Werley quer vencer o Ceará para fechar ano com dignidade

O zagueiro Werley afirmou que o Vasco não vai ser rebaixado e diz que time buscará a vitória para fechar o ano com dignidade.

O Vasco chega na última rodada do Brasileirão com chances de rebaixamento. Mas, diferente das últimas quedas, desta vez a equipe depende apenas de um empate para se safar. O clima no clube não é de desespero e o zagueiro Werley garante que a permanência será concretizada no domingo.

- O Vasco não vai cair, tenho certeza. Pelo trabalho feito pelo Alberto Valentim, do dia a dia, da forma que ele conduz o grupo e essa diretoria tem planejado o clube. Já tivemos exemplos de outros clubes com essa mesma dificuldade e que, no ano seguinte, só se fortaleceu. Tenho certeza que vai dar tudo certo no final - afirma o camisa 34.

O zagueiro que fará dupla com Leandro Castan no Castelão não pensa apenas no empate para se safar. A vitória é o objetivo, fechando o ano com dignidade e abrindo a possibilidade de disputar a Sul-Americana de 2019.

- E três para fechar com dignidade. Não é a situação que a gente e a torcida almejava. Mas vamos tentar a Sul-Americana contra um concorrente direto. Temos que trabalhar bem e chegar forte no domingo.

Dependendo de alguns resultados, o Vasco pode até perder e permanecer na Série A...

- O Vasco não precisa fazer conta, só depende de si. Não tem porque olhar para os outros. Temos que fazer o nosso bem feito e terminar de cabeça erguida. Viremos mais fortes que esse ano. Nós vamos lá para ganhar o jogo. Estádio cheio, adversário difícil. Dentro ou fora de casa temos que vencer e é uma motivação quebrar esse tabu.

Com salários em dia, menos um motivo de preocupação?

- É muito importante (estar em dia), situação que nesse ano não tivemos problemas, não tivemos atrasos. Apenas 10, 15 dias e tudo conversado e avisado pelo presidente. Meu salário sempre esteve em dia e o presidente tem a confiança e crédito com todos jogadores. Ele sempre fez reunião e se comprometeu com a gente.

Leia mais sobre: Vasco x Ceará, Werley

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »