Alex Teixeira, Dedé e Anderson Martins: Pássaro esclarece sobre especulações

O diretor executivo do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro, deixou claro que não há negociações, mas deixou as portas abertas para eles.

Pássaro em apresentação de Léo Jabá
Pássaro em apresentação de Léo Jabá (Foto: Reprodução/Vasco TV)

Na entrevista coletiva de apresentação do volante Rômulo, o diretor executivo do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro, foi questionado sobre recentes especulações envolvendo velhos conhecidos da massa vascaína.

São os casos do meia-atacante Alex Teixeira e dos zagueiros Dedé e Anderson Martins. Os dois primeiros estão sem clube e o último está negociando sua rescisão com o Bahia, e deve ficar livre no mercado em breve.

Alexandre Pássaro foi bastante claro sobre as possibilidades, dizendo que, neste momento, não tem nada em nenhum dos casos. O dirigente, no entanto, deixou as portas abertas para eles e qualquer outro jogador que tenha história em São Januário.

– Todos esses jogadores têm as portas abertas no Vasco para o que quiserem fazer e o que casar com nosso projeto. É lógico que não é todo mundo para chegar, ser capitão do time, ser o projeto, não é isso. A gente tem que estar muito ciente da realidade das coisas.

Alex Teixeira

Para explicar a situação, o diretor executivo citou o caso de Alex Teixeira. Ele disse que é vizinho do meia-atacante, com quem tem contato direto, mas que o seu objetivo agora é esperar algo da Europa no meio deste ano. Porém, reforçou que, se houver o interesse, é só entrar em contato.

– Uso o exemplo do Alex Teixeira. Ele está livre, tem o interesse, o desejo, de esperar alguma coisa no meio do ano, de coisas que podem surgir da Europa. Estava na China e não é fácil ficar lá esse tempo inteiro. Mas ele é meu vizinho de porta, de atravessar a rua literalmente. Esses dias fui buscar meu cachorro que estava mordendo a bola de vôlei do Alex. A gente se encontra, se fala a todo momento, e ele sabe que qualquer interesse que tenha de voltar à casa dele, é literalmente só atravessar a rua.

Disse Pássaro, que continuou com o discurso pés no chão:

– Mas a gente não pode criar expectativas e não podemos desalinhá-las aqui de achar que podemos concorrer com o mercado que ele está esperando, o europeu. Agora, se em algum momento, tanto ele quanto esses jogadores tiverem o interesse de vestir a camisa do Vasco, é claro que se couber dentro do nosso projeto e do que a gente quer fazer, a gente vai ter o maior desejo em realizar.

Dedé e Anderson Martins

Sobre os casos dos zagueiros, Alexandre Pássaro destacou a situação de Dedé. Segundo o que sabe, ele ainda está se recuperando de lesão, abrindo as portas para que possa fazer esse processo nas instalações do Clube. Em seguida, o dirigente pontuou sobre Anderson Martins, com quem teve boa relação no São Paulo, mas que não tem nada e trazer reforço para a zaga não é prioridade.

– Lógico que cada um tem as suas particularidades, então falamos do Alex, e se a gente falar do Dedé, por exemplo, o que sei dele é que ainda está se recuperando de uma lesão, então porta mais do que abertas caso queira usar a nossa estrutura para isso. O Anderson Martins eu acabei contratando lá no São Paulo quando ele estava saindo do Vasco, há três anos e meio. Ele passou o contrato inteiro comigo lá, é um cara que tenha a melhor das relações, gosto dele como jogador também, mas tem outras questões também. Isso a gente não desenvolveu e não é o nosso foco agora buscar um zagueiro.

O dirigente concluiu reforçando que não fechará as portas para quem já trouxe alegrias à torcida, mas que para haver negócio é necessário estar alinhado com a realidade e interesses do Gigante.

– Agora, não se fecha portas para quem trouxe alegrias ao torcedor. Apenas se enquadra cada jogador num respectivo projeto. A gente não pode, em nome de um passado, direcionar o nosso futuro. Mas quando existe um casamento de interesse e alinhamento de expectativa, como foi o próprio caso do Rômulo, é lógico que a gente encaixa e vê se consegue trazer.

O Vasco trouxe seis reforços até o momento, sendo eles o goleiro Vanderlei, o zagueiro Ernando, o lateral-esquerdo Zeca, o volante Rômulo, o meio-campista Marquinhos Gabriel, e os atacantes Léo Jabá e Morato. A expectativa é de que cheguem mais reforços para a disputa da Série B.

7 comentários
  • Carlos+Santana - 21 de abril de 2021

    Pássaro disse que o Vasco não precisa de jogador pra defesa que é a pior entre os quatro grandes. Leva muitos gols. E o Castan? Vai continuar cometendo pênaltis e levando cartões à toda hora?

    Responder
  • Pedro+vasco - 20 de abril de 2021

    Booa passarudo

    Responder
  • Francisco+silva+sampaio - 20 de abril de 2021

    Boa muita visao de mercado esperamos arranjar um parceiro pontual para ajudar a formar um elenco melhor mais qualificado muito mais maduro que possa ajudar o vasco a voltar para a serie A esperamos que volte com folga e que nunca mais caia espero que os dirigentes tome vergonha e administre melhor nosso PATRIMONIO

    Responder
  • Luiz+Paulo - 20 de abril de 2021

    Não quero nenhum deles no Vasco, chega de refugo. O Dedé não dá para jogar mais, tá terminado o Anderson Martins é ingrato saiu pela porta dos fundos. CHEGA DE SERMOS O ENCOSTO DE ULTRAPASSADOS.

    Responder
    • José Augusto Maçulo Alves - 20 de abril de 2021

      Falou tudo

  • Raimundo - 20 de abril de 2021

    Dedé se machuca.muito , acho muito arriscando

    Responder
  • Paulo - 20 de abril de 2021

    Esse Dedé, é um mala mesmo, deu a sorte do Vasco projeta lo para o futebol, e quando o Cruzeiro caiu, não aceitou reduzir o salário e voltar no vasco. Aprenda uma coisa camarada vc perdeu tempo. Se tivesse aceito a proposta do Vasco. Poderia agora estar em alta. E não buscando recuperação ainda. Mané, pra Dedé e quase igual.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
9 de dezembro de 2021
Vasco goleia em estreias no Carioca masculino e feminino de Beach Soccer

Enquanto no masculino o Vasco da Gama venceu o Ronald Carvalho por 8×3, no feminino o Cruzmaltino derrotou o Carioca por 9×0.

Yuri, volante do CSA, teria sido oferecido ao Vasco

Considerado um dos melhores jogadores da posição na Série B, Yuri está sendo analisado por Carlos Brazil, gerente-executivo do Vasco da Gama.

8 de dezembro de 2021
Graça teria duas propostas para deixar o Vasco, uma da Ásia e outra dos EUA

Conversas, porém, ainda são embrionárias; contrato com o Vasco da Gama vai até 2023 e, para sair, técnico Zé Ricardo teria que aprovar.

Edu reposta story no Instagram com crítica ao Vasco: ‘Diretoria incompetente’

Novo reforço do Cruzeiro, Edu compartilhou uma postagem de incentivo que, ao mesmo tempo, criticava a diretoria do Vasco da Gama.

Vasco lamenta morte de Mário Franco, ex-atleta do remo

Também conhecido como Boco Moco, Mário conquistou títulos como o Brasileiro, Sul-Americano e Pan-Americano pelo Vasco da Gama.

Cruzeiro acerta contratação de Edu; centroavante foi sondado pelo Vasco

Via redes sociais, Brusque revelou que o jogador está de saída para o Cruzeiro; negociação com o Vasco da Gama não avançou.

‘Gol’ de Nenê em famosa janela de Paris viraliza na internet; assista

De férias em Paris, meia do Vasco da Gama participou de brincadeira em famoso point local, acertou o alvo e levou os torcedores ao delírio.

Médico do Vasco celebra número baixo de lesões em meio às dificuldades da Série B

Chefe do departamento médico do Vasco da Gama, Gustavo Caldeira celebrou que número de lesões em 2021, isto é, 23, não superou 2020.

Carol Paiffer ‘puxa orelha’ de vascaínos e garante compromisso com o Vasco

A investidora Carol Paiffer não tem gostado dos spans de ‘Vasco’ promovido por alguns torcedores em suas lives.

Entenda a função que Brazil exercerá no Vasco; dirigente conhece bem Zé Ricardo

De volta ao Vasco da Gama, Carlos Brazil se reencontrará com Zé Ricardo, o mesmo que o indicou ao Gigante em 2018.

Veja mais notícias