Sá Pinto detalha esquema tático e variações dependendo de quem irá enfrentar

Técnico do Vasco da Gama, Ricardo Sá Pinto dissecou o esquema tático que o Gigante vem atuando e as adaptações que variam de time para time.

Avatar
Por Raphael Fernandes
-  23 de novembro de 2020 às 23:14-  Atualizada em 24 de novembro de 2020 às 21:48
Ricardo Sá Pinto em entrevista após São Paulo 1 x 1 Vasco (Foto: Reprodução/Vasco TV)

Tentando adaptar sua maneira de pensar futebol à equipe, o técnico Ricardo Sá Pinto detalhou, em entrevista coletiva à Vasco TV após o empate em 1×1 do Gigante da Colina com o São Paulo neste domingo (22), no Morumbi, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o esquema tático escolhido por ele para utilizar nesse início de trabalho à frente do Cruzmaltino.

– É um 4-3-3 quando jogamos ofensivamente e 4-5-1 defensivamente. Pode se tornar 3-5-2 mais para frente. Há jogos diferentes, cada jogo é uma história – disse o treinador.

Especificamente falando sobre o empate contra o São Paulo, Sá Pinto disse que o fato do Tricolor paulista ter tido mais posse de bola do que o Vasco foi premeditado, devido à discrepância técnica entre os dois times.

– Neste jogo, demos mais iniciativa ao adversário, pela qualidade e talento dos seus jogadores e porque tem esse estilo de jogo que chamamos de posse de mobilidade, de criação constante de linhas de passe, por dentro e por fora, perigosos em todos os momentos. Sabíamos que era um jogo que teríamos que adotar essa estratégia – complementou.

Por fim, o técnico português garantiu que a postura contra o Ceará, adversário da próxima segunda-feira (30), às 18h, em São Januário, pela 23ª rodada do Brasileirão, será oposta, uma vez que é o Vozão que esperará a iniciativa do Gigante em propor o jogo.

– Contra o Ceará, eles é que vão nos dar mais iniciativa. Estamos à espera disso e temos que melhorar ofensivamente – concluiu.

Vale lembrar que, antes de enfrentar o Ceará, o Vasco tem pela frente o Defensa y Justicia, da Argentina, nesta quinta-feira (26), às 21h30min (de Brasília), no Estádio Norberto Tomaghello, em Buenos Aires, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Leia Mais Sobre