Vasco é goleado pelo Atlético-MG e se complica no Brasileiro

O Vasco da Gama perdeu para o Atlético-MG pelo placar de 4x1 neste domingo, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

Por Anderson Montalvão
-  4 de outubro de 2020 às 22:38-  Atualizada em 4 de outubro de 2020 às 23:16
Marcos Júnior em jogo contra o Atlético-MG (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O Atlético-MG segue na liderança do Campeonato Brasileiro e neste domingo goleou por 4 a 1 o Vasco, no Mineirão. Com o resultado, os mineiros chegaram a 27 pontos e aumentaram a distância na na ponta da Série A. Os cruzmaltinos seguem com 18, aumentaram a sequência sem vitória e se afastam dos primeiros colocados.

Mesmo com primeiro tempo avassalador do Galo, foi o Vasco quem abriu o placar com golaço de Benítez. Só que os mineiros marcaram quatro vezes antes dos 45 minutos, com Guilherme Arana, Savarino, Guga e Keno.

Na próxima rodada, o Atlético-MG terá pela frente o Fortaleza, nesta quarta-feira, no Castelão. No mesmo dia, o Vasco vai até Salvador para enfrentar o Bahia.

O jogo

O duelo começou movimentado. O Atlético-MG tentou pressionar, mas viu o bem postado buscar o ataque com eficiência. Os cruzmaltinos abriram placar aos oito minutos. Após cobrança de lateral, Réver recuou errado e deu no pé de Benítez. O argentino dominou e mandou de bicicleta para a rede.

O revés fez o Atlético-MG aumentar o ritmo. Os donos da casa não demoraram muito para chegar ao empate, aos 13 minutos. Guga cruzou rasteiro, Nathan escorou para trás e Guilherme Arana chutou sem chance para Fernando Miguel.

O gol deu ânimo ao Atlético-MG, que seguiu com o domínio total do jogo. Tanto que os mineiros viraram aos 17 minutos. Keno fez boa jogada e dividiu com Miranda. Savarino apareceu para se antecipar a marcação e mandar para a rede.

O panorama da partida seguia o mesmo. O Vasco não conseguia sair da pressão do Atlético-MG, que continuava em busca do ataque. Em saída de bola errada dos cariocas, Nathan foi derrubado por Ricardo Graça na área e o árbitro marcou pênalti. Guga cobrou com categoria e ampliou a vantagem aos 28 minutos.

Devido ao domínio do Atlético-MG, o técnico Ramon Menezes fez duas alterações na equipe ainda no primeiro tempo. No entanto, o Vasco viu os mineiros marcarem mais um aos 36 minutos. Após nova roubada de bola, Franco foi derrubado por Leandro Castán na área. O árbitro marcou mais um pênalti. Desta vez, Keno cobrou para fazer o quarto no Mineirão.

Somente na parte final, o Vasco conseguiu equilibrar as ações, mas não levava perigo para Everson. O Atlético-MG diminuiu o ritmo e passou a buscar os contra-ataques, mas os donos da casa permaneceram com a boa vantagem até o intervalo.

Np segundo tempo, mesmo com um ritmo menor, o Atlético-MG tinha o domínio do jogo. Os mineiros desperdiçaram três boas chances de marcar antes dos 15 minutos. Jair, Nathan e Guilherme Arana não acertaram o gol de Fernando Miguel.

Além de ser pressionado, o Vasco errava muitos passes e teve a situação complicada aos 15 minutos. Andrey recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso.

A partir dai, o jogo perdeu em intensidade. O Vasco era inofensivo na frente e se preocupava em não levar mais gols. O Atlético-MG seguia no ataque, mas pecava nas finalizações. Somente aos 32 minutos, os donos da casa marcaram, quando Allan acertou o travessão.

Somente nos minutos finais, o Vasco levou perigo em cobrança de falta de Fellipe Bastos. O Atlético-MG apenas administrou o resultado para sair com a vitória do Mineirão.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG 4 X 1 VASCO

Local: Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: Domingo, 04/10/2020
Horário: 20h30 horas (Brasília)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e Jose Eduardo Calza (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
Cartões amarelos: Allan, Junior Alonso e Dylan Borrero (Atlético-MG); Leandro Castán e Benítez (Vasco)
Cartão vermelho: Andrey (Vasco)

GOLS
ATLÉTICO-MG
: Guilherme Arana, aos 13min do primeiro tempo; Savarino, aos 17min do primeiro tempo; Guga, aos 28min do primeiro tempo; Keno, aos 36min do primeiro tempo
VASCO: Benítez, aos 8min do primeiro tempo

ATLÉTICO-MG: Everson, Guga, Réver, Junior Alonso (Igor Rabello) e Guilherme Arana; Jair (Dylan Borrero), Franco e Nathan (Allan); Savarino, Keno (Sávio) e Eduardo Sasha (Marrony)
Técnico: Jorge Sampaoli

VASCO: Fernando Miguel, Miranda (Fellipe Bastos), Ricardo, Leandro Castán e Henrique; Andrey, Carlinhos (Marcos Júnior) e Benitez; Vinícius (Yago Pikachu), Talles Magno (Bruno Gomes) e Germán Cano (Ygor Catatau)
Técnico: Ramon Menezes

Fonte: Gazeta Esportiva