Volta de Alex Teixeira ao Vasco completa 1 ano e é marcada por pouco protagonismo

Revelado em São Januário, o jogador não conseguiu apresentar o que se esperava dele com a camisa do Vasco da Gama.

Alex Teixeira apresentado no Vasco
Alex Teixeira apresentado no Vasco

Alex Teixeira completou um ano da volta ao Vasco nesta quinta-feira. Uma contratação badalada, com direito à apresentação para torcida em São Januário, mas que ainda não vingou. Passados 12 meses é possível afirmar que o camisa 7 está devendo: com exceção de alguns lampejos, entregou menos do que a torcida esperava.

Ainda há tempo para virar o jogo, já que Alex tem contrato até dezembro. Ele completa um ano de Vasco, no entanto, em seu momento de maior questionamento. O gol desperdiçado contra o Botafogo, há 10 dias, parece ter lhe custado não somente a titularidade, mas também o que ainda restava de confiança do torcedor em seu futebol.

Desde que retornou ao Vasco, Alex disputou 42 jogos, marcou cinco gols e deu seis assistências. Na atual temporada são 23 partidas, três gols e quatro passes para gols.

Números de Alex Teixeira em 1 ano

  • 42 jogos
  • 30 jogos como titular
  • 12 iniciando no banco
  • 5 gols
  • 6 assistências

Alex Teixeira desembarcou em São Januário, no ano passado, com a Série B em andamento. Há meses sem jogar desde a saída do Besiktas, demorou a entrar em forma e, de suposta estrela do time, acabou no banco de reservas.

Houve também bons momentos. A virada sobre o Operário, no Paraná, com dois gols de Alex no fim da partida, ainda é um marco em sua passagem. A vitória recolocou o Vasco no trilhos na Série B e, apesar do sofrimento até o fim, o time conseguiu o acesso.

Com contrato no fim após a Série B, Alex Teixeira recebeu proposta para renovar, mas demorou mais de um mês para responder. Em janeiro assinou por mais um ano, se juntou ao elenco e teve um reinício promissor depois da pré-temporada.

O camisa 7 fez alguns bons jogos no Campeonato Carioca, com destaque em clássicos. Fez gols contra Flamengo e Botafogo, por exemplo, além de ter entrado muito bem contra o Fluminense. Deu esperança ao torcedor de que poderia liderar ou, ao menos, ajudar o ataque vascaíno na Série A.

Não foi o que aconteceu. Assim como praticamente todo elenco do Vasco, Alex Teixeira caiu de rendimento no Campeonato Brasileiro. O atacante até teve atuações razoáveis nas primeiras rodadas contra Atlético-MG e Palmeiras, mas depois pouco acrescentou. São três assistências e nenhum gol na competição.

Alex disputou todos os 14 jogos do Vasco no Brasileirão e foi titular em 11 deles. No último, contra o Cruzeiro, foi sacado do time titular pelo interino William Batista, mas entrou no decorrer da partida.

A chegada do técnico Ramon Díaz, com uma nova metodologia de trabalho, pode significar nova esperança de Alex Teixeira conseguir corresponder às expectativas dos vascaínos. O Vasco volta a campo no dia 23 para enfrentar o Athletico, pela 16ª rodada do Brasileiro.

Fonte: Globo Esporte

Estamos no Google NotíciasSiga-nos!
Comente

Veja também
Rossi na zona mista após Vasco 5 x 1 Coritiba
Rossi celebra assistência e minimiza atrito com Soteldo

Titular do Vasco da Gama na estreia diante do Grêmio, Rossi fala sobre a sua atuação e relembra episódio com Soteldo.

Cavalinho do Vasco e Tadeu Schmidt
Veja o Cavalinho do Vasco no Fantástico após vitória sobre o Grêmio

Após vitória do Vasco da Gama na estreia do Campeonato Brasileiro, o Cavalinho do Gigante da Colina marcou presença no Fantástico.

Payet comemorando gol pelo Vasco
Líder! Payet motiva elenco do Vasco antes de vitória sobre o Grêmio

O meio-campista do Vasco da Gama, Dimitri Payet, motivou o elenco no vestiário antes de a bola rolar e acompanhou em camarote.

Hugo Moura chega ao Rio para assinar com o Vasco
Contratação de Hugo Moura rende milhões ao Flamengo; volante está no Rio

O volante Hugo Moura desembarcou no Rio de Janeiro para dar seguinte aos trâmites para ser anunciado pelo Vasco da Gama.

Pedrinho na Sede Náutica da Lagoa
Pedrinho teria cobrado débitos da 777 com o Vasco; empresa negou estar devendo

O presidente do Vasco da Gama, Pedrinha, ainda teria pedido garantias do pagamento do aporte de setembro no valor de R$ 270 milhões.