Sônia Andrade destaca formação educacional dos atletas e papel de Campello na reforma do Colégio

No Dia dos Professores, Sônia relembrou a época em que lecionava e o quanto é importante que o Clube valorize o Colégio Vasco da Gama.

Raphael Fernandes
Por Raphael Fernandes
-  15 de outubro de 2020 às 23:48-  Atualizada em 15 de outubro de 2020 às 23:48
Alexandre Campello e Sônia Andrade
Campello e Sônia são amigos de longa data (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)
data-full-width-responsive="true"

Vice-presidente geral do Gigante da Colina, Sônia Andrade participou da reinauguração do Colégio Vasco da Gama nesta quinta-feira (15), data em que se comemora, simbolicamente, o Dia dos Professores.

Ela fez questão de destacar que iniciou sua carreira lecionando e que o Cruzmaltino se preocupa muito com a questão educacional de seus atletas.

– Comecei a minha vida como professora e eu sei o quanto é importante essa trajetória. Ser professor é exatamente o exercício da transformação das pessoas. O Vasco faz isso todo dia. Ele pensa no atleta, mas pensa em uma situação muito maior do que só ser atleta. Ele prepara homens e mulheres para a vida. Hoje, diante do Colégio, me reporto ao início da minha carreira profissional como professora – disse ela.

Ainda segundo Sônia, o presidente Alexandre Campello teve papel fundamental para que o Colégio Vasco da Gama fosse revitalizado.

– Quero agradecer muito ao presidente, porque quando nós entramos para a gestão, ele, ao ver o Colégio, sempre teve na cabeça que precisava dar qualidade de educação para esses jovens – complementou.

Inaugurado oficialmente em março de 2004 pelo então presidente Eurico Miranda, o Colégio Vasco da Gama, em seus pouco mais de 16 anos de existência, já formou centenas de alunos, entre eles Philippe Coutinho, Alex Teixeira, Alan Kardec, Souza e Talles Magno.