Campeonato Brasileiro - 33ª Rodada Brinco de Ouro
Guarani 1
X
0 Vasco

Vasco perde para o Guarani e segue firme no plano salgado de subir em 2022

O Vasco da Gama perdeu para o Guarani por 1x0, gol sofrido após Germán Cano perder mais um pênalti decisivo no Clube.

Bruno Gomes durante o jogo contra o Guarani
Bruno Gomes durante o jogo contra o Guarani (Rafael Ribeiro/Vasco)

O drama do Vasco aumenta a cada rodada na Série B. E com requintes de crueldade. O clube carioca teve a pênalti a favor no fim, mas Cano perdeu. No minuto seguinte, para piorar a situação, o Gigante da Colina levou gol. O Guarani venceu o Vasco por 1 a 0, nesta quinta-feira, em Campinas, pela 33ª rodada.

O Vasco amarga uma sequência de três jogos sem ganhar e vê a distância para o G4 ficar em sete pontos. Uma situação cada vez mais difícil no sonho de buscar o acesso. O Gigante da Colina está na oitava colocação, com 47 pontos. O Guarani, por sua vez, cola no G4. O Bugre pulou para 52 pontos, a dois do Goiás, quarto colocado.

Na próxima rodada, o Vasco tem o clássico com o Botafogo pela frente, neste domingo, às 16h (horário de Brasília), em São Januário. Já o Guarani visita o Vila Nova, domingo, às 18h15.

O jogo começou quente. Rodrigo Andrade deu um carrinho e acertou Castán no primeiro minuto. O volante recebeu apenas amarelo. O Guarani quase fez um golaço logo no começo. Aos quatro minutos, Júnior Todinho, após cruzamento, viu a bola se oferecer e emendou de bicicleta. Lucão salvou o Vasco.

O clube carioca, com mais posse de bola, encontrou dificuldade para criar. O Guarani bloqueava bem as ações do rival e buscava o contra-ataque, mas sem muito sucesso. O jogo, então, ficou morno, sem muita emoção e só esquentou na reta final do primeiro tempo.

Aos 45 minutos, Riquelme avançou, invadiu a área e acertou a trave. Na sequência, Andrey arriscou de fora. A bola desviou e por pouco não entrou. De qualquer maneira, pouca emoção para um jogo fundamental para as duas equipes.

Riquelme salvou o Vasco no começo do segundo tempo. Ele travou a finalização de Bruno Sávio, que ia ficar livre contra Lucão. Depois foi a vez de o clube carioca contar com o travessão no chute de Rodrigo Andrade. Na sequência, o goleiro do Gigante da Colina abafou Bruno Sávio.

Fernando Diniz fez a primeira mudança. Ele colocou Jhon Sánchez no lugar de Andrey. O jogo ficou mais aberto. Cano finalmente conseguiu ser acionado. Ele ganhou no corpo, mas foi abafado pelo goleiro Rafael Martins.

Diniz tentou mais duas cartadas. Léo Matos e Gabriel Pec entraram. Saíram Zeca e Morato. Lucão voltou a salvar o Vasco, em chute de Pablo, que entrou no lugar de Júlio César.

Aos 38, em disputa com Cano na área, Bidu colocou a mão na bola dentro da área. O VAR, comandado por Jean Pierre Goncalves Lima (RS), recomendou a revisão. Leandro Pedro Vuaden (RS) marcou pênalti. Cano, entretanto, perdeu. Rafael Martins defendeu com o pé. Para piorar, no minuto seguinte, o Guarani encaixou um contra-ataque e Pablo marcou: 1 a 0, aos 43 minutos.

O Vasco se complicou de vez na Série B. O Guarani cola no G4.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 1X0 VASCO

Local: Brinco de Ouro da Princesa, Campinas (SP)
Data: 04/11/2021, quinta-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)
VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Cartões amarelos: Rodrigo Andrade e Índio (Guarani) e Riquelme e Jhon Sánchez (Vasco)

Gol:
Guarani: Pablo, aos 43′ do 2ºT
Vasco: –

GUARANI: Rafael Martins; Diogo Mateus (Mateus Ludke), Thales, Ronaldo Alves e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade (Índio) e Régis (Andrigo); Júlio César (Pablo), Bruno Sávio e Júnior Todinho (Allan Victor)
Técnico: Daniel Cerqueira

VASCO: Lucão; Zeca (Léo Matos), Ricardo Graça (Daniel Amorim), Leandro Castán e Riquelme (MT); Andrey (Jhon Sánchez), Bruno Gomes, Marquinhos Gabriel e Nenê; Morato (Gabriel Pec) e Cano
Técnico: Fernando Diniz

Fonte: Gazeta Esportiva

Leia mais sobreGuarani
11 comentários
  • Fatima - 5 de novembro de 2021

    Brasileirão 2020: Cano perde pênalti e o Vasco é rebaixado; Brasileirão 2021(Série B): Cano perde pênalti e o Vasco não sobe. NÃO VAI SUBIR NINGUÉM!”, brincou um torcedor do Fluminense com uma imagem do filme ‘Tropa de Elite’.

    É isso que merecemos sr presidente????

    Responder
  • Tó Zé - 5 de novembro de 2021

    Time de frouxos, técnico burro e administração mulambos,vai ficar mais um ano na série B,para os dirigentes é bom, vão aproveitar para vender os meninos da base a preço de bijuteria, aliás a situação está tão ruim no Vasco, que já contaminaram a base,e o futebol feminino, estão apanhando de todos.
    Sofre torcedor do Vasco,viver do passado só interessa a museu.

    Responder
  • Aurelio Belido - 5 de novembro de 2021

    Um time de várzea joga melhor q esses pernas de pau.
    Time lixo, de maricas, de pernas de pau.
    TEM Q TROCAR TODA A MERDA DESSE TIME, DESDE A DIREÇÃO.
    Esses malandros não podem eskecer q a série C tah batendo na porta.

    Responder
  • Vicente Otávio da Fonseca - 5 de novembro de 2021

    Time lento, com peguiça de jogar bola ou, por deficiência mesmo. Domina o jogo, 63% de posse de bola no primeiro tempo, mas sem nenhuma objetividade. A defesa é um avenida. Esta de sair jogando, apesar de ser uma excelente técnica, não é para o Vasco, que não jogadores na defesa com eficiência para este fim. O Cano não recebeu uma só bola limpa durante todo o jogo e, desgraçadamente perdeu o pênalti. Para que o Vasco está amaldiçoado pois se contarmos os jogos “ganhos” que entregou o empate e aqueles ganhos que perdeu, creio que somamos 12 pontos que deixamos de ganhar. O técnico não tem culpa, pois faz o que pode. A diretoria sim, este tal passarinho e, com exceção do Roberto Dinamite, já passamos de 20 anos sem um verdadeiro presidente, que pudesse honrar o último grande: o Calçada. Parece-me que a maldição do Vasco está escondida nas salas do clube: este conjunto miserável de “reis, nobres e mais um monte de coisa” que só serve para mudar eleições ganhas, certamente ganhar dinheiro e acabar com o que foi um dos maiores times de futebol do Brasil. Só para lembrar: Ademir Menezes, Roberto Dinamite, Edmundo, Bebeto, Romário e tantos outros que ainda moram em nossos corações. Mais um ano na série B, não há mais esperança!

    Responder
  • RODRIGO NUNES PORTO - 5 de novembro de 2021

    Ele elenco é o mais comédia que o Vasco teve, só fizeram lambança!! Sem mais comentários!!!!

    Responder
  • Márcio Mendes Pacheco - 5 de novembro de 2021

    Triênio de Série B.
    Vasco só vai subir em 2024, quando Múmia Salgado já estiver fora. Gestão lixo .

    Responder
  • Tiago Leite Quirino - 4 de novembro de 2021

    Perdi a Esperança no Time Vasco da Gama.o Vasco vem só fazendo Vergonha para Nós torcedor Um Time que não pode Confiar mais Saudades do Vasco Romário Edmundo

    Responder
  • santos - 4 de novembro de 2021

    Não pela história,mas pelo futebol o Vasco está onde merece…Tem time da série b que é bem mais consistente .

    Responder
    • Santos - 4 de novembro de 2021

      Vai ser difícil de subir, deve ter vários já de malas prontas pensando em algo melhor … O problema na maioria das vezes não é o jogador pois exemplos dos que saíram do clube jogaram muito melhor como: Welington,Kayser,Mateus vital e entre outros

  • junin - 4 de novembro de 2021

    Vão tomar no rabo , bando de lixos dos caralho. essa bosta tem mais q apodrecer na segundona.

    Responder
  • Vlademir Aluísio Costa - 4 de novembro de 2021

    Porque ninguém contestou a saída de mais de um metro do goleiro??.Po que time medíocre que não brigam nem pra ter sucesso?
    Foram da metade do 1° tempo. 69 passes antes do meio campo, 36 passes em torno da linha de ataque próximo ao meio campo e apenas 11 toques no ataque.Que treinador em sã consciência não enxerga essa incompetência? Não pode subir mesmo..pra passar vergonha basta a série B.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
30 de novembro de 2021
ArquiVasco se posiciona contra movimento do Vasco de se tornar clube-empresa

Grupo político emitiu comunicado fazendo fortes críticas a intenção do Vasco da Gama em transformar seu futebol em clube-empresa.

Roberto Monteiro critica pedido de constituição de clube-empresa

Ex-presidente do CD do Vasco da Gama, Roberto Monteiro disparou contra a possibilidade do futebol do Clube ser gerido por uma empresa.

Decisões centralizadas de Salgado provocam desconforto em parte de base aliada

Postura do presidente Jorge Salgado na condução do futebol do Vasco da Gama vem sendo criticada até por membros da base aliada.

Ex-presidente do Vasco, Campello diz que não vê nenhum nome capaz de unir o Clube

Em entrevista ao Blog do jornalista Ricardo Gonzales, Alexandre Campello se mostrou pessimista quanto ao futuro do Vasco da Gama.

Oposição do Vasco se mobiliza pela saída de Jorge Salgado

Número necessário de assinaturas para convocação de Assembleia Geral Extraordinária vem aumentando nos corredores de São Januário.

‘Juntos vamos conduzir o Vasco ao seu devido lugar’, afirma Nenê

Um dos pouquíssimos destaques do Vasco da Gama em 2021, meia diz ainda que ”vestir a camisa do Vasco da Gama é uma honra”.

‘O Vasco não precisa ter seu futebol vendido’, critica Leven sobre possível SAF

Via redes sociais, Leven Siano se manifestou contrariamente à possível transformação do futebol do Vasco da Gama em clube-empresa.

29 de novembro de 2021
Em vídeo com torcedor, Salgado revela que Zé Ricardo e Ricardo Gomes devem chegar

Respondendo informalmente a um torcedor do Vasco da Gama, presidente Jorge Salgado confirma negociações por Zé Ricardo e Ricardo Gomes.

Marquinhos Gabriel lamenta temporada mas afirma que Vasco ‘voltará ao seu lugar’

Meia diz ainda que faltaram detalhes ao Vasco da Gama e que ”carregar a Cruz de Malta é a principal motivação para quem está no Clube”.

Salgado e outros dirigentes comentam possível constituição da SAF no Vasco; assista

Falaram sobre o pedido para que o futebol do Vasco da Gama vire empresa o 2º VP geral, Duque Estrada, e o presidente do CD, Carlos Fonseca.

Veja mais notícias