torcedores do Vasco: ‘Honra e orgulho’

Roberto Dinamite agradeceu o carinho dos torcedores do Vasco da Gama que irão financiar sua estátua em São Januário.

Torcedor do Vasco viraliza ao ‘proteger’ cerveja durante comemoração de gol em SJ

O vascaíno Aluízo Deodato ficou famoso nas redes sociais ao tentar proteger sua cerveja após um dos gols da vitória sobre o Coritiba.

Mauro Cezar destaca festa da torcida do Vasco contra o Coritiba

Jornalista do UOL, Mauro Cezar Pereira elogiou a presença e o apoio da torcida do Vasco da Gama na partida contra o Coritiba.

Nenê e Cano lideram estatísticas no Vasco de Diniz e comandam reação da equipe

Lideranças técnicas do Vasco da Gama, Nenê e Germán Cano são os dois grandes destaques dos da equipe comandada por Fernando Diniz.

18 de outubro de 2021
Pesquisa aponta que Vasco tem 2,3% da torcida de Minas Gerais

Levantamento realizado pelo Instituto Datatempo mostra que os vascaínos representam 2,3% do total de torcedores em Minas Gerais.

Vasco fecha patrocínio com a Pixbet; Edmundo será garoto-propaganda, diz jornalista

Vasco da Gama acerta com novo patrocinador máster que trará Edmundo para ser o garoto propaganda, afirma jornalista.

Vasco arrecada R$ 211 mil para estátua de Dinamite e agradece torcida: ‘Craque do jogo’

Vasco da Gama arrecadou mais de 100% do valor previsto para a construção da estátua do ídolo Roberto Dinamite.

CRB empata com Vila Nova e Vasco pode terminar a rodada a 1 ponto do G4

Vasco da Gama pode se beneficiar do empate entre CRB e Vila Nova e terminar a 31ª rodada da Série B a 1 ponto do G4.

Rodrigo Dinamite parabeniza o pai pela estátua em São Januário

O atacante Rodrigo Dinamite parabenizou o pai, Roberto Dinamite, que ganhará uma estátua do Vasco da Gama em São Januário.

Veja mais notícias