Kosloski analisa atuação contra o Coritiba e diz que Vasco precisa melhorar a intensidade

Auxiliar-técnico Thiago Kosloski, que comandou o Vasco da Gama na derrota para o Coritiba, ressalta importância de converter em gols as chances criadas.

Talles Magno em jogo contra o Coritiba
Talles Magno em jogo contra o Coritiba (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Em entrevista coletiva à Vasco TV após a derrota por 1×0 para o Coritiba neste domingo (20), no Couto Pereira, na capital paranaense, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o auxiliar Thiago Kosloski, que comandou o Vasco da Gama na partida devido ao técnico Ramon Menezes estar cumprindo isolamento por ter sido infectado pela Covid-19, analisou a atuação cruzmaltina.

Segundo ele, apesar das críticas em relação à atuação do Gigante da Colina, o desempenho cruzmaltino no jogo foi satisfatório, especialmente no segundo tempo.

– Não acho que o primeiro tempo foi tão ruim. Sabíamos que o Coritiba viria para cima, em casa, com intensidade. Mas crescemos no segundo tempo, tivemos o controle do jogo e perdemos as oportunidades. Se você tem a chance, precisa matar, converter em gols. O Ramon sempre prega isso. Nos últimos jogos, o Vasco vinha sendo mortal. Não finalizava muito, mas vinha conseguindo converter. Contra o Botafogo, não podemos errar. Se tiver a chance, temos que matar para passar de fase – disse o auxiliar.

Em relação às ”lições” tiradas da partida deste domingo, que foi a sua primeira à frente da equipe, Kosloski ressaltou o ”espírito de grupo” e a necessidade de melhorar a intensidade do time.

– Levo o espírito de grupo, especialmente no segundo tempo, quando fizemos uma boa partida. Lógico que ainda temos que melhorar a intensidade. Mas isso eu acho que vai muito do desgaste, estamos jogando quarta e domingo. Fizemos um bom segundo tempo. O Talles criou, nossa defesa vinha bem. Ninguém gosta de perder, mas temos que levantar a cabeça e ir para cima do Botafogo em São Januário – complementou.

Como dito por Thiago Kosloski, o próximo compromisso do Vasco é contra o Botafogo, em São Januário, na quarta-feira (23), às 21h30min. Trata-se do jogo de volta da 4ª fase da Copa do Brasil, que garante a classificação às oitavas de final da competição.

No primeiro confronto, vitória do Botafogo por 1×0. Sendo assim, para o Cruzmaltino conseguir se classificar no tempo normal, é necessário derrotar o Alvinegro por dois ou mais gols de diferença. Caso vença por apenas um gol, a vaga será decidida nos pênaltis.

5 comentários
  • João Carlos Penna - 21 de setembro de 2020

    O Vasco só é grande hj no nome. Pq digo isso? Para a grande parte de sua torcida comece a pensar o Cruzmaltino. Temos hj um time q está fazendo tudo oq pode. Pikachu, Felipe Bastos entre outros, vem fazendo jogos q dá para se fazer. Todos tem dificuldades e as do Vasco são grandes. Não podemos cobrar agora, sim incentivar. A atual diretoria tem feito oq pode. Estamos em 5° lugar com um time sem grandes nomes. Vamos com calma vascaínos, o Vasco é um gigante adormecido, mas q vai acordar, só depende de nós.

    Responder
  • Bruno José escorcio Portela - 21 de setembro de 2020

    Futebol coisa mais simples que tem não precisa ter faculdade pra saber que
    Bruno Cesar , Felipe Basto não dá mais cara

    Responder
    • markin - 21 de setembro de 2020

      Coloca aina lista Pikachu e Ribamar

  • Amdre luiz mendrs - 20 de setembro de 2020

    Boa. Noite os tecnico tem q ter personalidade pra fala ojogpu mal. Q. Não pode perde. Contodo resppeito ao Coritiba. E o utimo. Colocado. Os jogadores parece q jogam. Em um time pequenoEles não tem noção Q AQUI E VASCO. Jogam sem alegria se comporta como. Jogadores amadores tecnico sendo cobaia vasco não e time de técnico Ramom vasco clube de técnico campeão Antonio lopes. Não pode ser entregue não de qualquer um tecnico com todo respeito ao Ramom. Precisamos de técnico de verdade somos grande merecemos isso

    Responder
  • Denis - 20 de setembro de 2020

    Tem que tirar esse Pikachu,Bruno César,Filipe Bastos,essas porras são reservas tem que tentar vender eles logo só tão comendo o dinheiro do vasco

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
11 de maio de 2021
Marcelo Cabo mira título da Taça Rio e destaca: ‘É importante’

Em discurso no vestiário após a classificação, o técnico do Vasco da Gama, Marcelo Cabo, destacou a importância de vencer a Taça Rio.

Veja com quantos sócios o Vasco fechou abril de 2021

Pela primeira vez em muito tempo, o Vasco da Gama teve aumento na quantidade de sócios torcedores, mas reduziu no número geral.

Saudades de um ídolo! Vasco homenageia Ademir Menezes, que faleceu há 25 anos

O Vasco da Gama lembrou o falecimento do seu ex-jogador, Ademir Menezes, que está completando 25 anos nesta terça-feira.

Justiça determina que Vasco reintegre os 186 funcionários demitidos; prazo é de 5 dias

O juiz Robert de Assunção Aguiar determinou que o Vasco da Gama reintegre os 186 funcionários demitidos no início da atual gestão.

Ygor Catatau avalia passagem pelo Vasco: ‘Muito importante’

Em entrevista, o atacante do Vitória, Ygor Catatau, falou sobre sua passagem pelo Vasco da Gama na temporada 2020.

Globo pede, e Série B terá jogos às quartas e domingos com transmissões nacionais

Devido à presença do Vasco da Gama e de outros clubes grandes, Série B de 2021 terá jogos também às quartas e domingos além dos dias usuais.

Impasse com certidões negativas impede o Vasco de receber R$ 6 milhões da Caixa

Valor é referente a 2017, último ano de patrocínio da Caixa ao Vasco da Gama, mas pendências com certidões negativas impedem o recebimento.

Acordo com o Fluminense garantiu 30% dos direitos de Miguel ao Vasco; pai nega

O Vasco da Gama possui 30% dos direitos econômicos do atacante Miguel, do Fluminense, mas seu pai nega na Justiça.

Futebol 7: Vasco anuncia contratação de Leandro Aguiar

O ala Leandro Aguiar, que tem passagens pelo Botafogo e Portuguesa, foi contratado pelo Vasco da Gama para defender a equipe de Futebol 7.

Pagamento de quase R$ 4 milhões permitiu ao Vasco registrar reforços contratados

Caso não tivesse quitado uma dívida de R$ 3,7 milhões que tinha com credores, o Vasco da Gama ficaria impedindo de registrar novos atletas.

Veja mais notícias