Vascaíno pede anulação do jogo contra o Internacional na Justiça Comum

Um torcedor do Vasco da Gama recorreu à Justiça comum para anular o jogo contra o Internacional e pede a não homologação do Brasileiro 2020.

Gol validado contra o Vasco
Gol validado contra o Vasco

Um torcedor do Vasco da Gama propôs nesta quinta-feira (15), uma Ação Popular contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), requerendo a anulação do jogo contra o Internacional, pedindo também que a Justiça impeça a entidade de proclamar resultado do Campeonato Brasileiro 2020.

O denominado remédio constitucional poi peticionado na 38ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), e deve ser julgado ainda nesta semana o pedido liminar formulado na ação. Flávia Justus é a juíza competente para analisar o feito.

O vascaíno autor da ação argumenta em juízo que houve descumprimento do regulamento do arbitro de vídeo na validação do gol do Internacional contra o Cruzmaltino. Ele invoca precedente do Tribunal Carioca para fundamentar o cabimento da ação popular, citando que torcedores do Fluminense já utilização do referido remédio para afastar a proibição do pó de arroz dos estádios.

Relembre o caso

Em 14 de fevereiro de 2021, Vasco e Internacional jogavam pela 36ª rodada do Brasileiro, quando o Colorado marcou, aos 09 minutos do primeiro tempo, o seu primeiro gol na partida, com o volante Rodrigo Dourado, de cabeça.

Porém, o jogador estava impedido e o VAR, responsável por analisar a jogada, não funcionou, devido a uma pane. Ocorre que, um dos integrantes da equipe da arbitragem de vídeo disse ao árbitro para validar o gol, mesmo não tendo o suporte da tecnologia, configurando evidente erro de direito que prejudicou o Cruzmaltino no Campeonato Brasileiro.

Após não obter êxito nas instâncias judiciais esportivas, o Vasco da Gama não recorreu à Justiça comum, possibilidade que o torcedor acaba de fazer e pode, no mínimo, interromper os trabalhos da CBF no organização do Campeonato Brasileiro deste ano.

Parabéns ao nosso irmão vascaíno!

5 comentários
  • Paulo - 16 de abril de 2021

    O Vasco perdeu pontos importantes para times que lutavam para fugir do
    rebaixamento, mas o erro crucial foi trazer o Sá Pinto, num momento de desespero quizeram imitar o Flamengo, com tecnico portugues, vacilada da administracao do Vasco. Dirigente sem noção, se eu fosse escrever tudo, viraria um jornal. Agora vai lá e volta. Bando de Amadores.

    Responder
  • Eduardo - 16 de abril de 2021

    Parabéns 👏👏👏👏👏👏👏👏👏👍👍👍

    Responder
  • Jorge+cole+dos+santos - 16 de abril de 2021

    Qdo terminar este ano de 2021 eles iram decidir, por que tudo neste país é assim e principalmente para prejudicar o Vasco, aí é que não existe interesse, todos vimos a safadeza que foi e não precisa em discutir. Só não tiram o Vasco desta situação porque é muita corrupção.

    Responder
  • Claudemir Menezes gomes - 15 de abril de 2021

    Há de se dar crédito e parabenizar a atitude desse nosso irmão vascaíno pois essa coragem de persistir na luta pelos direitos do Vasco de ter o erro reconhecido pela justiça desportiva não teve muito empenho da parte do jurídico do Vasco, se a justiça der crédito na sua petição ele vai tirar o Vasco do rebaixamento; parabéns

    Responder
    • Helon Charles - 16 de abril de 2021

      Discordo de você! O Vasco caiu não foi nesses jogo. E erros piores aconteceram com outras equipes no decorrer do campeonato. Precisamos parar de levar tudo para o emocional e ver a realidade. Sou vascaíno desde os meus 3, 4 anos, hoje tenho 45. Nunca deixei de apoiar meu time, e só irei deixar quando for dessa para melhor. Prefiro ver meu time rebaixado a ter que seguir o exemplo triste do Fluminense e Bahia, pois só estão na série A por manipulação de regulamento em 2000. O Vasco irá retornar honrando a camisa e sua grande torcida, sem virada de mesa.

Deixe sua opinião

Últimas notícias
20 de setembro de 2021
Globo divulga nota se desculpando por erro em Vasco x Cruzeiro

TV Globo não informou que segundo gol do Vasco da Gama havia sido anulado e informou o placar final da partida errado.

19 de setembro de 2021
Falha de comunicação fez Fernando Diniz substituir Nenê por engano contra o Cruzeiro

Um equívoco fez com que o meia Nenê fosse substituído por engano no empate do Vasco da Gama diante do Cruzeiro.

Fernando Diniz comemora retorno da torcida a São Januário: ‘Ajudou demais’

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz comemorou o retorno do público ao Estádio de São Januário neste domingo.

Diniz mostra incômodo com mais um gol sofrido pelo Vasco nos acréscimos

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz não escondeu sua frustração com empate diante do Cruzeiro e detonou a arbitragem.

Fernando Diniz critica arbitragem e lamenta empate contra o Cruzeiro

Treinador do Vasco da Gama, Fernando Diniz, critica a arbitragem e lamenta mais um empate do time na competição.

1º vascaíno a entrar em São Januário neste domingo celebra retorno: ‘Não tem igual’

O primeiro torcedor do Vasco da Gama a entrar em São Januário neste domingo, comemorou o retorno do público aos estádios.

Risível! Vasco divulga balanço do chamado ‘Evento Teste em Vasco x Cruzeiro’

Diretoria do Vasco da Gama divulgou o ‘Balanço evento-teste Vasco x Cruzeiro’, numa atitude cômica de exaltação do erro.

Torcedores reclamam e Vasco justifica escolha de laboratório para exames de Covid

Torcedores do Vasco da Gama se queixaram do valor salgado cobrado no ingresso e no teste de Covid-19, exigido para o duelo com o Cruzeiro.

São Januário recebeu 309 torcedores contra o Cruzeiro; veja a renda

Com volta da torcida para o jogo do Vasco da Gama contra Cruzeiro, São Januário recebeu 309 torcedores e uma renda de R$ 34.625.

Diretoria do Vasco passa vergonha com ingressos a R$ 250; não vendeu a metade

A diretoria do Vasco da Gama passou vergonha ao disponibilizar mil ingressos para o jogo contra o Cruzeiro e não vender a metade.

Veja mais notícias