Vasco perde por 2 x 1 para o Atlético-GO em São Januário

Foi a primeira derrota do Vasco da Gama em São Januário no Campeonato Brasileiro 2020.

Por Raphael Fernandes
-  10 de setembro de 2020 às 23:09-  Atualizada em 11 de setembro de 2020 às 02:23
Vasco foi derrotado por 2x1 pelo Atlético-GO em São Januário (Foto: Jorge Rodrigues/AGIF)

O Vasco da Gama conheceu sua primeira derrota em São Januário no Campeonato Brasileiro 2020. Na noite desta quinta-feira (10), o Cruzmaltino foi derrotado por 2×1 pelo Atlético-GO, pela 9ª rodada da competição. O gol do Gigante da Colina foi marcado por Germán Cano, enquanto Renato Kayzer guardou os dois do time goiano.

Sem Martín Benítez, que vinha sendo um dos principais destaques da equipe e foi poupado no jogo desta quinta, o Vasco viu seu setor de criação de jogadas ficar precário. Com Carlinhos e Bruno César atuando por ali no primeiro tempo, o time não criou praticamente nenhuma chance de perigo.

Pelo contrário, viu o Atlético-GO dominar a primeira etapa. Aos 9 minutos, a primeira chance clara. Em ótima jogada individual de Janderson pela direita, a bola foi rolada para a entrada da área e Chico, sozinho, isolou.

Aos 14, a jogada pareceu repetida. Nova investida de Janderson pela ponta-direita, deixando Marcelo Alves para trás e cruzando para a pequena área. Dessa vez, no entanto, Miranda, atento ao lance, se antecipou aos jogadores de ataque do Atlético-GO e cortou.

Aos 36, mais uma chegada perigosa da equipe goiana. Em mais uma jogada individual de Janderson, dessa vez arrancando pelo meio, ele tocou para Chico na direita de ataque, que ajeitou e finalizou no cantinho direito de Fernando Miguel. Um chute seco, que tinha endereço, mas que o goleiro cruzmaltino conseguiu salvar.

Para o segundo tempo, o técnico Ramon Menezes, percebendo que a escalação inicial não havia dado certo, voltou com Bruno Gomes no lugar de Fellipe Bastos e Vinícius na vaga de Carlinhos. Com isso, o Vasco passou a jogar num legítimo 4-3-3, esquema ao qual está mais acostumado.

E a mudança, a princípio, pareceu ter surtido efeito. Aos 16, Talles Magno fez jogada individual pela esquerda e tentou o chute. No bate-rebate, a bola sobrou para Germán Cano. O centroavante, fazendo jus à sua ótima fase, deslocou Jean e abriu o placar para o Vasco. Um a zero.

Mas não deu nem tempo de comemorar. Logo aos 17, em avanço do Atlético-GO pelo lado esquerdo, cruzamento preciso de Nicolas na área, encontrando Renato Kayzer, que se antecipou à marcação e cabeceou sem chances para Fernando Miguel. Um a um.

O gol sofrido tão rapidamente parece ter pego o Vasco de surpresa, fazendo com que o Cruzmaltino não conseguisse se encontrar na partida. Então, aos 28, veio a virada. Em mais um cruzamento, dessa vez pelo lado direito, Matheuzinho encontrou novamente Kayzer, que, de cabeça, fez seu segundo gol no jogo. Dois a um.

Posteriormente, com o Vasco precisando correr atrás do prejuízo, o jogo passou a ser ataque contra defesa. E o Cruzmaltino quase empatou. Aos 40, após boa jogada individual de Ygor (que entrara no lugar de Talles) pela esquerda, o atacante rolou para o meio, Cano chutou, Jean defendeu e, no rebote, a bola sobrou limpa para Yago Pikachu. O lateral-direito do Gigante da Colina emendou um chute bem forte, mas o goleiro do Atlético-GO operou um novo milagre.

Já aos 44, o Vasco até conseguiu balançar as redes, mas o gol foi anulado pelo VAR. Após lançamento para a área de ataque do Gigante, a bola sobrou para Germán Cano, que ainda driblou o marcador antes de finalizar de perna canhota. Seria um bonito gol, não tivesse o argentino dominado a bola com o braço.

E ficou nisso. Essa foi a primeira derrota do Vasco atuando em São Januário no Brasileirão. Com ela, o Cruzmaltino caiu para a 6ª colocação na competição, com 14 pontos.

Agora, o Gigante da Colina enfrenta o Botafogo no próximo domingo (13), às 20h30min, no Estádio Nilton Santos, pela 10ª rodada do Brasileiro.

Vasco 1 x 2 Atlético-GO – Campeonato Brasileiro – 9ª Rodada

Data: 10 de setembro de 2020 (quinta-feira)

Horário: 21h

Estádio: São Januário – Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Héber Roberto Lopes (SC)

Auxiliares: Alex dos Santos (SC) | Thiaggo Americano labes (SC)

VAR: Rafael Traci (SC)

Público e Renda: Portões fechados

Cartões Amarelos: Talles Magno e Vinícius (Vasco) | João Victor (Atlético-GO)

Cartões Vermelhos: Bruno Gomes (Vasco)

Gols: Germán Cano (Vasco), aos 16 minutos do segundo tempo (1-0); Renato Kayzer (Atlético-GO), aos 17 minutos do segundo tempo (1-1); e Renato Kayzer (Atlético-GO), aos 28 minutos do segundo tempo (1-2)

Vasco: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Miranda, Marcelo Alves e Henrique; Andrey (Marcos Júnior), Fellipe Bastos (Bruno Gomes), Carlinhos (Vinícius) e Bruno César (Ribamar); Talles Magno (Ygor) e Germán Cano

Técnico: Ramon Menezes

Atlético-GO: Jean; Dudu, Éder João Victor e Nicolas; Edson, Marlon Freitas (Matheus Vargas) e Chico (Oliveira); Gustavo Ferrareis (Everton Felipe), Janderson (Matheuzinho) e Renato Kayzer

Técnico: Vágner Mancini

Leia Mais Sobre

Atlético-GO