Thiago Galhardo lamenta falta de sequência no Vasco e afirma: ‘Sou muito grato por tudo o que vivi’

O atacante Thiago Galhardo lamentou não ter tido uma sequência no Vasco da Gama, mas faz agradecimento ao Clube.

Thiago Galhardo é um dos destaques do Internacional
Thiago Galhardo é um dos destaques do Internacional

Foi no Vasco que Thiago Galhardo começou a colher os frutos de uma mudança progressiva de posição que o transformou no atual artilheiro do Brasileiro, pelo Internacional, com 13 gols. Os clubes são adversários às 18h15 deste domingo, em Porto Alegre.

A passagem por São Januário, equipe onde mais atuou em dez anos de carreira — 52 jogos em 15 meses — ficou mais marcada pela saída conturbada do que pelas nove vezes que balançou as redes.

Contudo, pode ser considerado o “pré-sal” de um DNA de goleador, que faz com que Thiago, 31 anos, já tenha conversas com o Inter para ampliar o contrato válido até o fim de 2021.

— (A boa fase) passa também por um amadurecimento, está consciente de que precisa encerrar ciclos. Foi uma das coisas que a gente falou. Tem que viver esse momento. Surgiram algumas sondagens, mas acabou ficando, e vai ficar — afirma o diretor do Inter, Rodrigo Caetano.

Segundo Galhardo, o atual momento se explica pela forma diferente de jogar no Inter de Coudet. Hoje o atleta atua mais adiantado, como segundo atacante, e até como falso nove em alguns momentos.

— Em quase toda a minha carreira eu joguei em times reativos, que se fechavam e buscavam o contra ataque, e aqui no Inter é diferente. O Chacho pede sempre para jogarmos com intensidade, para tentarmos retomar a bola o mais rápido possível e isso te dá a oportunidade de estar mais perto do terço final do campo e, consequentemente, do gol — argumenta Thiago, ao EXTRA, completando:

— São muitos fatores que estão me ajudando nesse sentido, o mais importante deles é estar jogando em um time com a ambição do Internacional, que entra em todas as competições que disputa em condições de brigar por títulos. Ter ao meu lado jogadores de qualidade e contar com um treinador como o Chacho têm me facilitado bastante.

Questionado sobre o Vasco, o jogador evita polêmica, mas lamenta não ter tido sequência. Depois da saída, deu a volta por cima no Ceará, antes de brilhar no Inter.

— Aprendi muito e sou muito grato ao Vasco por tudo o que vivi enquanto defendi o clube. Vivi bons momentos, alcancei bons números no geral, mas depois da saída do Zé Ricardo acabou que não tive mais a sequência e confiança que precisava para seguir rendendo o meu melhor. Independente disso, foi uma experiência muito positiva em todos os sentidos.

Fonte: Extra Online

Leia mais sobreThiago Galhardo
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
17 de setembro de 2021
Justiça indefere pedido de sobrinho de Eurico cobrando R$ 247 mil do Vasco

Alexandre Brandão Miranda, sobrinho de Eurico Miranda, ainda terá que pagar quase R$ 22 mil pela derrota no processo contra o Vasco da Gama.

Fernando Diniz explica escalação de atacantes do Vasco em lados opostos

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz explicou porque escalou os atacantes em lados opostos na sua estreia pelo Clube.

Jogo contra o Cruzeiro marcará o reencontro entre Vasco e Vanderlei Luxemburgo

O jogo entre Vasco da Gama e Cruzeiro no próximo domingo marcará o reencontro do Cruzmaltino com seu ex-técnico, Vanderlei Luxemburgo.

Vasco solicita apenas 1 mil torcedores para o jogo contra o Cruzeiro

O Vasco da Gama teve o pedido atendido pela prefeitura do Rio e o Conselho Arbitral da CBF liberou a presença de público na Série B.

Fernando Diniz nega desgaste físico dos jogadores do Vasco contra o CRB

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz disse que os jogadores não tiveram desgaste físico no jogo contra o CRB.

Germán Cano se torna o 6º maior artilheiro do Vasco no século XXI

O atacante Germán Cano chegou a 39 gols e empatou com Alecsandro como sexto maior artilheiro do Vasco da Gama neste século.

Eduardo Paes brinca sobre público no jogo entre Vasco e Cruzeiro: ‘Fazendo meu lobby’

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro disse que fez ‘lobby’ pela liberação de público no jogo entre Vasco da Gama e Cruzeiro.

Efeito estreantes! Vasco acumulou números superiores que o CRB em empate

Nas estreias de Fernando Diniz e Nenê, o Vasco da Gama elevou o nível de atuação, mas ainda pecou individualmente e deixou a vitória escapar.

Zeca recebe o 3º amarelo e será desfalque contra Cruzeiro

O lateral-esquerdo do Vasco da Gama, Zeca, levou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão automática diante da Raposa.

Diniz projeta vitória contra o Cruzeiro e cita importância da torcida em São Januário

Fernando Diniz, técnico do Vasco da Gama, projetou a vitória contra o Cruzeiro e desejou que a torcida esteja em São Januário.

Veja mais notícias