Diogo Siston foi promessa no Vasco e jogou com Romário e Edmundo

Campeão pelo Sub-20 do Vasco da Gama, Diogo Siston, já foi promessa do Clube e jogou ao lado de Edmundo e Romário.

Diogo Siston e Romário quando jogavam pelo Vasco em 2000
Diogo Siston e Romário quando jogavam pelo Vasco em 2000 (Foto: Reprodução/ Instagram)

Enquanto o técnico Marcelo Cabo não faz sua estreia, cabe a Diogo Siston a missão de conduzir o Vasco no início do Campeonato Carioca. Campeão da Copa do Brasil, da Supercopa do Brasil e do Campeonato Estadual com o sub-20 na última temporada, o treinador de 40 anos já foi uma promessa do clube e atuou ao lado de ninguém menos do que Romário e Edmundo.

Revelado nas categorias de base cruz-maltina, Siston subiu ao profissional justamente naquele “esquadrão” de 2000, campeão brasileiro e da Copa Mercosul. Meia canhoto e habilidoso, gerou expectativa em São Januário, mas a forte concorrência num time recheado de estrelas fez com que ele tivesse poucas oportunidades e não vingasse em seu clube do coração.

Na sequência, acabou se transferindo para Israel e, na sequência, atuou por três temporadas em Portugal e também na Grécia. Voltou em 2011 para jogar por Macaé e depois Olaria e, em 2013, atuou por seu último clube, o Rio Claro (SP).

Na última quinta-feira (4), comandando uma equipe apenas com jogadores sub-20, Siston estreou no Campeonato Carioca com uma derrota por 1 a 0 para a Portuguesa, em São Januário. Conhecedor do clube, ele disse entender as cobranças e as angústias do torcedor após o quarto rebaixamento à Série B do Brasileiro.

“Vim para o Vasco com 9 anos, no futsal, e eu tinha outras opções de clubes. Vim para o Vasco por escolha, por ser Vasco. Entendo o lado da torcida. A torcida acaba sendo impaciente porque ela quer voltar a ver o verdadeiro do Vasco. E eu tenho certeza de que essa diretoria vai fazer um resgate com o apoio da torcida. Eu encaro a crítica da torcida como algo para melhorar o meu trabalho. Vivi isso como jogador, eu era uma esperança, e a torcida esperava mais de mim. Entendo isso perfeitamente, é algo que vem para somar ao meu trabalho”, avaliou após o jogo.

A relação intensa com o Vasco, inclusive, fez com que sua comemoração no título da Supercopa do Brasil fosse tímida. Isso porque, horas antes, o profissional havia empatado em 0 a 0 com o Corinthians e sacramentava seu rebaixamento virtual.

“Fomos campeões da Supercopa do Brasil sub-20, houve um momento de euforia, a gente sabe o quanto é difícil ser campeão, mas logo depois me caiu a ficha porque também senti o que aconteceu com o clube no domingo”, lembrou.

Hoje (6), Siston novamente estará à beira do comandando o Vasco, outra vez com uma equipe sub-20, no duelo com o Volta Redonda, na “Cidade do Aço”, às 21h05, em jogo válido pela segunda rodada da Taça Guanabara.

Fonte: Uol

Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
27 de novembro de 2021
Vasco pode ter mudanças no meio-campo para enfrentar o Londrina; veja quais

Fábio Cortez deve mudar todo o setor de meio-campo do Vasco da Gama para o jogo contra o Londrina neste domingo.

Técnico do Londrina projeta jogo difícil contra o Vasco e reforça clima de decisão

O técnico Márcio Fernandes busca a permanência do Londrina na Série B e conta com o resultado positivo contra o Vasco da Gama.

Caio Lopes deve ser titular contra o Londrina

Caio Lopes deve ser titular no Vasco da Gama contra o Londrina no próximo domingo, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Luiz Mello se manifesta após reuniões com Camila Farani e Carol Paiffer

Luiz Mello, CEO do Vasco da Gama, afirmou que as conversas com as empreendedoras Camila Farani e Carol Paiffer foram boas.

Vasco vence o Boavista e está na final da Taça Rio Sub-15

O Sub-15 do Vasco da Gama venceu o Boavista por 2×1 neste sábado e garantiu a vaga para as finais da Taça Rio.

Jhon Sánchez deve ser titular contra o Londrina

Jhon Sánchez, atacante do Vasco da Gama, deve ser titular no jogo contra o Londrina no próximo domingo, pela Série B.

Enquanto a torcida sonha, Salgado, sequer, comparece à reunião com Carol Paiffer

Jorge Salgado não compareceu à reunião com Carol Paiffer, para entender como ele pretende ajudar o Vasco da Gama.

Ricardo Gomes revela ‘boas chances’ de acerto com o Vasco

Ricardo Gomes se reunirá novamente com o Vasco da Gama em breve, quando deve selar o acordo para ser o CEO de futebol.

Vasco encerra temporada neste domingo com o pior turno de sua história na Série B

Com uma campanha frustrante, o Vasco da Gama somou 21 pontos e é apenas o 16º no returno da Série B do Brasileiro.

Goleiro Júlio César teria sido oferecido ao Vasco

Livre no mercado, o goleiro Júlio César, ex-Botafogo, Fluminense e Grêmio, teria sido oferecido para reforçar o Vasco da Gama.

Veja mais notícias