Copa do Brasil - Oitavas de Final São Januário
Vasco 1
X
2 São Paulo

Vasco é garfado em São Januário, perde para o São Paulo e está fora da Copa do Brasil

Muito prejudicado pela arbitragem, o Vasco da Gama perdeu para o São Paulo e foi eliminado da Copa do Brasil.

Cano e Juninho durante o jogo contra o São Paulo
Cano e Juninho durante o jogo contra o São Paulo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Muito prejudicado pela arbitragem, o Vasco da Gama perdeu para o São Paulo pelo placar de 2×1 e foi eliminado da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira jogando em São Januário. No jogo de ida, no Morumbi, o Cruzmaltino também perdeu, por 2×0, e reverter o revés era tarefa sabidamente complicada.

O destaque da partida vai para o péssimo desempenho da arbitragem, comandada por Anderson Daronco, que deixou de analisar duas jogadas faltosas dentro da área para o Gigante da Colina, que se marcadas poderiam mudar o enredo da partida.

Com o resultado o Cruzmaltino volta sua atenção unicamente para a Série B do Campeonato Brasileiro, onde ocupa a 10ª colocação na tabela e precisa crescer para entrar no G4 visando voltar à elite do futebol brasileiro.

Lisca utilizou a seguinte equipe: Vanderlei, Miranda, Ernando (Léo Matos), Leandro Castan e Zeca; Bruno Gomes, Juninho (Caio Tenório) e Marquinhos Gabriel; Morato (Galarza), Léo Jabá e Germán Cano (Sarrafiore).

O São Paulo, de Hernán Crespo jogou com: Tiago Volpi, Bruno Alves, Miranda (Rodrigo Freitas) e Léo; Orejuela, Luan (Rodrigo Nestor), Talles (William) (Liziero), Benítez e Reinaldo; Rigoni (Vitor Bueno) e Pablo.

Primeiro tempo

O Vasco da Gama começou a partida muito bem, neutralizando as ações do São Paulo, e com uma boa saída de bola, especificamente com Juninnho no meio de campo. Era tudo ou nada e com três zagueiros o time teve solidez defensiva, mas logo aos 13 minutos perdeu Bruno Gomes, que se machucou, sendo substituído por Romulo.

Aos 21 minutos o Gigante da Colina abriu o placar após uma tabela de Juninho com Germán Cano, o argentino marcou, mas o VAR assinalou um leve toque de mão do meio-campista e anulou o gol, acertando criteriosamente, porém ignorou um tapa de Miranda no rosto do Léo Jabá, dentro da área noutra jogada, um pênalti claro que deveria ter sido marcado.

O Vasco seguia incomodando o Tricolor Paulista, apresentava melhor desempenho, mas aos 33 minutos Léo Jabá cometeu um falta forte ao atingir Reinaldo com a sola da chuteira e foi expulso após revisão do lance pelo VAR. A partir daí o Gigante da Colina perdeu o domínio da partida e sentiu a inferioridade numérica, e aos 42 minutos, Ernando erra próximo à grande área, jogada cai no pé de Orejuela na direita, que cruzou na cabeça de Rigoni, que não desperdiçou e abriu o placar para os Paulistas.

No segundo tempo

O Vasco da Gama voltou para a segunda etapa com duas alterações, Lisca tirou Ernando e Morato para as entradas de Léo Matos e Galarza. A ideia era colocar mais jogadores no meio de campo, equilibrar a partida e tentar reverter o resultado. Aos 4 minutos, Benítez apareceu livre de marcação na entrada da área e chutou para marcar o segundo gol do São Paulo na partida, a bola desviou em Castán e enganou Vanderlei.

Aos 18 minutos, o treinador do Gigante da Colina fez mais duas alterações na equipe, já pensando em poupar os jogadores para a sequência do Campeonato Brasileiro da Série B. Saíram Germán Cano e Juninho, entraram Sarrafiore e Cayo Tenório. O Cruzmaltino melhorou na partida, aos 25 minutos, Zeca faz boa jogada e chuta cruzado, Volpi espalma a bola no seu defensor e ela vai para o fundo das redes.

Lances duvidosos aconteceram no primeiro tempo, no segundo não foi diferente. Aos 33 minutos, cruzamento de Marquinhos Gabriel para Galarza, o volante domina a bola e recebe uma solada do jogador adversário, o VAR não é acionado. No lance seguinte, em contra-ataque para o Tricolor, Castán age de forma imprudente, derruba o adversário e leva cartão vermelho.

Nos minutos finais o São Paulo exerceu alguma pressão, mas não foi feliz nas finalizações. Nos acréscimos, mais uma expulsão, dessa vez foi o treinador Lisca, que segundo o juiz ele se excedeu nas reclamações. O comandante afirmou não estar falando com a arbitragem, questionou várias vezes na área técnica o motivo, mas a decisão já estava tomada.

Análise

O Vasco ameaçou tirar a tranquilidade do São Paulo adquirida com a vitória no Morumbi ao começar a partida jogando de forma segura, oferecendo perigo ofensivamente. A saída de Bruno Gomes para a entrada de Romulo foi o começo da série de momentos infelizes do time.

Lisca conseguia fazer o time jogar até que Léo Jabá foi expulso, o que mudou por inteiro o panorama do jogo. Fica registrado o bom início, mas nada que amenize os problemas técnico da limitada equipe de São Januário, que passa a se dedicar ao Brasileiro B, com a missão de subir, missão que não está sendo fácil.

É nítido que a zaga precisa de reforços urgentes, que Castan e Ernando não podem jogar juntos e que o setor de criação é nulo. São lampejos de bons momentos que enganam a cada vitória, mas nada seguro garante que o time está preparado para o desafio deste fim de temporada.

Agora é esperar os próximos passos da diretoria, se atenderá aos pedidos de Lisca e reforçará o time ou se vai testar a sorte e tentar mudar os rumos amedrontadores com o elenco que tem à disposição. Tá difícil a situação do nosso amado Vasco da Gama.

Melhores momentos

Assista aos melhores momentos do jogo no vídeo do GE.

Fotos

Ficha técnica

Vasco x São Paulo

Local: São Januário
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Gols: 1º tempo – Rigoni (42 minutos). 2º tempo – Benítez (4 minutos) e Liziero (25)
Cartões amarelos: Talles
Cartões vermelhos: Léo Jabá, Leandro Castan e Lisca
Público: Jogo com os portões fechados

Vasco: Vanderlei, Miranda, Ernando (Léo Matos), Leandro Castan e Zeca; Bruno Gomes, Juninho (Caio Tenório) e Marquinhos Gabriel; Morato (Galarza), Léo Jabá e Germán Cano (Sarrafiore). Técnico: Lisca.

São Paulo: Tiago Volpi, Bruno Alves, Miranda (Rodrigo Freitas) e Léo; Orejuela, Luan (Rodrigo Nestor), Talles (William) (Liziero), Benítez e Reinaldo; Rigoni (Vitor Bueno) e Pablo. Técnico: Hernán Crespo.

Próximo jogo

O Vasco volta a campo no próximo sábado (07), contra o Vitória no Barradão em Salvador, às 19h30min, iniciando uma série de jogos considerada importantíssimas para o time na Série B. O adversário tem 13 pontos, ocupa a 15ª colocação na tabela e vem de empate sem gols contra o Avaí na última rodada.

18 comentários
  • Sylvio Fernandes - 5 de agosto de 2021

    Sempre as mesmas desculpas “garfado”, chororõ, o q vimos, foi a diferença de um clube grande, de um time de primeira divisão, contra um clube que já foi grande, com um time de terceira divisão, simples assim. Não se estressem, ainda não chegamos ao fundo do poço, vem mais por aí, se contarmos com a sorte, só ela mesmo para ajudar, ficaremos na segundona. Triste fim para um clube com tantas conquistas, q eu mesmo tive o prazer de presenciar algumas. É o resultado de anos de roubalheiras, gente ruim, mal intencionados, que por sinal, ainda andam por aí, na direção, na presidência, clube q não honra suas tradições, mancha o seu próprio manto com camisa de lacradores, fim da linha, clube alinhado com o q há de pior. Triste fim…..

    Responder
  • Leandro - 5 de agosto de 2021

    Como sempre ,o vasco ,mais uma vez,absurdamenteroubado.Assim fica dificil ,tanto trabalho acaba sendo em vão.O futebol brasileiro é uma verdadeira zona,que infelizmente tem seus alvos certos para serem atingidos.E um desses é o Vasco.
    Até quando ???Absurdo!!!.

    Responder
  • Aurelio Belido - 5 de agosto de 2021

    O Vasvo foi ROUBADO descaradamente por um bombado q se esconde no armário.
    O Vasco começou com tudo mas parou no bombado ladrão.

    Responder
  • Diego - 5 de agosto de 2021

    o Vasco esta sendo Garfado a 21 anos, mas pelas diretorias filh4s da Put4 que passaram e que estão la dentro ainda… o VASCO esta acabando cada vez mais rápido!! Time lixo diretoria um lixo pior ainda Passaro um lixo….se eu fosse o Lisca saltava fora ainda hoje desse clube falido com essa diretoria lixo

    Responder
  • Valdemir - 5 de agosto de 2021

    Garfado? Saiu foi é barato pro Vasco, o SP perdeu um caminhao de Gol, se fossem bons em finalizacao seria uns 5×1 no minimo. Vasco nao tem defesa e ataque pouco machuca o adversario, se nao mudar ano que vem é segundona novamente. Time nao ganha de time da Serie B vai querer ganhar de time da A.

    Responder
  • Marcos Batista Batista Nascimento - 5 de agosto de 2021

    Garfado? Esses beneméritos e essa política suja e podre estão acabando com a história do Vasco. Até quando esperar? Somos time pequeno agora. Não adianta nos enganarmos. A nossa torcida não merece isso. Basta!

    Responder
  • Edison - 5 de agosto de 2021

    Garfado que nada, o time e ruim mesmo, se jogar com esse time 10 vezes, perde as 10

    Responder
  • Edivaldo Galvão de Queiroz - 5 de agosto de 2021

    Que o time do Vasco é ruím todos sabem, agora a perseguição da arbitragem , CBF e a globolixo é vergonhosa, para completar o judiciário em qualquer ação contra o Vasco é certeza que tá ganha, essa máfia se espalhou por todo canto no Brasil. Depois que o Vasco jogou a final com o patrocínio do SBT a perseguição começou e até hoje não engoliram

    Responder
  • Fred - 5 de agosto de 2021

    Fora Lisca. Tu não tem cacife pra treinar time nenhum. Leva esse urubu que veio do São Paulo junto.

    Responder
  • Vlademir Aluísio Costa - 5 de agosto de 2021

    O Vasco foi garfado faz anos por essas diretorias incompetentes..
    Falam mau do Eurico, mas com ele nunca fomos tantas vezes humilhados..
    Segue mais alguns anos ainda até que se troque tudo essa incompetência.

    Responder
  • Márcio Mendes Pacheco - 5 de agosto de 2021

    Esses caras tem que treinar 24horas , não é possível. Tem que pagar o salário desses caras conforme eles produzem em campo. Pela produção não dava pra pagar nem 5mil reais.

    Responder
  • Benedito - 5 de agosto de 2021

    Todos meus comentários esse site safado não publica o Vasco roubado em São Januário pelo Daronco ladrão nosso presidente salgado está morto e não sabe não tem moral pra nada o Daronco não marcou 2 pênaltis pra o Vasco e anulou o gol do cano o jogo era pra ter sido 4×2 pra o vasco e ia pra os pênaltis esse Daronco roubou o Vasco na cara de pau em pleno São Januário

    Responder
  • Benedito - 4 de agosto de 2021

    Faz a soma rouboubo gol do cano anulando pênalti mão do Miranda na cara do jaba pênalti e expulsão pênalti no galarza só aí era três gols do Vasco o jogo seria 4×2 pra o Vasco e ia pra os pênaltis sem contar o prejuízo financeiro e todos narrador e o drogado casa grande falando do Vasco e elogiando daronco ele esse safado espinola comentarista globo lixo

    Responder
  • Genilson neves - 4 de agosto de 2021

    Quero meu Vasco de volta muitos anos nessa sofrimento chegar vamos para de lavar dinheiro e trazer o Vasco de volta, cadê o dinheiro dos jogadores que vende aí e muitos dinheiro que essa clube arrecada torcida e torcida que ajudar,nós torcedores temos o direito de fiscalizar nosso Vasco melhor meu povo

    Responder
  • Benedito - 4 de agosto de 2021

    Esse pilantra daronco toda vez rouba nosso Vasco e a diretoria não faz nada,gol legal anulado não deu o pênalti um a mão do Miranda na cara do jogador outro falta no galarza dentro da área e ainda ecpulsa o castan na cara de pau daronco ladrão

    Responder
  • Claudemir Menezes gomes - 4 de agosto de 2021

    Não vem com essa de prejudicado não, o Vasco foi incopetente, não tem futebol pra virar o placar, ainda teve um expulso que parece um animal jogando bola, aí vai querer que a arbitragem use tapa olho pra não ver nada, esse time e uma vergonha, nao merece a torcida que tem

    Responder
  • Carlos - 4 de agosto de 2021

    E mais uma vez o Vasco foi roubado, dói pênalti não dado a favor do Vasco, e um gol anulado.

    Responder
  • Weliton - 4 de agosto de 2021

    time vagabundo, vai morrer na segunda divisão, isso se não cair para terceira, jogadores medíocres.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
24 de setembro de 2021
Vasco vende ingressos virtuais para o jogo contra o Brusque

Os ingressos virtuais da partida entre Vasco da Gama e Brusque, que acontecerá nesta sexta-feira, já estão disponíveis,

Vascaínos protestam na CBF contra arbitragem

Torcedores do Vasco da Gama protestaram na porta da CBF contra erros de arbitragem na Série B do Campeonato Brasileiro.

Prefeitura do Rio autoriza 7.700 torcedores em São Januário no jogo entre Vasco e Goiás

Com a autorização da Prefeitura do Rio de Janeiro, o Vasco da Gama pode receber até 7.700 torcedores em São Januário no jogo contra o Goiás.

CSA vence o Botafogo e Vasco encerra 25ª rodada em 10º na Série B

O Vasco da Gama finalizou a 25ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro na 10ª colocação, há 10 pontos do G4.

Ernando desfalca o Vasco contra o Brusque

Em recuperação de um edema na coxa, o zagueiro Ernando desfalca o Vasco da Gama no jogo contra o Brusque nesta sexta-feira.

Andrey recebe o terceiro cartão amarelo e desfalca o Vasco contra o Brusque

Andrey, volante do Vasco da Gama, levou o terceiro cartão amarelo e não enfrentará o Brusque na próxima sexta-feira.

Escalação do Vasco contra o Brusque

Confira a escalação do Vasco da Gama para a partida contra o Brusque nesta sexta-feira, pela Série B do Brasileiro.

Olho no rival! Escalação do Brusque contra o Vasco

Confira a escalação do Brusque para o jogo contra o Vasco da Gama nesta sexta-feira, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Confira quais canais transmitem o jogo entre Brusque e Vasco

Confira quais canais transmitem a partida entre Brusque e Vasco da Gama, válida pela 26ª rodada da Série B do Brasileiro.

Brusque terá desfalques contra o Vasco

Zé Carlos e Thiago Alagoano desfalcarão o Brusque contra o Vasco da Gama na próxima sexta-feira, no Estádio Augusto Bauer.

Veja mais notícias