Benítez revive parceria de sucesso com Cano e vira reforço na luta contra queda

Martín Benítez tem participação em oito gols de Germán Cano e vira peça fundamental na luta do Vasco da Gama contra a queda.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  25 de janeiro de 2021 às 08:33-  Atualizada em 25 de janeiro de 2021 às 08:33
Cano e Benítez durante o jogo contra o Atlético-MG (Foto: Marcelo Theobald/Agência O Globo)

A linda jogada coletiva do Vasco que culminou no golaço de Cano, o terceiro na vitória sobre o Atlético-MG por 3 a 2, reviveu a parceria de sucesso do centroavante com Benítez. Depois de quatro meses, o meia conseguiu dar uma assistência direta ao compatriota.

Foi em 6 de setembro, em outra vitória em São Januário pelo Brasileirão, que o camisa 10 serviu Cano. O lance determinou o 1 a 0 sobre o Athlético-PR, o auge do trabalho do então técnico Ramon Menezes.

De lá para cá, após o bom começo no campeonato nacional, o Vasco oscilou, caiu na Copa do Brasil, mudou de técnico duas vezes, foi eliminado da Sul-Americana, passou a lutar contra o rebaixamento, os argentinos foram baixa por Covid-19, e Benítez chegou a sair. Só voltou com empréstimo renovado com o Independiente. Resultado: os dois estiveram em campos juntos em apenas 11 dos 30 jogos disputados pelo time.

No total, o meia soma três assistência ao amigo:

  • Contra o Macaé, no Carioca.
  • Contra o Athletico-PR, no Brasileiro.
  • Contra o Atlético-MG, no Brasileiro.

A parceria, porém, não se resume a isso. Benítez, conforme levantamento do Espião Estatístico, participou indiretamente de mais cinco gols do centroavante. Ou seja: dos 23 gols de Cano pelo Vasco, oito contaram com a participação de Benítez. A cada 2,8 gols do atacante, um tem participação do meia na jogada.

Cano, aliás, fez 23 dos 48 gols do Vasco na atual temporada. Uma incrível marca: foi responsável por 47,9% das bolas na rede da equipe.

Fonte: Globo Esporte