Alexandre Pássaro fala sobre ações judiciais de Neto Borges e Werley contra o Vasco

Diretor de futebol do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro falou sobre as ações judiciais de Neto Borges e Werley contra o Clube.

Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (20), o diretor de futebol do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro, falou sobre os jogadores que entraram na Justiça recentemente contra o Clube.

No início de maio, o lateral-esquerdo Neto Borges solicitou na Justiça a rescisão indireta com o Vasco, cobrando os salários atrasados e danos morais. A Justiça negou através de liminar, mas o jogador reuniu novas provas e aguarda nova decisão.

Outro jogador que entrou na Justiça contra o Gigante foi o zagueiro Werley, que cobra um valor de aproximadamente R$ 9 milhões relativos a salários e direito de imagem que estão em aberto desde dezembro de 2020.

Na sua fala sobre as ações judiciais, Pássaro lamentou que Neto Borges e Werley escolheram caminhos diferentes de Henrique e Marcos Júnior para rescindir com o Clube.

– E outros jogadores decidiram cobrar o contrato de outra forma. Neto Borges tinha o contrato até 31 de julho. É um jogador que a gente não usaria porque ele voltaria à Bélgica. Há uma questão de pagamento ou não que não compete a mim ou ao futebol. Porque quando o recurso é escasso é natural, não é nem louvável, mas é natural que se tenha de priorizar algumas coisa.

Em outro trecho, o diretor de futebol criticou a solicitação de indenização por danos morais, não dando mais detalhes sobre o assunto.

– Sobre danos morais, eu prefiro não falar. Jogadores têm de cobrar o contrato e nunca dano moral. Dano moral pelo que será? Tenho certeza que jogadores que ainda estão aqui, que têm contrato e que sempre honraram a camisa do Vasco em campo não reclamam absolutamente nada de dano moral.

Sobre a ação envolvendo o zagueiro Werley, Alexandre Pássaro confirmou a tentativa de acordo com o jogador, que foi sem sucesso por escolha do próprio zagueiro.

– Werley teve sim uma proposta de acordo, que eu mesmo fiz pessoalmente ao empresário há 15 dias. Ela consistia em somar todos os atrasados do Werley, as parcelas passadas, todo o contrato que tem, ainda faltam cerca de 20 meses de contrato. Pegar esse valor todo, esse valor cheio, e parcelar em mais tempo do que o contrato dele. Porque se fosse para pagar no mesmo tempo de contrato não faria sentido acordo.

Finalizando o assunto relativo aos processos de Neto Borges e Werley, Pássaro disse que entrar na Justiça é um direito do zagueiro, e que agora cabe o Clube esperar a definição judicial.

– Ontem recebi a notícia que ele resolveu entrar na Justiça, é um direito dele. Depois que negou a proposta, já virou uma conversa jurídica. Cabe a nós esperar. Já não estava vindo treinar desde a semana passada, a gente esperava que isso poderia acontecer. Tenho e tive a melhor das relações com o Werley, lamento que chegou a esse ponto, mas é um direito dele. Enquanto 10 ou 12 jogadores escolheram o caminho das portas abertas, outros dois escolheram outro caminho. Cada escolha que eles fazem é uma renúncia.

Após a queda do Vasco à Série B do Campeonato Brasileiro, a diretoria decidiu pelo afastamento dos laterais Neto Borges e Henrique, do meio-capista Lucas Santos, do meia Marcos Júnior e do zagueiro Werley. Tais jogadores estavam treinando em horários alternativos no CT do Almirante.

Dos jogadores afastados, Marcos Júnior rescindiu amigavelmente com o Vasco, assim como Henrique, que deve reforçar o Lyon, da França. O meio-campista Lucas Santos pode ser transferido para o Brasil-RS, mas as negociações não são simples.

7 comentários
  • Jorge C. - 21 de maio de 2021

    9 milhões em 5 meses…..é quase 2 milhões por mês…..esse cara tá achando que é quem???

    Responder
  • Claudio Freitas - 21 de maio de 2021

    O pior é que cada presidente do clube contrata mau tipo esse Neto Borges o que um jogador desse vem fazer no VASCÃO ele não acrescentou nada ainda que receber por danos morais ele que deveria pagar por não fazer nada no clube assim como Wesley e outros

    Responder
  • José Carlos Mendes - 20 de maio de 2021

    Esse tal de Werley é uma brincadeira, não joga nem nunca jogou nada, passei muita raiva assistindo jogo do Vasco e vendo esse miserável fazer um monte de merda, vc deveria agradecer muito ao louco que te contratou para vestir essa gloriosa camisa, se fosse treinador vc jamais ficaria se quer no banco de reservas , sai fora coisa ruim, monstro, vc tem noção o que são 9 milhões, vc deveria pagar para jogar no Vasco.

    Responder
  • RUIMAR FONSECA DA COSTA - 20 de maio de 2021

    estas contas deveria ir para o campelo tranbiqueiro,e seu diretor de futebol alexandre faria na epoca,encheu o clube de canela de pau agora esta ai um poblemão pra resolver,

    Responder
  • Jota wilson - 20 de maio de 2021

    Acho que esse danos morais eles tem direito ,mas direto de pagar ao vasco por não ter entregue o trabalho prometido quando assinou o contrato , deve ter beijado a camisa mostrando que ia trabalhar por ela mas onde foi parar o Vasco ,esse sim sofreu danos moral e a trocida também .

    Responder
  • Liberato Pereira da Silva Filho - 20 de maio de 2021

    Acho estas atitudes de colocar o jogador a treinar em separado ,torna-se um ato de discriminação ,deveria sim ,si está sob contrato treinar mesmo que seja por alguns minutos ,até surgir uma oferta ,treinar em separado desvaloriza o jogador .Sempre achei ao vê-lo jogar que este Neto Borges não era jogador para atuar no Vasco ,quanto a Marcos Junior mereceria outra oportunidade ,foi acusado de falha em um gol ,mas no lance todos da defesa falharam .

    Responder
  • Humberto - 20 de maio de 2021

    Brincadeira mesmo, isso só acontece com o Vasco, um pereba como o werley colocar o vasco na justiça e cobrar mais de 9 milhões, quem esse ridículo pensa que é? Um dos piores zagueiros que já vi na vida: lento, morto, ñ sabe sair jogando, ñ tem garra, nunca jogou nada, vai te embora pereba, perna de pau… vc que deveria pagar ao vasco por ter vestido essa camisa!

    Quem foram os responsáveis por essa contratação ridícula? Deveriam está presos!

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
3 de dezembro de 2021
Empresário de Cano elogia Salgado mas pondera sobre negociação: ‘Não será fácil’

Jose Costanzo, responsável por gerir a carreira de Germán Cano e negociar com o Vasco da Gama, afirmou que Salgado é alguém ”muito correto”.

Parazinha e Bento fala sobre o jogo contra o Fluminense pelo Carioca Feminino Sub-18

A lateral-esquerda e Parazinha e o técnico Leonardo Bento falaram sobre o clássico que o Vasco da Gama terá pela frente na competição.

Vasco inicia tratativas para manter Germán Cano; Daniel Amorim está em espera

O Vasco da Gama espera que o atacante Germán Cano aceite uma redução salarial, mas a dívida de R$ 3,5 milhões pode ser impasse.

Flamenguista, Marcelo Freixo conta quando foi zoado por aluno vascaíno de forma épica

O deputado federal, Marcelo Freixo, contou que foi zoado pelo aluno após o Vasco da Gama vencer o Carioca de 88 sobre o Flamengo.

61 beneméritos assinam carta-aberta com críticas a Salgado e contra a SAF

Os 60 beneméritos e grandes beneméritos fizeram fortes críticas ao presidente Jorge Salgado e a criação da SAF no Vasco da Gama.

Clubes de São Paulo e Minas Gerais teriam sondado Tiago Reis

De volta após empréstimo ao Confiança, o atacante do Vasco da Gama, Tiago Reis, está com o futuro indefinido em São Januário.

Confira os melhores momentos de Vasco 2 x 2 Fonseca pela Copa Liga Rio de Futsal

Assista aos melhores momentos da classificação do Vasco da Gama para a final da Copa Liga Rio de Janeiro de Futsal.

Vasco empata com o Volta Redonda no 1º jogo da final da Taça Rio Sub-15

Nesta sexta-feira o Vasco da Gama empatou com o Volta Redonda no 1º jogo da final da Taça Rio Sub-15, no Estádio Raulino de Oliveira.

Confira vídeo sobre a captação de atletas para o Remo do Vasco

Assista ao vídeo sobre a captação de atletas para o Remo do Vasco da Gama, que está com inscrições abertas para jovens de 12 a 17 anos.

Prass tem visitado clubes na Europa e está no Lyon a convite de Juninho

Cogitado para o departamento de futebol do Vasco da Gama, Fernando Prass está em processo de experiência em clubes europeus.

Veja mais notícias