Osório nega que som alto em São Januário tenha sido para inibir protestos da torcida

Carlos Roberto Osório negou que o som alto em Sâo Januário na última sexta-feira tenha sido para impedir os protestos da tocida.

Carlos Roberto Osório
Carlos Roberto Osório (Foto: João Pedro Isidro/Vasco)

O vice-presidente do Vasco da Gama, Carlos Roberto Osório, se manifestou sobre mais um assunto polêmico envolvendo o Clube nessa reta final da Série B do Campeoanto Brasileiro.

Na partida contra o Remo no Estádio de São Januário, quando os jogadores eram hostilizados pelos torcedores, o sistema de som do estádio estava bem alto, o que gerou diversos comentários negativos da mídia e da torcida.

Ao Atenção, Vascaínos!, Carlos Roberto Osório disse que realmente o som estava alto, mas que em nenhum momento o Gigante da Colina tentou inibir os protestos dos torcedores.

Segundo o vídeo divulgado pelo canal, Osório ainda destacou que os protestos da torcida são aceitáveis e com razão, devido a péssima campanha do Clube no 2º escalão do futebol nacional.

O Vasco disputará jogos em São Januário somente na próxima temporada, pelo Campeonato Carioca. Provavelmente, na competição o time terá um novo técnico e um novo executivo de futebol.

Leia mais sobreCarlos Roberto Osório
5 comentários
  • Raimundo Vicente de Souza - 22 de novembro de 2021

    Quem vai acreditar nesse babaca?
    todo mundo viu

    Responder
  • S - 21 de novembro de 2021

    Ahhh, acreditar em parceiro de Eduardo Paes, somente se for mto otário. Esse aí é mais um mamador de teta. Por mais q o clube esteja no CTI, esses aproveitadores não largam o osso. Fora mamador, fora lacrador.

    Responder
  • Ivan Carlos Cardoso - 21 de novembro de 2021

    E tem coragem de dizer que foi de propósito. Tudo filho da puta. Falta de respeito

    Responder
  • Paulo Ramada - 21 de novembro de 2021

    SAI FORA SEU INCOMPETENTE LEVA SUA TURMA JUNTO👊👊👊

    Responder
    • Raimundo Vicente de Souza - 22 de novembro de 2021

      Quem vai acreditar nesse babaca?
      todo mundo

Deixe sua opinião

Últimas notícias
30 de novembro de 2021
ArquiVasco se posiciona contra movimento do Vasco de se tornar clube-empresa

Grupo político emitiu comunicado fazendo fortes críticas a intenção do Vasco da Gama em transformar seu futebol em clube-empresa.

Roberto Monteiro critica pedido de constituição de clube-empresa

Ex-presidente do CD do Vasco da Gama, Roberto Monteiro disparou contra a possibilidade do futebol do Clube ser gerido por uma empresa.

Decisões centralizadas de Salgado provocam desconforto em parte de base aliada

Postura do presidente Jorge Salgado na condução do futebol do Vasco da Gama vem sendo criticada até por membros da base aliada.

Ex-presidente do Vasco, Campello diz que não vê nenhum nome capaz de unir o Clube

Em entrevista ao Blog do jornalista Ricardo Gonzales, Alexandre Campello se mostrou pessimista quanto ao futuro do Vasco da Gama.

Oposição do Vasco se mobiliza pela saída de Jorge Salgado

Número necessário de assinaturas para convocação de Assembleia Geral Extraordinária vem aumentando nos corredores de São Januário.

‘Juntos vamos conduzir o Vasco ao seu devido lugar’, afirma Nenê

Um dos pouquíssimos destaques do Vasco da Gama em 2021, meia diz ainda que ”vestir a camisa do Vasco da Gama é uma honra”.

‘O Vasco não precisa ter seu futebol vendido’, critica Leven sobre possível SAF

Via redes sociais, Leven Siano se manifestou contrariamente à possível transformação do futebol do Vasco da Gama em clube-empresa.

29 de novembro de 2021
Em vídeo com torcedor, Salgado revela que Zé Ricardo e Ricardo Gomes devem chegar

Respondendo informalmente a um torcedor do Vasco da Gama, presidente Jorge Salgado confirma negociações por Zé Ricardo e Ricardo Gomes.

Marquinhos Gabriel lamenta temporada mas afirma que Vasco ‘voltará ao seu lugar’

Meia diz ainda que faltaram detalhes ao Vasco da Gama e que ”carregar a Cruz de Malta é a principal motivação para quem está no Clube”.

Salgado e outros dirigentes comentam possível constituição da SAF no Vasco; assista

Falaram sobre o pedido para que o futebol do Vasco da Gama vire empresa o 2º VP geral, Duque Estrada, e o presidente do CD, Carlos Fonseca.

Veja mais notícias