Veja o que os números dizem da estreia de Ricardo Sá Pinto no Vasco

O Vasco da Gama mostrou uma clara evolução na estreia do treinador Ricardo Sá Pinto no jogo contra o Corinthians.

Ricardo Sá Pinto em jogo contra o Corinthians
Ricardo Sá Pinto em jogo contra o Corinthians (Foto: André Durão)

Após a partida contra o Corinthians, o técnico do Vasco, Ricardo Sá Pinto disse que o resultado era injusto e que o Cruz-Maltino merecia mais pelo que fez em campo. Afirmou estar orgulhoso com o desempenho da equipe e, de fato, alguns jogadores se destacaram. Mas os números do duelo concordam com a satisfação do português? Sim, mas nem tanto.

Dados do site especializado Sofascore revelam tópicos importantes, a começar pelo desempenho individual dos jogadores vascaínos. Considerados fundamentos do jogo que, por vezes, são menos percebidos, os melhores do time na partida foram, entre os titulares, Talles Magno, Carlinhos (o melhor do time no jogo), Ribamar e também Miranda. Leonardo Gil entrou bem.

Foram mal avaliados Fernando Miguel, Leandro Castan (em que pese o cartão amarelo recebido) e os dois laterais: Cayo Tenório e Henrique. Não por coincidência, foram com eles na marcação que os gols do Timão surgiram. Lucas Santos, que entrou no segundo tempo, também recebeu nota ruim.

Porém, os números coletivos chamam mais atenção. A paciência com a bola demonstrada na quarta-feira foi elogiada por Sá Pinto e ele já a havia citado como uma deficiência geral brasileira, na apresentação, semana passada. O Cruz-Maltino teve mais porcentagem de posse de bola (63%) e número de passes tentados (547) do que nos cinco jogos anteriores.

Foram mal avaliados Fernando Miguel, Leandro Castan (em que pese o cartão amarelo recebido) e os dois laterais: Cayo Tenório e Henrique. Não por coincidência, foram com eles na marcação que os gols do Timão surgiram. Lucas Santos, que entrou no segundo tempo, também recebeu nota ruim.

Porém, os números coletivos chamam mais atenção. A paciência com a bola demonstrada na quarta-feira foi elogiada por Sá Pinto e ele já a havia citado como uma deficiência geral brasileira, na apresentação, semana passada. O Cruz-Maltino teve mais porcentagem de posse de bola (63%) e número de passes tentados (547) do que nos cinco jogos anteriores.

O número de finalizações feitas (17) também foi superior ao das cinco partidas anteriores. Considere os destaque individuais e os números aqui citados e, ofensivamente, há concreta evolução.

E na marcação, houve alguma melhoria? As quatro avaliações ruins em jogadores do setor defensivo indicam que não, mas há o que se ponderar. O time roubou mais bolas do que em quatro dos cinco jogos anteriores, e até faltas cometeu mais do que em quatro dos cinco jogos mais recentemente disputados. Quando não travou, parece ter estado mais próximo de travar o adversário.

Mas vale ressaltar que não houve revolução, especialmente nos aspectos defensivos. Sá Pinto terá trabalho. Confira abaixo números da partida e os comparativos.

Números do Vasco contra o Corinthians

Posse de bola: 63% | mais do que contra Internacional, Flamengo, Bahia (quando teve também mais posse que o adversário), Atlético-MG e Red Bull Bragantino (quando teve também mais posse que o adversário).

Passes: 547, com 83% de acerto | mais do que contra Internacional, Flamengo, Bahia (quando a porcentagem de acerto também foi maior, 88%), Atlético-MG e Red Bull Bragantino (quando a porcentagem de acerto também foi maior, 90%)

Finalizações: 17, sendo oito no gol | mais do que contra Internacional, Flamengo (quando chutou mais que o rival, inclusive no gol), Bahia, Atlético-MG e Red Bull Bragantino

Desarmes: 16 | quatro a mais do que contra o Internacional; um a mais do que contra o Flamengo; um a mais do que contra o Bahia; dois a mais do que contra o Atlético-MG; mesmo número que contra o Red Bull Bragantino.

Faltas cometidas: 12 | uma a mais do que contra o Internacional; duas a mais do que contra o Flamengo; três a menos do que contra o Bahia; três a mais do que contra o Atlético-MG; três a mais do que contra o Red Bull Bragantino.

Fonte: Lancenet

Leia mais sobreRicardo Sá Pinto
1 comentário
  • Ituassu celani Barros - 24 de outubro de 2020

    Esse editor dessa matéria, fala que o time evoluiu mas tb diz que não é bem assim. E depois mostra o s dados, e os números dizem que sim.
    Isso é mais um incompetente jornalista com suas inclinações negativistas comum a maioria dos brasileiros.
    Tu és tão bom jornalista qto o Henrique é bom lateral.
    Tomara que vc tenha entendido!!

    SV

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
5 de dezembro de 2021
Contrato de Zé Ricardo com o Vasco será até o final de 2022 com opção de renovação

Zé Ricardo assinou o contrato com o Vasco da Gama até o fim de 2022 com opção de renovação em caso de acesso à Série A.

Olympiacos estaria interessado em Andrey, de saída do Vasco

Clube grego vê no volante uma boa oportunidade devido ao fato de ficar livre no mercado, sem precisar pagar multa rescisória ao Vasco da Gama.

Zé Ricardo tem previsão de chegada ao Rio de Janeiro em 16 de dezembro

Ainda terminando de resolver trâmites sobre sua saída do Catar SC, Zé Ricardo iniciará trabalho no Vasco da Gama em 16/12.

Edu, centroavante do Brusque, teria sido sondado pelo Vasco

Artilheiro da Série B, Edu, que é torcedor declarado do Vasco da Gama, teria informado a Salgado quanto gostaria de ganhar no Gigante.

Zé Ricardo comenta retorno ao Vasco: ‘Alegria estar de volta à Colina Histórica’

Treinador, que fará sua segunda passagem pelo Vasco da Gama, se manifestou via Instagram após acerto com o Clube.

Andrey Santos, Erick Marcus e mais: Vasco tem 5 grandes promessas para 2022

Andrey Santos, Erick Marcus, Lucas Eduardo, Marlon Gomes e Victor Araújo são atletas da base do Vasco da Gama que podem vingar em 2022.

4 de dezembro de 2021
Vasco estaria interessado em Jailson, goleiro do Palmeiras

O Vasco tem interesse na contratação do goleiro Jailson, de 40 anos, que não permanecerá no Palmeiras para 2022.

Zé Ricardo se manifesta após acerto com o Vasco: ‘É um momento de satisfação’

O técnico Zé Ricardo não escondeu a felicidade ao falar sobre seu retorno ao Vasco da Gama e projetou muito trabalho.

Vasco anuncia Zé Ricardo como novo treinador

O Vasco da Gama anunciou na noite deste sábado o retorno do técnico Zé Ricardo para comandar a equipe na próxima temporada.

Vasco perde nos pênaltis para o Fluminense e é eliminado do Carioca Feminino Sub-18

A equipe feminina Sub-18 do Vasco da Gama foi derrotada nos pênaltis para o Fluminense na semifinal do Campeonato Carioca.

Veja mais notícias