Cano perde o 2º pênalti decisivo pelo Vasco; relembre o 1º

Germán Cano perdeu pênalti contra o Guarani que pode decretar permanência do Vasco da Gama na Série B; em fevereiro, erro foi contra o Inter.

Cano perde pênalti contra o Brasil de Pelotas
Cano perde pênalti contra o Brasil de Pelotas (Foto: André Durão)

O centroavante Germán Cano perdeu, na derrota do Vasco da Gama por 1×0 para o Guarani, nesta quinta-feira (04), no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, seu segundo pênalti com caráter decisivo para o Gigante da Colina.

O primeiro foi também este ano, em fevereiro, contra o Internacional, em São Januário, no revés cruzmaltino por 2×0 pelo Campeonato Brasileiro 2020. Na ocasião, quando Cano desperdiçou a penalidade, a partida ainda estava 0x0 e o ato falho do jogador argentino foi crucial para o resultado, que praticamente decretou o rebaixamento da equipe à Série B àquela altura da competição.

Agora, contra o Guarani, em situação similar à do jogo contra o Inter (placar ainda 0x0), o pênalti perdido por Cano também atrapalha bastante os planos cruzmaltinos, desta vez no sentido ”contrário”, isto é, de retornar à elite do futebol nacional.

Assista

Próximo jogo

Ainda com chances remotas de retorno à Série A, o Vasco volta a campo no próximo domingo (07), contra o Botafogo. A partida acontece às 16h, em São Januário. Neste momento, o Cruzmaltino ocupa o 8º lugar na Segundona, com 47 pontos.

Leia mais sobreGermán Cano
3 comentários
  • Romulo Cabral Silva - 5 de novembro de 2021

    Ontem o Vasco tinha a opção do Nenê. Infelizmente German Cano bate os Pênaltis de cabeça baixa.

    Responder
  • Marcos raupp - 5 de novembro de 2021

    Ele perdeu também contra o Brasil de Pelotas no empate de 1 x 1…. infelizmente ele abaixa a cabeça e chuta no mesmo canto…não tem calma….

    Responder
  • Edivaldo Galvão de Queiroz - 5 de novembro de 2021

    Cano tá mais preocupado é levantar bandeira LGBT e lacrar na internet

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
30 de novembro de 2021
ArquiVasco se posiciona contra movimento do Vasco de se tornar clube-empresa

Grupo político emitiu comunicado fazendo fortes críticas a intenção do Vasco da Gama em transformar seu futebol em clube-empresa.

Roberto Monteiro critica pedido de constituição de clube-empresa

Ex-presidente do CD do Vasco da Gama, Roberto Monteiro disparou contra a possibilidade do futebol do Clube ser gerido por uma empresa.

Decisões centralizadas de Salgado provocam desconforto em parte de base aliada

Postura do presidente Jorge Salgado na condução do futebol do Vasco da Gama vem sendo criticada até por membros da base aliada.

Ex-presidente do Vasco, Campello diz que não vê nenhum nome capaz de unir o Clube

Em entrevista ao Blog do jornalista Ricardo Gonzales, Alexandre Campello se mostrou pessimista quanto ao futuro do Vasco da Gama.

Oposição do Vasco se mobiliza pela saída de Jorge Salgado

Número necessário de assinaturas para convocação de Assembleia Geral Extraordinária vem aumentando nos corredores de São Januário.

‘Juntos vamos conduzir o Vasco ao seu devido lugar’, afirma Nenê

Um dos pouquíssimos destaques do Vasco da Gama em 2021, meia diz ainda que ”vestir a camisa do Vasco da Gama é uma honra”.

‘O Vasco não precisa ter seu futebol vendido’, critica Leven sobre possível SAF

Via redes sociais, Leven Siano se manifestou contrariamente à possível transformação do futebol do Vasco da Gama em clube-empresa.

29 de novembro de 2021
Em vídeo com torcedor, Salgado revela que Zé Ricardo e Ricardo Gomes devem chegar

Respondendo informalmente a um torcedor do Vasco da Gama, presidente Jorge Salgado confirma negociações por Zé Ricardo e Ricardo Gomes.

Marquinhos Gabriel lamenta temporada mas afirma que Vasco ‘voltará ao seu lugar’

Meia diz ainda que faltaram detalhes ao Vasco da Gama e que ”carregar a Cruz de Malta é a principal motivação para quem está no Clube”.

Salgado e outros dirigentes comentam possível constituição da SAF no Vasco; assista

Falaram sobre o pedido para que o futebol do Vasco da Gama vire empresa o 2º VP geral, Duque Estrada, e o presidente do CD, Carlos Fonseca.

Veja mais notícias