Vasco: saída de Carlos Alberto prejudica marketng

A saída de Carlos Alberto do Vasco prejudica o marketing do clube, e Fernando Prass será mais explorado pelo clube.

A saída de Carlos Alberto foi um duro golpe para o Vasco fora de campo. Contratado como a estrela do time cruzmaltino em 2009, o meia se identificou rapidamente com a torcida e teve sua imagem vinculada à uma série de produtos, que vão deixar de ser comercializados pelo clube carioca. Internamente, há ainda o lamento pela perda de um jogador que entendia as questões de marketing e gostava de participar delas, o que ajudava na divulgação de seus artigos.

 

Peruca Carlos Alberto

O principal problema que vai precisar ser resolvido pelo departamento de marketing se refere ao programa de sócios. Intitulada de “O Vasco é meu”, a campanha tinha Carlos Alberto e Felipe como garotos-propaganda. Nela, os meias pediam a fidelização dos torcedores baseado em sua identificação com o clube. Sem o ex-capitão, a diretoria cruzmaltina terá que buscar alternativas para atrair público para o projeto, que hoje conta com pouco mais de dez mil adimplentes.

– O programa com Carlos Alberto e Felipe foi ao ar em setembro e deveria continuar por cerca de três meses. Já íamos mudar a propaganda de qualquer forma. Passaremos a dar mais ênfase ao fato do torcedor poder comprar ingresso online. O futebol é cíclico. As coisas vão mudando – garante Marcos Blanco, diretor de marketing do Vasco.

Além do projeto sócio-torcedor, a saída de Carlos Alberto atrapalha outras fontes de arrecadação do clube. Um sucesso de vendas quando foi lançada, a peruca do ex-capitão ainda está disponível. Mas a saída do meia fará com que o produto deixe de ser fabricado. Além disso, ainda há as camisas com o nome de Carlos Alberto e o seu boneco, que também tiveram boa aceitação. A número 19 usada pelo meia era a mais vendida junto com o tradicional número 10. Todos os produtos continuarão à venda até que o estoque se esgote.

produtos do Carlos Alberto em liquidação no Vasco (Foto: Reprodução / Site Oficial) 

No site oficial da loja do clube quase todos os artigos ligados à imagem do jogador estão em liquidação. As camisas personalizadas, por exemplo, estão sendo vendidas quase pela metade do preço, assim como a oficial com o número 19 nas costas. O bonequinho ficou R$ 20 mais barato (veja na foto acima).

O próximo passo do clube é apostar em outros jogadores com forte identificação com a torcida. Uma aposta é no goleiro Fernando Prass, que tem grande aceitação entre as crianças.

– Impressiona como ele cativa a criançada. Já ouvi muitos garotos dizendo que querem ser goleiros por causa dele. Talvez a gente lance uma linha infantil. Temos que sentar com o departamento de futebol e traçar estratégias. Tudo depende também do rendimento dentro de campo. Vamos trabalhar em cima dos novos ídolos – explica Marcos Blanco.

Fernando Prass encara com naturalidade o processo de saída de ídolos dos clubes. Ele lembra que cada vez mais é difícil um jogador ficar com o nome inteiramente ligado a um só time. O camisa 1 acredita que neste atual elenco vascaíno possam surgir novas referências para a torcida.

– No futebol, hoje em dia é normal esta rotatividade de jogadores nos clubes. É mais difícil criarem vínculo, são poucos os que ficam muito tempo. Fica mais complicado fazer a relação do atleta ao nome do clube. A saída do Carlos Alberto é uma perda técnica, por ser um grande jogador, e também de liderança. Existem outras pessoas que também têm esta característica mas não estavam tão expostas.

Fonte: globo esporte

Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
23 de janeiro de 2022
Caio Lopes deve acertar com o Leganés, da 2ª divisão da Espanha

Cria da base do Vasco da Gama, meia Caio Lopes deve acertar sua transferência para o Leganés, da segunda divisão da Espanha.

Confira a programação semanal do futebol profissional do Vasco

Veja a agenda do futebol do Vasco da Gama na semana em que a equipe faz sua estreia no Campeonato Carioca.

Ex-Vasco, Alan Kardec pode voltar ao futebol brasileiro

Atacante revelado na base do Vasco da Gama, Alan Kardec está há quatro meses sem receber salários na China.

Confira o provável time do Vasco na estreia do Carioca contra o Volta Redonda

Veja a provável escalação que o técnico Zé Ricardo deve mandar a campo na estreia do Vasco da Gama no Campeonato Estadual.

Às vésperas do Carioca, Castan e Vanderlei seguem com futuro indefinido no Vasco

Com a estreia do Estadual batendo na porta, Leandro Castan e Vanderlei seguem com suas situações incertas no Vasco da Gama.

Elenco campeão da Copinha 1992 se reúne para celebrar 30 anos da conquista

Estiveram presentes nomes como Pimentel, Alex Pinho, Leandro Ávila e Valdir Bigode; Vasco da Gama faturou o título do torneio sobre o SP.

Parabéns, fera! Juninho completa 21 anos neste domingo

Uma das principais promessas do Vasco da Gama, Juninho nasceu em 23 de janeiro de 2001; em 2022, meio-campista deve ter mais protagonismo.

Definida a arbitragem para o jogo entre Volta Redonda e Vasco

Confira a arbitragem para o jogo entre Volta Redonda e Vasco da Gama nesta quarta-feira, no Raulino de Oliveira, pelo Carioca.

Vasco estaria tentando redução salarial para manter Vanderlei no elenco

Caso o goleiro aceite a sugestão, a tendência é que continue no Vasco da Gama para 2022, disputando posição com Thiago Rodrigues e Halls.

Vasco estreará no Carioca com equipe reformulada

O Vasco da Gama vem reformulando a equipe buscando fazer um boa temporada e mirando o acesso à Série A do Brasileiro.

Veja mais notícias