Vasco precisa de resultados improváveis para evitar a queda no Brasileiro

O Vasco da Gama precisa vencer o Goiás e tirar essa diferença de 12 gols do Fortaleza continuar na Série A do Brasileiro.

Jogadores do Vasco antes do jogo contra o Corinthians
Jogadores do Vasco antes do jogo contra o Corinthians (Foto: Marcos Ribolli)

O quarto rebaixamento do Vasco no Campeonato Brasileiro é uma questão de tempo. Como já foi admitido pelo próprio técnico Vanderlei Luxemburgo, o jogo da última rodada, contra o Goiás, em São Januário, na próxima quinta-feira (25), será protocolar para definir o rumo do Cruzmaltino na competição.

Com 38 pontos abrindo a zona de rebaixamento, o Vasco tem três pontos de desvantagem para Fortaleza e Bahia. Alcançar os times nordestinos em número de pontos é algo bem possível, mas superá-los nos critérios de desempate se tornou inviável depois dos resultados da 37ª rodada.

Considerando o número de vitórias, que é o primeiro critério de desempate, o Bahia já está livre da degola. O time tricolor ganhou 11 vezes no Brasileirão e não pode mais ser alcançado pelo Vasco. Dessa forma, a partida entre Bahia e Santos, na Arena Fonte Nova, será um mero amistoso.

Já o Fortaleza soma dez triunfos até agora e pode ser igualado pelo Vasco nesse critério. Porém, o time cearense tem 12 gols a mais de saldo -a segunda forma de desempate- que os cariocas.

Ou seja, para se livrar da segunda divisão, o Vasco tem de vencer o Goiás na última rodada e torcer para o Fluminense derrotar o Fortaleza. Ao mesmo tempo, deve tirar essa diferença de 12 gols na somatória dos confrontos. Na prática, caso o Fortaleza perca por 1 a 0, o Cruzmaltino precisaria aplicar uma goleada por 11 a 0 sobre o Esmeraldino.

A possibilidade já foi prontamente rechaçada por Luxemburgo após o empate sem gols com o Corinthians, hoje (21), na Neo Química Arena. “Não posso enganar o torcedor e falar que vamos fazer 12 gols. E ganhar de 12 gols só se a gente jogasse contra equipe da várzea. E não vamos jogar contra equipe da várzea. Temos que ser realistas com o torcedor.

Com isso, a definição dos rebaixados para a Série B aconteceu praticamente com uma rodada de antecedência. Botafogo e Coritiba já não tinham mais chances de permanência. O Goiás caiu hoje (21) após o empate em casa com o RB Bragantino. E a queda do Vasco ficou iminente.

Fonte: Uol

Leia mais sobreCampeonato Brasileiro
3 comentários
  • Jônatas - 22 de fevereiro de 2021

    Compra o Goiás por dez milhões e pronto o Goiás já tá rebaixado mesmo que se o Vasco vó rebaixado mesmo vai perder muito mais que isso o diroteria franca

    Responder
  • Benedito - 22 de fevereiro de 2021

    Uma vergonha pra nossa grande torcida esses pernas de pau um goleiro frangueiro que não sai gol uma defesa vom três pernas de pau pikachu, castan e Henrique que só sabe dar cotoveladas um meio campo que não marca nem ataca e só o cano na frente com esse talles que temos que pelar a cabeça dele e jogar desinfetante pra tirar os piolhos time de bostas lixos pernas de pau

    Responder
  • Liberato pereira da Silva filho - 21 de fevereiro de 2021

    Ora ,o Vasco já havia caído desde quando perdeu em casa para o Coritiba que não estava vencendo ninguem e teve sacramentado na goleada para o Fortaleza que em casa foi goleado pelo Bahia .Em toda historia centenária do clube ,este foi o pior elenco que o Vasco teve ,jogadores de qualidades duvidosas foram contratados em meio a competição e, acho prematura a permanência de Vanderlei Luxemburgo ,está superado sua vinda que encheu de esperanças a torcida ,não acrescentou nada ,seu time não tem esquema ,escala mal ,substitui ainda pior ,fazendo exatamente seus antecessores ,a escalação de Pikachu e sua manutenção em boa parte do jogo foi injustificavel e depois precisando fazer gol ao invés de colocar um atacante para ajudar o Cano ,luxa tirou este e mandou pra campo este peladeiro do Juninho isto entre outras besteiras .Os jogadores do Vasco mostrou em todos os jogos uma condição fisica desastrosas ,chegam sempre atrasados nas divididas e perdem todas ,talvez sejam as churrascadas patrocinadas pelo Felipe Bastos durante a semana .Este time mereeceu cair e junto sua perniciosa diretoria e, pobre torcida que ainda acreditava a não queda si esta já estava decretada desde quando despencou na quarta ou quinta rodada e não mais parou chegando em algumas em último lugar

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de setembro de 2021
Definida a arbitragem para o jogo entre Vasco e Cruzeiro

Confira a arbitragem para o jogo entre Vasco da Gama e Cruzeiro, neste domingo, em São Januário, pela 25ª rodada da Série B.

Vasco projeta 8 mil ingressos contra o Goiás e 11 mil diante do Coritiba; preço reduzirá

O Vasco da Gama tem o intuito de atingir os 50% de ocupação liberados pela prefeitura no jogo contra o Coritiba, pela 30ª rodada da Série B.

Castan e Graça buscam sequência em dupla antiga, mas pouco usada no Vasco

Zagueiros mais antigos do elenco do Vasco da Gama, Leandro Castan e Ricardo Graça jogaram juntos poucas vezes ao longo dos anos.

Presidente do Fluminense cita caos político no Vasco em comentário sobre voto online

Mario Bittencourt, presidente do Fluminense, colocou a situação política do Vasco da Gama nos últimos anos como um exemplo a não ser seguido.

Nenê celebra reestreia pelo Vasco e destaca participação em gol: ‘Muito feliz’

O meio-campista do Vasco da Gama, Nenê, teve uma boa reestreia e se mostrou muito satisfeito em ter participado do gol diante do CRB.

Luxemburgo cumprirá suspensão e Cruzeiro será comandado do Belletti contra o Vasco

O técnico do Cruzeiro, Vanderlei Luxemburgo, foi expulso contra o Operário-PR e não vai reencontrar o Vasco da Gama neste domingo.

17 de setembro de 2021
Título, acesso e rebaixamento: as probabilidades do Vasco na Série B

O Vasco da Gama diminuiu as chances de acesso e título com o empate diante do Brasil de Pelotas, pela 24ª rodada da Série B.

Leven detona gestão por disponibilizar apenas mil ingressos no domingo: ‘Burros!’

Decisão da diretoria do Vasco da Gama de levar somente mil torcedores para o jogo contra o Cruzeiro revoltou Leven Siano.

Saiba como será a venda de ingressos para o jogo entre Vasco x Cruzeiro

Veja todos os detalhes que cercam a venda de ingressos e os requisitos necessários para estar em São Januário no jogo contra o Cruzeiro.

Ingresso de Vasco x Cruzeiro custará R$ 250 e será apenas para sócios; Osório explica

O Vasco da Gama deve aumentar a carga de ingressos para os jogos posteriores e ainda reduzir o preço visando maior presença de torcedores.

Veja mais notícias