Opinião: rumo ao Cruzeiro ou a outro clube, chegou a hora de Henrique deixar o Vasco

Com possível interesse do Cruzeiro, Vasco tem grande oportunidade para negociar Henrique, que há anos apenas compõe elenco e não demonstra grande evolução.

Henrique durante entrevista à Vasco TV
Henrique durante entrevista à Vasco TV (Reprodução/VascoTV)

Em meio à preparação do Vasco da Gama para o decisivo duelo contra o Bahia no próximo domingo (31), às 16h, em São Januário, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, uma informação publicada pelo perfil no Twitter Palco do Esporte chamou a atenção do noticiário cruzmaltino nesta quinta-feira (28).

Segundo eles, o lateral-esquerdo Henrique, vinculado ao Vasco somente até o dia 02 de agosto e, devido a isso, apto a assinar um pré-contrato com qualquer outro clube a partir da próxima terça-feira (02), estaria sendo monitorado pelo Cruzeiro, que disputará novamente a Série B do Brasileirão em 2021.

Pois bem, antes de mais nada, vale destacar que, no momento, Henrique é, com justiça, o lateral-esquerdo titular do Gigante da Colina. Neto Borges, seu reserva imediato, se mostrou, em aspectos gerais, um jogador inferior ao camisa 37 vascaíno e não disse a que veio a São Januário; já Riquelme, considerado uma das principais revelações recentes das categorias de base do Clube e campeão da Copa do Brasil Sub-20, ainda não estreou entre os profissionais e, por isso, não pode ser considerado uma opção plausível para a atualidade cruzmaltina, lutando contra o rebaixamento a poucos jogos do fim da temporada.

Acontece que Henrique, atualmente com 26 anos, é opção no elenco do Vasco desde 2013, quando subiu dos juniores para o time profissional. De lá para cá, foram 186 jogos e apenas um gol marcado com a camisa cruzmaltina. Mesmo não sendo sua principal função em campo, é claro, já que trata-se de um lateral, é um número constrangedor haja vista a quantidade de partidas disputadas.

A falta de gols de Henrique seria facilmente ”camuflada” caso o jogador compensasse o jejum com outros atributos. No entanto, o lateral-esquerdo não se destaca em nenhum fundamento. E isso não é exagero.

Ofensivamente, Henrique não costuma contribuir com dribles, jogadas individuais, passes decisivos ou lançamentos. Seu número de assistências (não confirmado oficialmente) também é irrisório se for ser levado em consideração a quantidade de vezes que entrou em campo.

Já no âmbito defensivo, Henrique apresentou uma leve evolução em 2020, sob o comando do ídolo Ramon Menezes, atuando como um falso terceiro-zagueiro. Porém, vale ressaltar que não chegavam a ser exibições de gala, apenas menos piores do que em outras oportunidades.

Tem que se admitir que Henrique é um jogador esforçado, com bom vigor físico para aguentar os 90 minutos e que dificilmente se machuca. Isso, todavia, é muito pouco para justificar a estadia de um jogador de futebol em um clube grande como o Vasco por tanto tempo levando-se em consideração seu baixíssimo custo-benefício em relação ao desempenho em campo.

Chegou a hora de Henrique, seja no Cruzeiro ou em outra equipe, procurar novos ares. Mesmo que seja só para compor elenco, no Vasco, não dá mais. O Gigante da Colina, agora sob nova gestão, precisa mudar a mentalidade de que um atleta que tem como principal característica ser esforçado serve para vestir a histórica e vitoriosa camisa cruzmaltina.

Deveríamos ter paciência com Henrique se estivéssemos em 2014, quem sabe 2015. Mas em 2021, quase oito anos após sua estreia, já tendo todas as oportunidades possíveis e imagináveis, não. Ao fim da atual temporada, será o momento ideal para o adeus, e sem deixar nem um pouco de saudade.

Leia mais sobreCruzeiroHenrique
28 comentários
  • Walter Carvalho - 30 de janeiro de 2021

    Quem escreveu esta merda. O Henrique não tem que fazer gol. Ele é o melhor lateral do Vasco. O Riwuelme ainda falta muito pra chegar ao nível do Henrique.
    Se vcs continuarem escrevendo merda. Tô fora.

    Responder
  • Jorge Martins Ferreira - 30 de janeiro de 2021

    Esse repórter só pode ser da Globolixo e mulambo! Só falou merda.

    Responder
  • Edison - 30 de janeiro de 2021

    Vejo muita gente que gosta do Henrique, mas quem já viu as lambanças dele, torcer pra ele ir pra bem longe do Vasco.

    Responder
  • Gwyer Borges - 30 de janeiro de 2021

    Concordo plenamente com os amigos vascaínos, esse pretenso jornalista perdeu uma grande momento para ficar calado. Jogador mediano, porém honesto, sem fingimentos, torce pelo time, não pode ser tratado dessa maneira, principalmente em nosso canal,
    Vamos ganhar do Bahia

    Responder
  • Marden Góes - 30 de janeiro de 2021

    Sempre aparece um gaiato para tentar perturbar o ambiente do Vasco, isso é momento para falar num assunto merda como este. Henrique tem seus defeitos, mas também tem sua virtudes, o que acontece com todos os jogadores. Comentário imbecil escrito por imbecil. Esse cara só pode ser flamenguista. Deixa o Vasco em paz, quem sabe quem fica e quem deve sair, não é você, comentarista de meia tigela e sim Vanderlei Luxemburgo e sua Comissão Técnica, Esquece o Vasco! É isso aí, Marden Góes

    Responder
  • Nathannael das Neves Camilo - 30 de janeiro de 2021

    Henrique não pode ser um dos mais habilidosos ou com alto nível de passes corretos, etc…Mas é um cara que o Vasco pode manter, além do custo baixo e por mais eficiência do que o Nego Borges. No meu ponto de vista, Henrique com o Luxemburgo cresceu muito e podemos ainda esperar mais dele do que os substitutos imediatos. Henrique deve ficar!!!

    Responder
  • Jose Virgilio O Moura - 30 de janeiro de 2021

    Eu não dispensaria o Henrique de forma alguma…

    Responder
  • JOSÉ CARLOS GOMES DE MAGALHÃES - 30 de janeiro de 2021

    Lendo esse comentário maldoso em relação ao atleta, só posso pensar que trata-se de coisa pessoal.
    Na minha opinião o Henrique está no nível dos demais laterais esquerdo do futebol brasileiro.
    E com certeza tem o seu valor e merece o nosso respeito.
    Esta reportagem parece coisa de mulambo enrustido.

    Responder
  • Fjv 10 fam - 30 de janeiro de 2021

    De uma coisa é certa pior do que o Neto Borges ele não é seria um bom reserva, mais será bom tbem que agr o Riquelme vai receber uma oportunidade nada mais que justo, boa sorte espero que possa crescer como um grande profissional ..

    Responder
  • Liberato pereira da Silva filho - 29 de janeiro de 2021

    O QUE SEMPRE AO HENRIQUE ,FORAM ORIENTAÇÕES NO SENTIDO DE SEU POSICIONAMENTO EM CAMPO ,ELE ABANDONA MUITO SEU SETOR PARA VIR PRO CENTRO DA ÁREA ,NESTE ULTIMO GOL QUE LEVAMOS DO PALMEIRAS ONDE ESTAVA O HENRIQUE ? RICARDO GRAÇA TEVE QUE SAIR DE SEU SETOR PARA TENTAR BARRAR O AVANÇO DO PALMEIRENSE .TALVEZ COMO VOLANTE DE CONTENÇÃO SERIA ELE MAIS POSITIVO .MAS É BOM PARA O ATLETA MUDAR DE ARES .

    Responder
  • Manoel - 29 de janeiro de 2021

    Qualquer comentário nesse momento é inadequado. Se não é melhor a culpa não é dele. Bom profissional.

    Responder
  • Dalcio Zanetti de Mendonça - 29 de janeiro de 2021

    É claro que não pode deixa-lo sair. É perseguido pela torcida, como já foram Jardel, Alan Kardec, Alecsandro, Rodrigo Souto, e muitos outros.x

    Responder
  • Volgano - 29 de janeiro de 2021

    Muito infeliz o artigo do Raphael Fernandes. Análise primária e extremamente deselegante.O Henrique é titular do time com méritos, estamos numa fase decisiva do campeonato e vem o jornalista escrever umas barbaridades dessas. É absurdo.
    Henrique, você tem a confiança da torcida. Vamos lá garantir o Vasco na primeira divisão. Torcemos para que você continue em São Januário.
    Quanto ao Raphael Fernandes, sugiro que seja demitido imediatamente.

    Responder
    • Antonio Nascimento - 30 de janeiro de 2021

      Matéria no mínimo INOPORTUNA e Amadora, se não é um TALENTO é o que temos pra agora, desagradou!!!

  • PAULO CESAR CORRÊA - 29 de janeiro de 2021

    O cara tirou uns 3 gols recentemente no ,isto ele não falou.

    Responder
  • Sivaldo - 29 de janeiro de 2021

    Tbm nao precisava esculachar o cara.caralho pegou pesado so faltou xingar o cara.

    Responder
  • Edison - 29 de janeiro de 2021

    Que notícia boa hein! Vai em paz!

    Responder
  • José de Abreu Matos - 29 de janeiro de 2021

    Henrique, não nenhum craque más é u bom jogador, muito discreto!

    Responder
    • Carlos Antunes Ferreira da Silva - 29 de janeiro de 2021

      Henrique é o que ainda dá conta daquele lado e o Vasco tem dificuldade com lateral esquerdo.a torcida pega muito no pé dele mais deixa ele ir pro Cruzeiro pra vocês verem como vai crescer.

  • André Souza - 29 de janeiro de 2021

    Henrique não é o melhor jogador do Vasco mas ainda com suas limitações é sim um dia melhores laterais esquerdos dio Brasil não é a toa que é titular do Vasco é respeitado por Luxemburgo e muitos outros técnicos está ambientado no Vasco e ajudará na luta pela permanência. Olho! Não devemos abrir mão dele.

    Responder
    • Raimundo Vicente - 29 de janeiro de 2021

      O Cruzeiro é grande, mais era melhor outro clube onde o Henrique podesse crescer, pegar mais experiência.
      No Vasco ele já deu o que tinha que dá.

  • Carlos Pereira. - 29 de janeiro de 2021

    Ele não e nenhum Felipe maestro mais não tem tantos laterais craque assim no mercado não ele ta na media.

    Responder
  • Marcos hercilio Filgueiras rosa - 29 de janeiro de 2021

    Em alguns jogos tenho raiva do seu futebol falhas na marcação,cruzamentos,mais tenho visto uma melhora,porra cruzeiro só um bossal faria essa troca.Neto Borges ninguém metesse.

    Responder
  • Fábio silva - 29 de janeiro de 2021

    A matéria traduz exatamente a verdade!

    Responder
  • Renner - 29 de janeiro de 2021

    Pohaa que matéria tendenciosa. O cara ler uma matéria dessa em véspera de jogos decisivos é so p atrapalhar. A matéria concordo faz muito tempo que ele veste a camisa do vasco e pouco fez, é bastante esforçado mostra que tem habilidade e poderia render mais. Mesmo assim n faz pq n tem personalidade. Mais essa matéria deveria esperar o final do campeonato nada ajuda no processo de nos livrarmos da zona.

    Responder
    • Matador de urubu - 29 de janeiro de 2021

      COncordo plenamente com voce Renner

  • Eduardo - 29 de janeiro de 2021

    Penso que é melhor o Vasco renovar com o Henrique e dispensar Neto Borges e trazer outro pra ser titular

    Responder
    • Luiz Paulo - 29 de janeiro de 2021

      Ele é limitado , mais se esforça não compromete e salvou gols do adversário em alguns momentos. Não venderia, o reserva é muito fraco.

Deixe sua opinião

Últimas notícias
23 de junho de 2021
Romulo testa positivo para Covid-19 e se torna desfalque no Vasco

O volante do Vasco da Gama, Romulo, testou positivo para Covid-19 e ficou de fora da delegação que embarcará para Belo Horizonte.

Carlos Osório repudia ameaça aos jogadores e garante que o Vasco tomará providências

Carlos Roberto Osório, VP do Vasco da Gama, falou sobre a ameaça sofrida pelos jogadores no confronto diante do CRB.

Zeca vibra com partida sem levar gol, exalta liderança de Castan e cita disputa na direita

O lateral-esquerdo do Vasco da Gama, Zeca, disse que seu foco é ajudar a equipe e se colocou à disposição para jogar em qualquer lado.

Vasco TV mostra treino da última terça-feira na preparação para encarar o Cruzeiro

Confira agora alguns trechos do treino do Vasco da Gama realizado na última terça-feira, no CT do Almirante.

Vasco receberá R$ 500 mil pela transferência de Marlon Santos ao Shakhtar Donetsk

O Vasco da Gama será recompensado em R$ 500 mil pela transferência de Marlon Santos, que trocou o Sassuolo pelo Shakhtar Donetsk.

Assista ao vídeo que mostra a inauguração do CT para o Futebol Feminino do Vasco

Confira o vídeo que mostra a inauguração do CT para o futebol feminino do Vasco da Gama na Vila Olímpica de Duque de Caxias.

Abel Braga relembra sua passagem como zagueiro do Vasco: ‘Espetacular’

O técnico Abel Braga, que atualmente está no Lugano, disse que sua passagem como jogador do Vasco da Gama foi espetacular.

Ricardo Sá Pinto fala sobre desavença com Fellipe Bastos no Vasco

O técnico Ricardo Sá Pinto falou sobre seu desentendimento com o meia Fellipe Bastos, durante sua passagem pelo Vasco da Gama.

Menos de 40% das finalizações do Vasco na Série B atingiram o alvo

Números mostram que o ataque do Vasco da Gama vem tendo aproveitamento ruim neste início de Campeonato Brasileiro da Série B.

Castan volta bem, mas defesa do Vasco ainda sofre na temporada

Leandro Castan retornou após período afastado por lesão e tenta ajustar setor defensivo do Vasco da Gama que vem falhando sistematicamente.

Veja mais notícias