Cordella se manifesta sobre se colocar como dirigente do Vasco: ‘Leven venceu’

O italiano Fabio Cordella, integrante da chapa Somamos, disse que Leven Siano foi eleito presidente do Vasco da Gama.

Por Willams Meneses
-  21 de novembro de 2020 às 11:55-  Atualizada em 22 de novembro de 2020 às 12:18
Fabio Cordella e Leven Saino (Foto: Vasco Notícias)

Está repercutindo nas últimas horas um detalhe presente no perfil de Fabio Cordella no Instagram. Lá consta, na parte de biografia, que italiano será o diretor esportivo do Vasco da Gama a partir de 2021, mesmo com a eleição indefinida.

A última decisão da Justiça foi benéfica para Leven Siano, da chapa Somamos, o vencedor na votação do dia 7, mas espera-se outros capítulos sobre a eleição, onde ainda tem Jorge Salgado, da Mais Vasco, que venceu no pleito do dia 14.

Por esse motivo, ainda não é possível cravar quem será o presidente do Vasco a partir de 2021. Sabendo de toda arepercussão, Fabio Cordella se manifestou através das redes sociais dizendo que Leven Siano é o presidente eleito, sendo que venceu democraticamente, e que ele será o diretor esportivo do Vasco.

– Sempre lutei contra as injustiças, sempre lutei pela democracia. Leven Siano é o presidente eleito nas urnas democraticamente. Fui apresentado por ele como diretor de futebol no caso de sua vitória… Leven venceu democraticamente e a partir de janeiro de 2021 sou o diretor!

Fabio Cordella integra o Somamos desde o começo do ano, sendo um dos principais apoiadores de Leven Siano. O dirigente italiano, que também é empresário no ramo de vinícola, pretende trazer jogadores de renome para o Vasco, com destaque para o atacante Mario Balotelli, seu compatriota.