Vasco empata com o Red Bull Bragantino e perde força no Brasileiro

O Vasco da Gama empatou com o Red Bull Bragantino em 1x1 na manhã deste domingo, pelo Campeonato Brasileiro.

Por França Fernandes
-  27 de setembro de 2020 às 13:09-  Atualizada em 27 de setembro de 2020 às 13:09
Vasco empata com o Bragantino em São Januário (Foto: André Durão/ge)

Sob intenso calor em São Januário, Vasco e Bragantino empataram em 1 a 1, neste domingo, em partida válida pela 12ª rodada do Brasileirão. Os gols saíram no segundo tempo. Os donos da casa abriram o placar com o garoto Vinicius e os visitantes igualaram com Lucas Evangelista.

Com o resultado, o Cruz-Maltino assume a quarta posição na tabela, com 18 pontos e fica a seis do líder, Atlético-MG. O Massa Bruta permanece no Z-4, com 11 pontos. O time carioca volta a campo, no domingo, às 20h30, quando vista o Galo no Mineirão, enquanto os paulistas recebem o Corinthians, no sábado, às 21h.

Pressão vascaína

O Vasco começou o jogo fazendo uma forte marcação na saída de bola do Bragantino. Logo aos dois minutos de jogo, Juninho cruzou a bola na medida para Cano, que cabeceou para fora. As melhores chances dos donos da casa nasciam pelos lados com os meninos Juninho e Vinicius. Aos 22, a blitz deu resultado Talles chegou a marcar um gol após receber cruzamento da direita, dominar e finalizar, mas o lance foi anulado pelo assistente por impedimento.

Chance desperdiçada

Sob forte calor, o Cruz-Maltino diminuiu o ritmo depois dos 30 minutos e o time visitante conseguiu finalmente se aproximar da área. Lucas Evangelista ameaçou de cabeça. O Massa Bruta teve a chance de abrir o placar em cobrança de pênalti anotada pelo árbitro, após Bruno Gomes cortar um cruzamento com o braço. Alerrandro fez a cobrança mas Fernando Miguel fez grande defesa e garantiu o zero no placar.

Recomeço intenso

O segundo tempo começou agitado. Aos 4, o Vasco abriu o placar em lance protagonizado pelo Meninos da Colina. Juninho cruzou da direita para Vinicius fechar bem e finalizar. A festa, no entanto, durou pouco. O Bragantino reagiu imediatamente e igualou no minutos seguinte com Lucas Evangelista, após boa trama com Tubarão e Alerrandro.

Desgaste evidente

O sol forte em São Januário fez o jogo novamente perder intensidade na metade da segunda etapa. O Vasco teve chances na bola parada, com Henrique e Carlinhos, que bateram na barreira. O time paulista teve boa chance no contra-ataque com Alerrandro, que parou novamente em Fernando Miguel.

VASCO 1 X 1 RB BRAGANTINO

Data/Hora: 27/09/2020, às 11h (de Brasília)
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Gramado: Regular
Público/Renda: Portões fechados
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa-PR) Nota L! – 6,5 – Controlou bem o jogo e não interferiu no resultado.
Auxiliares: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Sidmar dos Santos Meurer (PR)
VAR:Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Cartões amarelos: Guilherme Parede, Bruno Gomes (VAS); Tubarão (BGT)
Cartão vermelho: –

Gols: Vinicius (4’/2ºT, 1-0), Lucas Evangelista (5´/2ºT, 1-1)

VASCO: Fernando Miguel, Yago Pikachu (Cayo Tenório, 21’/2ºT), Miranda, Leandro Castan e Henrique; Bruno Gomes, Marcos Junior (Ribamar, 43’/2ºT)e Juninho (Carlinhos, 33’/2T); Talles Magno (Guilherme Parede, 21’/2ºT), Germán Cano e Vinicius (Ygor Catatau, 33’/2ºT). Técnico: Ramon Menezes

RB BRAGANTINO: Julio Cesar; Raul, Léo Ortiz, Ligger e Edimar (Weverson, 41’/2ºT); Uillian Correia, Claudinho (Luis Phelipe, 33’/2ºT) e Lucas Evangelista; Artur (Morato,36’/2ºT), Tubarão (Barreto, 41’/2ºT) e Alerrandro (Hurtado,36’/2ºT) . Técnico: Mauricio Barbieri

Fonte: Lancenet