São Januário
Vasco 1
X
0 Vila Nova

No sufoco! Vasco vence o Vila Nova e dorme no G4 da Série B, onde pode permanecer

O Vasco da Gama venceu o Vila Nova por 1x0, com gol marcado por Léo Jabá, entrou no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro.

Jogadores do Vasco comemorando gol contra o contra o Vila Nova
Jogadores do Vasco comemorando gol contra o contra o Vila Nova (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O Vasco da Gama venceu o Vila Nova por 1×0, com gol marcado por Léo Jabá, e entrou no G4 da Série B do Campeonato Brasileiro pela primeira vez na temporada, após esboçar reação e força na luta por uma vaga de volta na elite da competição.

Com a vitória, o Cruzmaltino chegou a 28 pontos, ultrapassando o Goiás no critério de saldo de gols. O Esmeraldino tropeçou diante do Remo empatando em casa no placar de 1×1. Os demias integrantes do pelotão da frente são Náutico, Coritiba e Guarani. Botafogo, Sampaio Corrêa e CRB ainda jogam na rodada e podem ultrapassar o Gigante.

Lisca mandou a campo a seguinte equipe: Vanderlei, Léo Matos, Miranda, Leandro Castan (Ernando) e Zeca; Romulo, Juninho (Andrey), Sarrafiore (MT) e Marquinhos Gabriel (Cayo Tenório); Léo Jabá e Figueiredo (Galarza).

O Vila Nova, comandado por Higo Magalhães, jogou com: Georgemy, Lucas Mazetti, Renato, Xandão (Alan Grafite) e Willian Formiga; Rafael Donato, Dudu e Arthur Rezende (Cássio Gabriel); Renan Mota (Moacir), Alesson e Henan (Kelvin).

Primeiro tempo

No início do jogo, as duas equipes entraram com propostas diferentes, o Vasco da Gama com posse de bola e controle da partida, o Vila Nova marcava no seu campo defensivo e aguardava os erros da defesa vascaína para sair em contra-ataque.

A primeira oportunidade de gol foi do visitante, aos 3 minutos, em jogada rápida, Henan recebeu bola e chutou forte, Vanderlei espalmou e na sequência a defesa cruzmaltina conseguiu se recuperar. O Gigante tinha muitas dificuldades de construção e não acertava o passe final. O jogo ficou truncado, Romulo e Léo Matos receberam cartão amarelo.

Aos 27 minutos, outro erro da defesa vascaína, Hernan puxou contra-ataque e tocou para Alesson, o atacante livre de marcação chutou, a bola saiu com perigo à esquerda de Vanderlei. Aos 43 minutos, Castán sentiu a coxa esquerda e saiu do jogo para a entrada de Ernando.

Nos acréscimos, aos 46 minutos, Juninho faz boa jogada pela esquerda, toca para Léo Jabá, que usa sua experiência e chuta cruzado, mesmo sem ângulo, a bola saiu desviada no pé do zagueiro adversário, encobriu o goleiro e entrou no cantinho do gol, Vasco 1 a 0.

No segundo tempo

Na segunda etapa, as equipes voltaram com a mesma postura, o Vila voltou mais ofensivo e com uma alteração. Aos 7 minutos, o time goiano puxou um bom contra-ataque, mas não acertou a finalização.

Aos 15 minutos, três alterações na equipe adversária, nenhuma no Vasco. Leandro Castan, no banco, recebeu cartão amarelo. Aos 21 minutos, em cobrança de escanteio, Rafael Donato ganhou de Vanderlei e cabeceou a bola, que raspou o travessão e saiu.

O técnico Lisca fez duas alterações aos 22 minutos, saindo Juninho e Sarrafiore, para as entradas de Andrey e MT. Aos 28 minutos, Léo Jabá teve a oportunidade de marcar o seu segundo gol no jogo, mas tirou demais do goleiro e a bola saiu.

Aos 34 minutos Lisca fez as últimas alterações, Marquinhos Gabriel e Figueiredo saíram do jogo, entraram Cayo Tenório e Galarza. Aos 41 minutos, mais uma cabeçada de Rafael Donato, que subiu sozinho e mandou a bola para fora.

O final do jogo foi dramático para o Cruzmaltino, o Vila cresceu na partida, a defesa errava muito e permitia os ataques do adversário, aos 47 minutos, Clayton recebeu de costas, girou e bateu, a bola passou rente a trave. Apesar do sufoco, o Vasco venceu mais um jogo e chegou aos 28 pontos na competição.

Análise

Valeu pelos três pontos, o que significa muito na luta vascaína nesta temporada. O time não bem e foi sufocado nos minutos finais do jogo, com direito a bronca contundente de Vanderlei em todo o sistema defensivo após finalização perigosa do Vila Nova.

O time se mostrou improdutivo mas dá pra ponderar a ausência de Cano no ataque, assim como a saída de Leandro Castan, que se machucou e deu lugar a Ernando na zaga. A escalação de Marquinhos Gabriel não convenceu, o time foi melhor sem ele em campo, e Juninho fez mais uma boa partida, cabendo destacar também o atacante Léo Jabá, que decidiu o jogo.

Que a entrada e possível permanência no G4 possam dar confiança ao time, mas não dá pra cravar evolução. Foram sérias dificuldades e muitos erros vistos hoje em São Januário, num jogo que, teoricamente, deveria ser menos sofrido, por ser em casa.

Melhores momentos

Gols e o principais lances da partida no vídeo do GE.

Fotos

Ficha técnica

Vasco 1 X 0 Vila Nova

Competição: Campeonato Brasileiro – 17ª rodada
Local: São Januário (RJ)
Horário: 21h30 (Brasília)
Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (MG)
Assistentes: Ricardo Junio de Souza (MG) e Yuri Elino Ferreira da Cruz (MG)
Cartões Amarelos: Romulo, Léo Matos, Leandro Castan e Marquinhos Gabriel (Vasco) / Alesson, Renan Mota, Xandão, Dudu, Rafael Donato, Lucas Mazetti e Kelvin (Vila Nova)
Gols: Léo Jabá 46’/1T

Vasco: Vanderlei, Léo Matos, Miranda, Leandro Castan (Ernando) e Zeca; Romulo, Juninho (Andrey), Sarrafiore (MT) e Marquinhos Gabriel (Cayo Tenório); Léo Jabá e Figueiredo (Matías). Técnico: Lisca.

Vila Nova: Georgemy, Lucas Mazetti, Renato, Xandão (Alan Grafite) e Willian Formiga; Rafael Donato, Dudu e Arthur Rezende (Cássio Gabriel); Renan Mota (Moacir), Alesson e Henan (Kelvin). Técnico: Higo Magalhães.

Próximo jogo

O Gigante da Colina enfrenta o Remo no Baenão na próxima sexta-feira (13), às 21h30min, pela 18ª rodada. O rival ocupa a 13ª colocação da tabela com 20 ponte e empatou com o Goiás nesta rodada, em 1×1, jogando fora de casa.

Leia mais sobreSérie BVila Nova
7 comentários
  • Marden Góes - 11 de agosto de 2021

    Concordo plenamente com você Luiz Fernando Rezende, sou torcedor do Vasco há mais de 50 anos e verdade seja dita, se você não viu um time pior do que esse, imagine eu que sou mais velho e só vi timaço do Vasco, Flamengo, Fluminense, Botafogo, o Bangu da época de Castor de Andrade que era um bom time não o de hoje, enfim times do Rio e São Paulo eram fregueses do nosso Gigante da Colina. Mas, hoje nosso time infelizmente só tem jogador de péssima categoria, com raríssimas exceções. Gostaria de saber quem é o padrinho desse CHUPA SANGUE FILHO DA PUTA DO MARQUINHOS GABRIEL, QUE NÃO FAZ NADA EM CAMPO, UM JOGADOR A MENOS DO VASCO, O CARA NÃO JOGA PORRA NENHUMA E É MANTIDO COMO TITULAR, ASSIM NÃO DÁ É UMA PUTA DE UMA SACANAGEM COM NÓS TORCEDORES, TER QUE ASSISTIR ESSE MERDA DORMINDOEM CAMPO.PERGUNTEI HOJE AO ESPELHO MÁGICO, ESPELHO MÁGICO ESPELHO MEU EXISTE NO MUNDO UM TIME DE FUTEBOL PIOR DO QUE O MEU…O ESPELHO RESPONDEU NÃO….NÃO…NÃO…NÃO…NÃO…NÃO…NÃO…NÃO NÃOOOOOOOO….. E QUEBROU.SE TODO DE REVOLTA, NEM O ESPELHO RESISTIU! É isso aí, Marden Góes. ETERNAMENTE VASCO!

    Responder
  • LUIZ FERNANDO REZENDE DE SOUZA - 11 de agosto de 2021

    Quem viu os elencos do Vasco de 2000 pra trás e vê de 2001 em diante, salvo 2011 e 2012, senta e chora.

    Péssimos elencos, péssimos treinadores e diretorias (Eurico a Salgado) FDP!

    Lisca parece que entente de futebol, mas tem muito a aprender e deixar o Gabriel Pec no banco é ter um visão míope do futebol

    Responder
  • LUIZ FELIPE FERNANDES - 11 de agosto de 2021

    Marquinhos Gabriel não dá. Junto com o Sarrafiori, é coisa de Prof. Pardal. MT e Galarza deixaram o futebol no sub-20. O adversário mais difícil do Vasco é o próprio Vasco.

    Responder
  • Fauazi Ribeiro cherene - 11 de agosto de 2021

    MT não ganhou uma jogada e sarrafiole foi muito mal.Pec tem vaga nesse time.

    Responder
  • Braulio de Assis Leal - 11 de agosto de 2021

    O Vasco com um time tecnicamente superior ao Vila Nova, tomou sufoco pelo simples fato do adversário correr e os vascaínos andarem em campo. Perdem todas as divididas e a segunda bola.

    Responder
  • Samuel Bernardes - 10 de agosto de 2021

    Até consigo entender e parabenizo o Lisca por tentar fazer mudança, mas montar o time com Juninho, Romulo, Marquinhos Gabriel, Sarragiore e ainda nosso camisa 15 todos juntos é bater cabeça no meio campo e é pedir pro time n ter velocidade ! Ficou nítido q não funcionou !! Tinha que ter Pec e jogadores mais velozes! Hoje só Wanderley , Jaba, Leo Matos, Zeca ejuninho jogaram e o Gakarza q entra com vontade pelo menos! O resto estava andando! Rômulo não aguenta nem voltar , Marquinhos andando em campo e n marca eainda bate recordes de faltasbobas , Sarrafiore embola toda hora, MT não ganha uma … Ernanfo é um Deus nos acuda !! Enfim !! Prescisa mudar ainda mais esse time !! Hoje assistir um jogo q ganhamos na sorte!

    Responder
  • Wanderley - 10 de agosto de 2021

    Esse time do Vasco não tá com nada muito ruim

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de janeiro de 2022
Nenê retoma a 10 após 4 anos; relembre quem usou o número após a saída do meia

Entre 2018 e 2021, camisa 10 do Vasco da Gama foi utilizada por Evander, Bruno César, Benítez e Morato; destes, apenas o argentino fez jus.

Zé Ricardo ganha protagonismo no futebol do Vasco, que segue busca por um camisa 9

Treinador participa ativamente das decisões do departamento de futebol do Vasco da Gama, que ainda tenta a contratação de um centroavante.

Renovação de contrato de Miranda com o Vasco é considerada bem encaminhada

Zagueiro está suspenso por doping desde setembro e vem treinando em separado; Vasco da Gama vê no atleta um ”ativo” e deseja renovar.

Figueiredo lamenta eliminação na Copinha e revela: ‘Meu último jogo no Sub-20’

Centroavante, que será integrado aos profissionais, agradeceu ao elenco e à comissão técnica do Vasco da Gama na Copinha pela campanha.

17 de janeiro de 2022
Lucão acerta com o Bragantino; Vasco manterá parte dos direitos econômicos

Goleiro fecha por 5 anos com o time paulista; Vasco da Gama não deve receber nada pela transferência, mas manterá percentual econômico.

Caio Eduardo recebe proposta do NK Lokomotiva Zagreb, da Croácia

Jogador, que atua como volante e lateral-esquerdo, está afastado pelo Vasco da Gama devido a imbróglio por renovação contratual.

Assista aos melhores momentos de São Paulo 4 x 2 Vasco pelas oitavas da Copinha

O Vasco da Gama perdeu por 4×2 para o São Paulo nesta segunda (17) e foi eliminado da edição 2022 da Copinha.

Vasco perde por 4 x 2 para o São Paulo e se despede da Copinha

Mesmo com pressão no fim do jogo, o Vasco da Gama não conseguiu superar o São Paulo e está eliminado da Copinha 2022.

Vasco teria iniciado conversas pelo centroavante Getúlio, ex-Avaí

Pertencente ao Tombense, jogador atuou as duas últimas temporadas pelo Avaí, clube que o revelou; Vasco da Gama quer um centroavante.

Orçamento do Vasco para 2022 é aprovado pelo Conselho Deliberativo

Aprovação teve 113 votos favoráveis e 6 contrários; superávit do Vasco da Gama passou de R$ 33,8 milhões para R$ 57 milhões.

Veja mais notícias