Limitação, omissão e revés: segue o amargo tabu do Vasco contra o Flamengo

O Vasco da Gama voltou a perder para o Flamengo, desta vez por 2x0, no Maracanã, e está próximo de completar cinco anos sem vencer o rival.

Vanderlei Luxemburgo durante Flamengo x Vasco
Vanderlei Luxemburgo durante Flamengo x Vasco (Foto: André Durão/ge)

O choque com uma derrota para o Flamengo, não é mais o mesmo para o vascaíno. Tudo isso se deve ao longo tabu do Vasco da Gama diante do seu grande rival, o que se manteve na noite da última quinta-feira (04), diante do vazio Maracanã.

A partida valeu pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, sendo que as equipes se encontram em realidades diferentes. O Flamengo segue vivo na luta pelo título, e o Vasco tem como objetivo (novamente) se manter na elite da competição, o que se refletiu no que foi visto em campo.

O Flamengo teve o controle das ações da partida durante o primeiro tempo, empurrando o Vasco para o campo de defesa. Tamanha pressão do adversário resultou na penalidade cometida por Léo Matos sobre Bruno Henrique, convertida por Gabriel Barbosa.

Para a segunda etapa, o técnico Vanderlei Luxemburgo promoveu logo três alterações: Ygor Catatau entrou no lugar de Gabriel Pec, Juninho ganhou a vaga de Martín Benítez e Léo Matos, que se salvou da expulsão no lance do pênalti, saiu para a entrada de Carlinhos.

O Vasco se tornou mais presente no setor ofensivo, mas não ofereceu muito perigo à meta do Flamengo. As principais chances foram de Germán Cano, que não aproveitou uma bola rolada na medida por Yago Pikachu dentro da pequena área, e o próprio Camisa 22 em cobrança de falta defendida por Hugo.

Destaques negativos e “positivos”

É preciso destacar, inicialmente, mais uma atuações péssima de Léo Gil. O volante se mostrou frágil defensivamente, perdeu bolas bobas que geraram ataques do adversário e se mostrou falho na construção de jogadas. Outro que não teve uma grande noite (nem perto disso) foi Léo Matos, que passou apuros marcando Bruno Henrique.

O lateral-direito ganha destaque aqui principalmente pelo pênalti cometido, que poderia ter gerado a sua expulsão, sendo que naquela altura da partida já tinha levado amarelo. Ele voltou a colecionar faltas bobas e não teve uma boa participação na frente, o que é visto como o seu ponto forte.

Em relação aos destaques positivos, se é que se pode dizer isso, vai para a dupla de zaga formada por Marcelo Alves e Ricardo Graça, que foi segura quando esteve ao seu alcance, e para Juninho, que entrou bem no segundo tempo, com boas jogadas individuais, mas o coletivo acabou não ajudando.

Quando foi a última vitória?

Com o novo revés, o Vasco chegou a 17 partidas sem vencer o Flamengo. É isso mesmo! A última vitória vascaína aconteceu em 24 de abril de 2016, na semifinal do Campeonato Carioca, o 2×0 com gols de Andrezinho e Riascos, na Arena da Amazônia, há quase cinco anos.

Triste…

Leia mais sobreFlamengo
1 comentário
  • Sylvio Fernandes - 5 de fevereiro de 2021

    Time medonho, técnico ultrapassado, diretorias ilegítimas, pois não refletem o desejo da maioria dos associados e, por fim, um clube casa vez mais se apequenando, caminhando para virar um América do RJ ou uma Portuguesa de SP. Perdemos mais uma para os mulambos e a freguesia só aumenta, é de chorar ver um clube no qual me acostumei a ver grandes jogadores e conquistar grandes títulos chegar a esse ponto, coisa do passado. Salgado, pede pra sair deixa quem tem competência gerir o clube, vc é a continuação do incompetente e traíra do Campello. Mais um rebaixamento a vista. Vergonha!!!!

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de janeiro de 2022
Zé Ricardo ganha protagonismo no futebol do Vasco, que segue busca por um camisa 9

Treinador participa ativamente das decisões do departamento de futebol do Vasco da Gama, que ainda tenta a contratação de um centroavante.

Renovação de contrato de Miranda com o Vasco é considerada bem encaminhada

Zagueiro está suspenso por doping desde setembro e vem treinando em separado; Vasco da Gama vê no atleta um ”ativo” e deseja renovar.

Figueiredo lamenta eliminação na Copinha e revela: ‘Meu último jogo no Sub-20’

Centroavante, que será integrado aos profissionais, agradeceu ao elenco e à comissão técnica do Vasco da Gama na Copinha pela campanha.

17 de janeiro de 2022
Lucão acerta com o Bragantino; Vasco manterá parte dos direitos econômicos

Goleiro fecha por 5 anos com o time paulista; Vasco da Gama não deve receber nada pela transferência, mas manterá percentual econômico.

Caio Eduardo recebe proposta do NK Lokomotiva Zagreb, da Croácia

Jogador, que atua como volante e lateral-esquerdo, está afastado pelo Vasco da Gama devido a imbróglio por renovação contratual.

Assista aos melhores momentos de São Paulo 4 x 2 Vasco pelas oitavas da Copinha

O Vasco da Gama perdeu por 4×2 para o São Paulo nesta segunda (17) e foi eliminado da edição 2022 da Copinha.

Vasco perde por 4 x 2 para o São Paulo e se despede da Copinha

Mesmo com pressão no fim do jogo, o Vasco da Gama não conseguiu superar o São Paulo e está eliminado da Copinha 2022.

Vasco teria iniciado conversas pelo centroavante Getúlio, ex-Avaí

Pertencente ao Tombense, jogador atuou as duas últimas temporadas pelo Avaí, clube que o revelou; Vasco da Gama quer um centroavante.

Orçamento do Vasco para 2022 é aprovado pelo Conselho Deliberativo

Aprovação teve 113 votos favoráveis e 6 contrários; superávit do Vasco da Gama passou de R$ 33,8 milhões para R$ 57 milhões.

Bruno Nazário fala sobre parceria com Nenê e espera fazer boa temporada pelo Vasco

Bruno Nazário se colocou à disposição do técnico Zé Ricardo e diz que seu objetivo é colocar o Vasco da Gama de volta à Série A.

Veja mais notícias