Permanência na Série B gera entrave para plano de recuperação do Vasco

Sem conseguir retornar à elite do futebol brasileiro, Vasco da Gama terá dificuldades para por a casa em ordem no ano que vem.

Jorge Salgado e Alexandre Pássaro durante treino desta quinta-feira
Jorge Salgado e Alexandre Pássaro durante treino desta quinta-feira (Foto: Rafael Ribeiro Vasco)

A goleada por 4 a 0 para o Botafogo praticamente selou a permanência do Vasco na Série B e deve atrasar um pouco mais o plano de recuperação financeira em São Januário. Com 47 pontos, a equipe está a oito do Goiás, time que fecha o G-4.

Restando apenas quatro partidas, o clima é de desânimo total em São Januário, embora o Vasco já tivesse feito um reajuste nas contas em caso de não conseguir subir. Defensor do reequilíbrio financeiro, o presidente Jorge Salgado terá de cortar um dobrado para manter de pé uma das bandeiras que o levou ao cargo.

Ainda que as dívidas estejam provisionadas, a queda na receita será líquida e certa. Com mais um ano longe da elite, o Cruz-Maltino já pode contabilizar que seguirá recebendo uma fatia menor do bolo nos direitos de transmissão. Além disso, as perdas de dinheiro em bilheteria e em seu programa de sócio-torcedor são mais que prováveis.

Diante disso, o desafio vascaíno em equilibrar as contas com a urgência de montar um time competitivo é ainda maior. Para piorar, o rival Flamengo segue sendo protagonista, o Bota briga pelo título da Série B e o Fluminense luta para disputar sua segunda Libertadores consecutiva.

Com a frustração quase consumada, fato é que haverá mudanças no elenco e, possivelmente, alguma mexida no departamento de futebol. Por ora, Fernando Diniz não tem o cargo ameaçado.

“A gestão vai, em um futuro muito breve, tirar o Vasco de onde o Vasco está. Foi entregue a ele (Salgado) assim, mas ele devolverá em outro lugar. Até o último jogo, não abro mão de permanecer com as pessoas que querem o bem desse projeto. A partir daí, se o entendimento for de que os projetos estão se distanciando e não se convergindo, sou o primeiro a renunciar. Se não houver interesse na continuidade, serei o primeiro a reconhecer meus erros e abro mão de qualquer papel”, afirmou o diretor Alexandre Pássaro.

Aos prantos, Nenê foi o reflexo do ambiente ao fim do jogo. Em entrevista à “Globo”, o meia prometeu ajudar o clube a subir e lamentou a situação: “Temos de ter vergonha na cara mesmo. Estou assim porque é a segunda vez que vim ajudar e sinto que falhei. Dei tudo de mim e vou continuar dando tudo até o último segundo. Vou ficar até o Vasco subir”.

Na quarta (10), os vascaínos recebem a visita do Vitória, 21h30, em São Januário. Agora, a missão é juntar os cacos e começar a trilhar os caminhos da próxima temporada.

Fonte: UOL

Leia mais sobreSérie B
1 comentário
  • H. Neto - 8 de novembro de 2021

    Mesmo já com 40;anos, seria o melhor nico atleta que deveria permanecer no clube. Os demais, era para serem demitidos todos

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
24 de janeiro de 2022
Marcos Dias estaria na mira do New England, dos Estados Unidos

O atacante Marcos Dias, um dos destaques do Sub-20 do Vasco da Gama, estaria de saída do Clube rumo ao New England, dos Estados Unidos.

Vasco estreia novo programa na Vasco TV nesta segunda-feira

Nesta segunda-feira, a Vasco TV terá a estreia do programa Vascaínos e Vascaínas, no Estúdio Abelardo Chacrinha Barbosa.

Dos campos para as areias: Dani Rodrigues comenta mudança de modalidade no Vasco

Reforço do Vasco da Gama no beach soccer, a fixa Dani Rodrigues já atuou pelo Cruzmaltino no futebol de campo.

Vasco é o 4º com mais sócios no ranking dos clubes nacionais

Após desassociarão, o Vasco da Gama está na quarta colocação no ranking de clubes com mais sócios no Brasil.

Vasco TV terá novo estúdio e outras novidades, anuncia Vanessa Riche

Apresentadora da Vasco TV, a jornalista Vanessa Riche publicou um vídeo onde anuncia novidades na plataforma oficial do Vasco da Gama.

Jorginho aprova estratégia do Vasco de ter jogadores com experiência na Série B

Ex-jogador e treinador do Vasco da Gama, Jorginho avaliou a montagem do elenco do Cruzmaltino para a disputa da Série B.

Carlos Brazil projeta ano do Vasco e vê Estaduais como opção para reforçar a equipe

Gerente de Futebol do Vasco da Gama, Carlos Brazil projetou a temporada e garantiu que o Clube estará atento aos Estaduais para se reforçar.

Zé Ricardo comanda o Vasco pela 2ª vez no Campeonato Carioca

Técnico do Vasco da Gama, Zé Ricardo vai treinar o Clube de São Januário no Campeonato Estadual do Rio pela segunda vez na carreira.

Vasco mantém 10% dos direitos econômicos de Caio Lopes

Volante formado no Vasco da Gama, Caio Lopes não chegou a um acordo com o Clube e vai jogar no Leganés, da segunda divisão da Espanha.

Vasco estreia no Carioca com time bem diferente do que terminou a Série B em 2021

Vasco da Gama faz sua primeira partida pela competição nesta quarta-feira (26), com um time cheio de novidades.

Veja mais notícias