Vitória do Vasco contra o Caracas não pode camuflar atuação de doer os olhos

Uma opinião e análise sobre a vitória do Vasco da Gama sobre o Caracas, da Venezuela, pelo jogo de ida da segunda fase da Sul-Americana.

Ricardo Sá Pinto em jogo contra o Caracas em São Januário
Ricardo Sá Pinto em jogo contra o Caracas em São Januário (Foto: AFP)

O importante no fim das contas é o resultado, mas a construção até ele importante. Analisando o desempenho dentro dos 90 minutos se destaca quais foram os destaques, decepções, erros, acertos, evolução ou retrocesso.

Está lá: Vasco venceu o Caracas, da Venezuela, e saiu na frente na busca por uma vaga nas oitavas de final da Sul-Americana. No entanto, quem viu teve a coragem de ver a partida por completo pôde observar ainda uma equipe recheada de problemas.

A verdade é que se tratava de um adversário extremamente limitado. Mas muito mesmo. O Caracas, mesmo com o Vasco dando todas as chances possíveis, não conseguiu levar perigo à meta de Fernando Miguel durante o confronto.

O Vasco, por sua vez, não conseguiu se aproveitar da fragilidade do Caracas. Um atalho para balançar as redes? Ocorreram dois pênaltis na partida, um marcado pela arbitragem, só que Carlinhos cobrou de forma bisonha, recuando a bola para o goleiro adversário.

É possível dizer que o pênalti cobrado por Carlinhos refletiu o que foi a partida: lastimável. Até Leonardo Gil, recém-contratado que teve uma boa estreia contra o Corinthians, não conseguiu ir bem, também colocando na conta um lance bizarro, uma cobrança de escanteio sem comentários. No entanto, espera-se que seja apenas um jogo ruim. Acontece.

Talles Magno foi bastante participativo, se apresentou em mais áreas do ataque, fez alguns dribles, mas ainda está deixando muito a desejar. Segue com a mania de recuar a bola à defesa em lances de ataque. A falta de confiança está implicando diretamente em se desempenho.

O que dizer de Ygor Catatau? Entrou no segundo tempo e levou dois amarelos em poucos minutos, sendo o último numa agressão inexplicável sobre o defensor venezuelano. Para não dizer que tudo foi ruim, é preciso destacar a estrela de Tiago Reis. O atacante entrou na segundo etapa e não precisou de muito tempo para resolver.

Em nova oportunidade, Tiago Reis marcou o gol da vitória vascaína mostrando o seu faro de artilheiro. Na sequência, inclusive, aplicou um belo drible na linha de fundo, deixando o adversário sem rumo. Merece mais chances e deve ser o substituto imediato de Germán Cano.

Desfalques de Benítez e Cano não são desculpa

“Ah, mas o Vasco estava sem Martín Benítez e Germán Cano”. Certo, eles fazem realmente muita falta na equipe, são os principais, desfalques, mas o Caracas também estava desfalcado. Mesmo sem eles, o Cruzmaltino tinha a obrigação de conseguir algo melhor diante das limitações do adversário.

O certo é que Ricardo Sá Pinto ainda tem muito trabalho pela frente para fazer com que o Vasco busque coisas melhores na temporada. O próximo compromisso será no fim de semana, contra o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro, que mesmo sendo lanterna é superior ao Caracas e promete dar mais trabalho ao Gigante.

Abre o olho Vascão!

Leia mais sobreCaracas
5 comentários
  • Ailton - 29 de outubro de 2020

    O time é sofrível, sempre foi, teve sorte no início do brasileiro, só jogou bem contra o Botafogo na vitória de 3X2, todos os outros jogos jogou pior que o adversário e deu sorte, vai perder pro Caracas na Venezuela e vai ser rebaixado, os jogadores em excessão dos argentinos são fracos e sem raça, esse timeco só me faz passar vergonha.

    Responder
  • Jair Diog - 29 de outubro de 2020

    Espero que o Ricardo evolua junto com o time, defina logo um esquema tático que eu gostaria que fosse o 4-2-3-1, pois permite outras variações sem mexer nas peças, Bruno Gomes , Gil, Andrey Benites e Carlinhos , cano ou Thiago.

    Responder
  • Wedson Nascimento Santos - 29 de outubro de 2020

    Não concordo com críticas tão duras. Não foi o melhor time do mundo, mas teve pontos bons. O Vasco dominou o jogo. O Caracas não conseguiu fazer nada. O time teve mais movimentação. Uma variação maior das jogadas. Volantes se apresentando mais na saída de bola.
    Pontos negativos também têm.O domínio não foi traduzido em chances de gol. É preciso trabalhar esse último passe, o passe se qualidade para colocar o companheiro em condições de decidir. Mas o problema principal é Ribamar. Não tem como um titular como ele com Tiago no Banco. Ribamar não finaliza bem, não se coloca bem e não faz pivo para ninguém.

    Responder
  • alfonso - 29 de outubro de 2020

    espero que nao mesmocamufre uma partida que no primeiro tempo deu sono com jogadores atuando com desanimado olhando o lixo do ribamar perdendo gol facil e dando passe olhando vinicius um garoto que vem da base e nao sabe cruzar uma bola e um grande siscador mais nao e jogador ainda pro vasco olhando novamente o henrique ser uma grande avenida pro fraco caracas tiago reis nao pode servi de banco pra ribamar nao que o pinto tome melhor sua decicao pois esse time que ele escalou nao mais

    Responder
  • Vlademir Aluísio Costa - 29 de outubro de 2020

    Não concordo cm essas duras críticas! Porque o Vasco tanto quanto o Caracas são muito limitados sim..
    Porém foram inúmera oportunidaďes de gols..
    O caminho tá tomado, e só acertar o alvo..

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
30 de novembro de 2021
Time da Virada recolherá assinaturas para a realização da AGE no Vasco

O Movimento Time da Virada estará na frente de São Januário neste sábado coletando assinaturas para a realização da AGE.

Edu reitera desejo de jogar no Vasco

Artilheiro da Série B do Campeonato Brasileiro 2021, o atacante Edu, do Brusque, reiterou o desejo de defender o Vasco da Gama.

Vasco disputa prêmio de melhor campanha de responsabilidade social

Por conta da camisa lançada em apoio ao movimento LGBTQIA+, o Vasco da Gama concorre ao prêmio de melhor campanha de responsabilidade social.

Péssima campanha no 2º turno ajuda a explicar fracasso do Vasco na Série B

Depois de um primeiro turno fraco, o Vasco da Gama fez um segundo turno ainda pior na Série B, influenciando no não acesso.

Confira números do Vasco na Série B 2021

Confira números do Vasco da Gama na Série B do Campeonato Brasileiro 2021, os quais não permitiram o acesso.

Movimentações do Vasco no mercado: veja quem chega, quem sai e quem fica no Clube

O Vasco da Gama reformulará o departamento de futebol para a temporada 2022 e já busca por reforços para o elenco.

Reportagem destaca que o Sócio Gigante tem plano destinado aos animais; assista

A reportagem mostrou que o Vasco da Gama, no programa Sócio Gigante, tem uma categoria especial para os bichos de estimação.

Vasco é multado por objetos jogados em São Januário no jogo contra o CSA

Por conta de objetos jogados em São Januário no jogo contra o CSA, o Vasco da Gama terá que pagar multa de R$ 5 mil.

Conheça a história do Dom Corvo I e Único, mascote do Vasco nas décadas de 40 e 50

O Vasco da Gama teve o Dom Corvo I e Único como símbolo de sorte nas décadas de 40 e 50, mas que perdeu força a partir de 60.

Alexandre Mattos afirma que acerto com outro clube freou conversas com o Vasco

O diretor executivo Alexandre Mattos disse que teve uma boa conversa com o presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado, mas não avançou.

Veja mais notícias