Salgado vê Vasco tentando encontrar novo caminho após ‘vácuo político’ de Eurico

Jorge Salgado avaliou a administração de Eurico Miranda e projetou o cenário para a política do Vasco da Gama.

Jorge Salgado, presidente do Vasco
Jorge Salgado, presidente do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Por muitos anos, Eurico Miranda foi o personagem mais controverso do Vasco da Gama. Amado por uns e odiado por outros, o dirigente que faleceu em março de 2019, colecionou títulos, assim como polêmicas. Em entrevista ao jornalista Mauro Cezar Pereira no programa Dividida, no Canal UOL, o atual mandatário do Cruzmaltino, Jorge salgado, falou sobre a relação de Eurico com o Gigante, e de como ele influenciou a política do Clube.

Para Salgado, Eurico deixou um vácuo de poder na política do Vasco, que, segundo ele, precisa ser pacificada. O atual presidente avalia que um dos erros do ex-dirigente foi a centralização de todo o poder, além de não ter criado quadros políticos dentro do Clube.

Acho que o Vasco está tentando encontrar um caminho. O Eurico deixou um vácuo político no clube, durante muitos anos. Ele foi uma pessoa muito presente e muito marcante no Vasco, para o bem e para o mal. E não fez assim, não criou, não se preocupou eventualmente em criar uma sucessão e abrir mais o clube para outras, para algumas pessoas que pudessem também se destacar politicamente no clube, ele concentrava muito poder nele mesmo.

Jorge Salgado

Salgado entende que a postura de Eurico prejudicou o Cruzmaltino e cita que o momento é de retomada da política vascaína.

– Isso teve um lado ruim de que quando as coisas, quando você abre, você abre e você não tem as pessoas prontamente qualificadas para assumir essa posição. Então o Vasco está se reconstruindo politicamente, eu acho que a gente está em uma fase de reconstrução política. Algumas lideranças, eu me coloco como uma delas e eu acho que a gente também tem que construir isso, um caminho”.

O gestor do Almirante entende que é necessário ampliar o diálogo com as alas políticas do Clube, a fim de contribuir com o desenvolvimento da instituição.

– Dar oportunidade a todos, mostrar que a gente pode discutir as questões do Vasco sentando na mesa, de maneira organizada, de maneira educada, esse é o sonho, ao invés de ficar pelo lado de fora tentando minar e falar mal e não contribuir para a administração”.

Jorge Salgado vê na lacuna deixada por Eurico, uma chance de poder solucionar a falta de cooperação entre os setores políticos do Time de São Januário.

– Então eu acho que a ausência dele criou um problema político para o Vasco, mas abre uma oportunidade para a gente resolver isso. Eu acho que a gente está nesse caminho, de tentar resolver isso.

Jorge Salgado assumiu a direção do Vasco, para o triênio entre 2021 e 2023, no início do ano, após o processo eleitoral ter ido parar na Justiça.

1 comentário
  • Vascaino - 5 de julho de 2021

    SALGADO E CIA…. VOCÊS NAO RESPEITARAM OS SOCIOS E TORCEDORES. NAO RESPEITARAM O ESTATUTO DO CLUBE. TOMARAM O VASCO NA MARRA!!!!! QUE POLÍTICA É ESSA?????

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
1 de dezembro de 2021
Carol Paiffer assina documento de sigilo e se reunirá com o Vasco nesta quinta-feira

A investidora Carol Paiffer se reunirá com o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, além do CEO Luiz Mello, nesta quinta-feira.

Eduardo Freeland confirma sondagem do Vasco, mas seguirá no Botafogo

O diretor executivo do Botafogo, Eduardo Freeland, disse que houve uma conversa de presidentes, mas que seguirá no projeto botafoguense.

Torcedor adiciona canguru em plano de sócio do Vasco

Gabriel Cavera, torcedor vascaíno que mora na Austrália, adicionou um canguru ao plano de sócio animal do Vasco da Gama.

Mesmo na Série B, Vasco segue entre os preferidos de investidores árabes

O Vasco da Gama figura ‘lista’ de preferência de bilionários árabes que querem investir no futebol brasileiro.

Zé Ricardo comandou o Vasco em momento conturbado entre 2017 e 2018

O técnico Zé Ricardo comandou o Vasco da Gama em um dos momentos mais turbulentos da história do Clube entre 2017 e 2018.

Vasco enfrenta o LGD/Karanba nesta quarta pelo Carioca Feminino Sub-18

Vasco da Gama e LGD/Karanba se enfrentarão nesta quarta-feira em jogo válido pelo Campeonato Carioca Feminino Sub-18.

São Januário e Sede Administrativa do Vasco amanhecem com faixas de protesto

Nesta quarta-feira o entorno do Estádio de São Januário e a Sede Administrativa do Vasco da Gama amanheceram com faixas de protesto.

Vira Vasco pede renúnica da diretoria do Vasco

No seu perfil no Instagram, a Vira Vasco pediu a renúncia da diretoria do Vasco da Gama, devido a fase que o Clube vive.

Tradição Vascaína divulga nota com críticas à diretoria do Vasco

Confira a nota do grupo Tradição Vascaína com críticas à atual diretoria do Vasco da Gama, presidida por Jorge Salgado.

Bulhões dá mais detalhes sobre criação de SAF para gerir o futebol do Vasco

Vice jurídico do Vasco da Gama, José Cândido Bulhões elucidou alguns pontos sobre a transformação do futebol do Clube em empresa.

Veja mais notícias