Sá Pinto relembra dificuldades no Vasco e dispara contra diretoria: ‘Não havia liderança’

Ex-técnico do Vasco da Gama, Ricardo Sá Pinto não poupou críticas ao presidente Jorge Salgado e expos as dificuldades financeiras do Clube.

Ricardo Sá Pinto durante jogo em São Januário
Ricardo Sá Pinto durante jogo em São Januário (Foto: Daniel Castelo Branco)

Ex-treinador do Vasco da Gama, o português Ricardo Sá Pinto soltou o verbo em entrevista concedida ao GE, que foi ao ar nesta terça-feira (22). O técnico, que teve uma rápida passagem pela Colina Histórica, entre outubro e dezembro de 2020, escancarou o momento de dificuldade financeira pelo qual o Clube atravessa e não teve papas na língua para criticar o então, início de gestão do presidente Jorge Salgado.

No que se refere a falta de dinheiro, Sá Pinto afirmou que não havia sequer tinta para fazer marcações no gramado durante os seus treinamentos. Além disso, o lusitano se queixou dos casos de covid, que acometeram jogadores do elenco durante o período em que esteve na Colina Histórica.

– Às vezes eu queria fazer marcações no campo, e não havia dinheiro para comprar tinta. Tínhamos que comprar, e os casos de Covid-19 acontecendo. O próprio Talles teve duas vezes Covid-19, e eu nunca tive o garoto na forma que o conheço.

O ex-comandante vascaíno também comentou o momento turbulento de eleições na época em que esteve à frente do time e da relação que tinha com os mandatários vascaínos no período. Campello, que estava deixando a cadeira de presidente, e Salgado, que havia sido eleito.

– Houve eleições no clube, e eu nunca tive o apoio presencial do novo presidente [Salgado]. O novo presidente nunca mandou mensagem. O antigo presidente [Campello], com quem eu tinha boa relação… Nos últimos três jogos, empatamos com o Fluminense, fizemos um grande jogo e merecíamos ter ganho. Ganhamos o Santos, finalista da Libertadores, no meu penúltimo jogo em casa. O presidente antigo me disse: “Ricardo, parabéns, você tem sido fantástico. Tens aguentado, não sei de onde busca força para aguentar esta pressão com esses problemas todos”. Eu disse: “Não se preocupe, presidente, porque nós vamos vencer no final”. Entretanto o novo presidente ficou de vir e fazer várias coisas.

Sá Pinto reclamou da ausência da nova diretoria em momentos cruciais para o time na reta final do Campeonato Brasileiro e não escondeu sua mágoa pela forma com que foi demitido.

Disse ao Zé Luis [então vice de futebol] de dar uma palavra à equipe, mas nunca apareceu. No último jogo, em que eu estou fora por estar suspenso, sou despedido assistindo ao jogo da tribuna. No duelo com o Athletico-PR, que vivia sua melhor fase, não foi ninguém da direção. Fomos mais uma vez sozinhos para o jogo. E os jogadores sem resposta, não havia liderança.

Ricardo Sá Pinto

Ricardo Sá Pinto comandou o Vasco em 15 jogos, conquistando três vitórias, seis empates e seis derrotas. O aproveitamento do português foi de apenas 33,3%.

Quando o treinador assumiu, o Gigante da Colina estava em 13º lugar no Campeonato Brasileiro, já quando foi dispensado, o time ocupava a 17º colocação, em um processo irreversível de queda para a segunda divisão.

Sob a tutela de Sá Pinto, o Time da Cruz de Malta também foi eliminado da Copa Sul-Americana, pelo Defensa y Justicia-ARG, na fase de oitavas de final.

Leia mais sobreRicardo Sá Pinto
4 comentários
  • D. Armando10 - 24 de junho de 2021

    Pior time + pior meio de campo + pior diretoria + pior técnico = maior fracasso da história do Vasco.

    Responder
  • Carlos Tavares De Oliveira - 23 de junho de 2021

    Isso só prova a incopentencia da diretoria atual alguemomento teme que tomar uma atitude mais enérgica se não a nauride vai pro saco vem levem ensinar como se eu administrador vem e mostra que tu é o cara

    Responder
  • Walter Carvalho - 23 de junho de 2021

    Quem é Sá Pinto? Qual foi o legado que ele deixou no Vasco? 3 colunas sobre ele. É brincadeira.

    Responder
    • Diego - 23 de junho de 2021

      a questão nem é essa cara, a questão é a imagem que o Vasco esta passando la fora… Clube FALIDO sem administração com zero responsabilidade… pega o caso mais simples do mundo que foi o transporte dos troféus do nosso Vasco… até com isso nos torcedores passamos vergonha, é todo santo dia um fiasco, é todo santo dia alguem metendo o clube na justiça e com certeza que vai vim alguem fala que tem que apoiar ajudar bla bla bla…. cara não da mais a torcida precisa se revoltar e tomar providencias porque assim não da mais… o Vasco corre SERIOS riscos de nem subir pra serie A em 2022…. quer mais oque ?

Deixe sua opinião

Últimas notícias
31 de julho de 2021
Assista a trechos do treino do Vasco desta sexta no CT do Almirante

O Vasco da Gama realizou, nesta sexta (30), seu último treino antes de enfrentar o Botafogo pela 15ª rodada da Série B.

Lisca diz que MT é opção para a lateral contra o Botafogo e prega cautela sobre Romulo

Enquanto MT tem tudo para ser o lateral-esquerdo titular do Vasco da Gama contra o Botafogo, sábado (31), Romulo não tem retorno garantido.

Gilvan, zagueiro do Botafogo, vê jogo difícil contra o Vasco: ‘Equipe qualificada’

O zagueiro Gilvan, do Botafogo, projetou a vitória contra o Vasco da Gama, mas destacou que não será um jogo fácil.

Vasco coloca à venda ingressos virtuais para o clássico contra o Botafogo

O Vasco da Gama colocou à venda os ingressos virtuais para o clássico contra o Botafogo, que será na noite deste sábado.

Arbitragem para o jogo entre Botafogo e Vasco

Arbitragem para o jogo entre Botafogo e Vasco da Gama neste sábado (31), no Nilton Santos, pela Série B do Brasileiro.

Romildo desfalca o Botafogo contra o Vasco

O volante Romildo, do Botafogo, não estará disponível ao técnico Enderson Moreira no clássico contra o Vasco da Gama.

Separados por 3 pontos, Vasco e Botafogo se enfrentam na Série B pela 1ª vez

O Vasco da Gama briga por uma vaga no G4, enquanto o Botafogo tenta se colocar na primeira página da tabela da Série B.

Confira quais canais transmitem o jogo entre Botafogo e Vasco

Confira quais canais transmitem o jogo entre Botafogo e Vasco da Gama, no Nilton Santos, pela Série B do Brasileiro.

Jabá se diz confiante para encarar o Botafogo e diz que Vasco é mais intenso com Lisca

Provavelmente mantido entre os titulares, Léo Jabá diz que o Vasco da Gama vai motivado para o clássico e analisa o novo trabalho.

Vasco deve ter MT, Andrey e Morato como titulares contra o Botafogo

MT entra na lateral-esquerda do Vasco da Gama devido às ausências de Zeca e Riquelme; já Andrey e Morato ganham as vagas de Galarza e Pec.

Veja mais notícias