A venda de Marrony e a cruel inversão da lógica no Vasco

Marrony ser vendido ao Atlético-MG é o inverso do que o vascaíno gostaria de ver, que seria talentos querendo jogar no Vasco.

Atacante Marrony, ex-Vasco
Atacante Marrony, ex-Vasco

A intenção não é discutir se Marrony é uma eterna promessa, se pode ser mais uma supervalorização na base, como foram os casos de Paulo Vitor, Evander, Yago, Romário, Hugo Borges, Caio Monteiro, e tantos outros. O foco aqui é abordar a quase certa venda de garoto ao Atlético-MG, clube de bairro, diga-se de passagem, se compararmos ao tamanho do Vasco.

Uma detalhe é evidente: a falta de jogadores de alto nível apressa a aposta nos garotos da base e muitos são prejudicados diante da responsabilidade e da cobrança por resultados em curto prazo.

Estamos nesse nível de inversão. O ideal seria revelações do Atlético-MG quererem jogar no Gigante Vasco da Gama. O real é revelação do Vasco abrir mão de parte de salários não pagos para jogar no Galo, e assim possibilitar que seus colegas recebam os vencimentos atrasados.

Onde fica a vontade de ser campeão com a Cruz de Malta? Onde ficam o carinho e a indentificação com o Clube, criados na base e no Colégio Vasco da Gama?

Resta ao torcedor se contentar com lives com ex-jogadores e declarações de amor nas redes sociais, porque voltar a vestir a camisa vascaína depende de tudo que falta ao Clube: projeto, dinheiro e credibilidade.

Isso entristece!

Leia mais sobreMarrony
1 comentário
  • Vicente Otávio da Fonseca - 21 de setembro de 2020

    Eu dar a minha opinião, mas diferente: impressionante como os juízes e este tal var se acomodaram para prejudicar o Vasco. Qualquer coisinha na área do Vasco? PÉNALTY! Sem discussão! Agora, arrebentam joelhos, pisadas indecentes no pé de jogadores, mão na bola na área do adversário é coisa comum no futebol, não resulta em nada. Vejam ontem, um tapinha que o Pikachu (burro: inverteu uma remota possibilidade de gol, em outra quase de 100%), deu nas costas do atacante do Coritiba, resultou em pênalty batido duas vezes e, se necessário fosse, teria sido repetido pela terceira e até quarta vez, até que o gol saísse! Agora o pisão indecente no pé do Neto, não deu em nada! Parabéns, senhores juízes e o tal var, vocês deveriam é fazer parte do sistema judiciário brasileiro, onde a parcialidade é o que manda e comanda!

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
26 de setembro de 2021
Com 40 anos, Nenê vira referência técnica e assume liderança no Vasco

O meio-campista Nenê virou referência técnica e uma das principais lideranças do Vasco da Gama na Série B do Campeonato Brasileiro.

Vasco termina 26ª rodada da Série B a 7 pontos do G4

Com os resultados da 26ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama está a sete pontos do G4.

Fernando Diniz exalta experiência de Nenê e clima do vestiário após vitória vascaína

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz elogiou Nenê e falou sobre o clima no vestiário após vitória sobre o Brusque.

Confira quais canais transmitem o jogo entre Vasco e Goiás

Confira quais canais transmitem o jogo entre Vasco da Gama e Goiás nesta segunda-feira, em São Januário, pela Série B do Brasileiro.

25 de setembro de 2021
Presidente do Fortaleza exalta o Vasco: ‘Continua sendo gigante e talvez volte maior’

Presidente do Fortaleza, Marcelo Paz, exalta grandeza do Vasco da Gama e afirma que talvez o time volte mais forte para a Série A.

Diniz evita falar do VAR e explica ajustes após expulsão de Léo Matos

Treinador do Vasco da Gama, Fernando Diniz, evita falar sobre atuação do VAR e explica alterações na equipe após a expulsão de Léo Matos.

Nenê veste camisa da Força Jovem e agradece pelo carinho; assista

Meia do Vasco da Gama, Nenê, grava vídeo com a camisa da torcida organizada Força Jovem e agradece o carinho dos torcedores.

Padre Julinho vira meme entre vascaínos, que fazem doações à sua paróquia

Padre Julinho, que benzeu o estádio do Vasco da Gama, virou meme e recebeu doações via Pix após vitória da equipe contra o Brusque.

Vasco empata com o Flamengo pela Taça Guanabara Sub-17; Sub-15 perde

Sub-17 do Vasco da Gama empata com o Flamengo pela Taça Guanabara, e o Sub-15 é derrotado na mesma competição.

Título, acesso e rebaixamento: as probabilidades do Vasco na Série B

O Vasco da Gama diminuiu as chances de acesso e título com o empate diante do Brasil de Pelotas, pela 24ª rodada da Série B.

Veja mais notícias