Vasco vence o Atlético-MG e é campeão da Supercopa do Brasil Sub-20

A equipe Sub-20 do Vasco da Gama venceu o Atlético-MG nos pênaltis neste domingo, e conquistou a Supercopa do Brasil.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  21 de fevereiro de 2021 às 22:25-  Atualizada em 21 de fevereiro de 2021 às 23:16
Vasco é campeão da Supercopa do Brasil Sub-20 (Foto: Bruno Lopes)

Após empate em 2 a 2 no tempo normal, equipes decidiram o título da marca da cal, com triunfo do Cruzmaltino por 7 a 6
O Vasco é o grande campeão da Supercopa do Brasil Sub-20! Neste domingo (21), após abrir dois gols de vantagem diante do Atlético-MG, no Kleber Andrade, em Cariacica (ES), o time carioca viu a equipe mineira empatar e levar a decisão do título para os pênaltis. Da marca da cal, triunfo para o Cruzlmatino por 7 a 6, que teve Cadu defendendo cobrança de Matheus Alisson já nas alternadas.

Vasco e Atlético-MG se credenciaram para a disputa da Supercopa do Brasil desta temporada após conquistarem os títulos nacionais da categoria. Os cariocas foram campeões da Copa do Brasil, e o time mineiro faturou a taça do Campeonato Brasileiro.

O jogo

O primeiro tempo em busca do título foi com domínio do time do Vasco. Pressionando a saída de bola do Atlético-MG, a equipe carioca controlou as ações da etapa inicial e criou as melhores chances de gol, tanto que foi para o intervalo com a vitória parcial de 2 a 0. Após boas oportunidades, o placar foi inaugurado aos 36 minutos. Vinícius recebeu na canhota, se livrou de Talison com uma caneta e finalizou cruzado para fazer 1 a 0. Logo depois, aos 40, MT recebeu cruzamento pela direita e não desperdiçou a chance de ampliar a vantagem cruzmaltina. Dois minutos depois, Laranjeira recebeu em profundidade e quase marcou o terceiro, mas foi travado por Iago.

Na volta do intervalo, o Vasco seguiu ofensivo, mas dando mais atenção à marcação. O Atlético, querendo reverter a situação, passou a pressionar mais e descontou aos 20 minutos. Luís Eduardo recebeu escorada na entrada da área e finalizou com categoria, de canhota, no ângulo de Cadu: 2 a 1. Depois, o Galinho continuou pressionando e ainda viu o adversário perder Arthur, expulso aos 36 minutos. E, na marca dos 41, a bola ficou viva após cobrança de falta, e Pedro Henrique aproveitou para empatar o jogo e levar a decisão para os pênaltis.

Da marca da cal, os dois times tiveram bom desempenho, levando as cobranças para a série de alternadas. Com Cadu defendendo a última batida do Galo, cobrada por Matheus Alisson, o Vasco ficou com a vitória por 7 a 6 e garantiu o título da competição. Miranda, Caio Lopes, Rodrigo, Marcos Dias, Marlon, Caio Eduardo e Menezes converteram para o time carioca.

Fonte: CBF