Vasco segue no topo do ranking de sócios após renovações

O Vasco passa por período de renovações no programa de sócios, mas segue no topo do ranking mesmo com a pandemia.

O argumento de que a associação em massa do Vasco só aconteceu porque os preços estavam baratos, aos poucos, tem caído por terra. Depois de se tornar o clube com o maior programa de sócios-torcedores do Brasil, o Cruz-Maltino teve de encarar o processo de renovação bem no meio da pandemia do coronavírus e, mesmo diante de uma crise econômica no país, se manteve no topo.

Desde o dia 1º de maio, mais de 95 mil renovações já foram feitas, e o número total de associados — que ultrapassou a marca de 180 mil na promoção da Black Friday, no ano passado — agora é de 113,7 mil, segundo o contador do site "Gigante".

Inter está "acima", mas considera inadimplentes

O Internacional considera ter atualmente 120 mil sócios, segundo apurou o UOL Esporte. Porém, diferentemente do Vasco, que conta somente os adimplentes, o Colorado coloca no somatório alguns associados que não estão com o pagamento em dia, o que torna o número relativo.

Ao site "GaúchaZH", por exemplo, o vice de relacionamento social do time de Porto Alegre, Norberto Guimarães, afirmou que o Inter estimava um percentual de 25% de inadimplência em maio, o que o colocaria com cerca de 90 mil sócios ativos.

Geografia dos vascaínos

De acordo com o portal vascaíno, os cinco Estados com mais associados são: Rio de Janeiro (59,28%), Espírito Santo (5,83%), Minas Gerais (4,90%), Distrito Federal (3,98%) e Santa Catarina (3,15%).

Já entre as cidades, Brasília (DF) se destaca como a única fora do Estado do Rio entre as cinco primeiras, ocupando o segundo lugar, com 7,08% de associações.

Torcida do Vasco da Gama

Vascaínos agora pagam preço cheio

Na promoção criada ano passado para a Black Friday, o vascaíno que se associasse ao programa "Gigante" teria um desconto de 50% nos planos durante seis meses. Agora, os mais de 95 mil que renovaram pagarão os valores integrais.

Os planos são entre R$ 7,98 e R$ 109,98, variando os benefícios de acordo com a opção paga.

O mais barato, por exemplo, tem parte da renda revertida para causas sociais. Já o mais caro garante 100% de desconto nos ingressos em todos os setores e o direito a até quatro convidados com desconto de 50% (por mais R$ 20/mês).

Há clubes que não divulgam em tempo real

Para saber com quantos sócios o Vasco está atualmente, basta ao internauta acessar o site do programa "Gigante" e lá irá se deparar com um contador que atualiza em tempo real.

Esta prática, aliás, já é adotada por muitos, porém outros ainda têm os números mais sigilosos, casos de Corinthians, Palmeiras, São Paulo, Grêmio e Internacional, por exemplo.

Palmeiras e São Paulo não divulgam

O UOL Esporte solicitou o número atualizado de sócios de Palmeiras e São Paulo, mas até o fechamento desta reportagem os clubes ainda não haviam enviado tais dados.

Em fevereiro — portanto antes da pandemia do coronavírus —, a ESPN divulgou um ranking em que o Alviverde contava com cerca de 70 mil adimplentes e o Tricolor, 28,5 mil.

Veja o ranking de sócios:

Vasco - 113,6 mil (atualiza em tempo real)

Flamengo - 95 mil (atualiza em tempo real)

Grêmio - 83 mil (apurado pelo UOL Esporte)

Corinthians - 75 mil (segundo matéria de junho de 2020 do "Globo Esporte")

Cruzeiro - 54,5 mil (atualiza em tempo real)

Atlético-MG - 41,2 mil (atualiza em tempo real)

Botafogo - 31,6 mil (atualiza em tempo real)

Fluminense - 31,4 mil (atualiza em tempo real e está em crescimento)

Bahia - 30 mil (apurado pelo UOL Esporte)

Fortaleza - 28,6 mil (atualiza em tempo real)

Sport - 25,8 mil (atualiza em tempo real)

Athletico-PR - 25 mil (apurado pelo UOL Esporte)

Coritiba - 25 mil (apurado pelo UOL Esporte)

Santos - 24,1 mil (atualizado em tempo real)

Ceará - 21,4 mil (atualizado em tempo real)

Goiás - 4,2 mil (apurado pelo UOL Esporte)

*Internacional - 120 mil (considera inadimplentes)

*Palmeiras - Não divulgado até o fechamento desta reportagem

*São Paulo - Não divulgado até o fechamento desta reportagem

*Atlético-GO - Não possui programa de sócio-torcedor

Red Bull Bragantino - Não possui programa de sócio-torcedor

*Colaboraram os repórteres Diego Salgado, Jeremias Werneck, José Eduardo Martins e Marcelo De Vico

Leia mais sobre: Sócio Gigante

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »