Rossi diz que virou vascaíno e que só não renovou contrato devido a atrasos salariais

Atualmente no Bahia, Rossi comentou a passagem pelo Vasco da Gama em 2019 e revelou que não continuou no Clube em 2020 devido a dívidas.

Rossi em seus tempos de Vasco
Rossi em seus tempos de Vasco

Jogador do Vasco da Gama durante a temporada 2019, o atacante Rossi, atualmente no Bahia, em entrevista ao canal no YouTube Pilhado, do jornalista Thiago Asmar, nesta quinta-feira (11), exaltou o Gigante da Colina.

Segundo ele, o calor da torcida e o carinho dos profissionais que trabalham no Clube fazem o atleta se tornar torcedor cruzmaltino.

– Quem joga no Vasco, vira vascaíno. Esquece! Quando sente o calor da torcida, dos funcionários, vira vascaíno! Eu virei vascaíno – disse o jogador.

Paralelamente, Rossi afirmou que sua intenção era continuar em São Januário em 2020. No entanto, isso acabou não acontecendo pelo fato da diretoria, então encabeçada por Alexandre Campello, não ter cumprindo com as obrigações salariais.

– Não fiquei porque não me pagaram. Eu queria ficar, tanto é que não botei na Justiça. Tenho dinheiro a receber do Vasco, mas não pretendo acionar a Justiça – complementou.

O jogador não escondeu o desejo de um dia voltar a vestir a camisa Cruzmaltina, mas pontuou que o cenário político do Clube o desmotiva.

– Sempre falei pra minha família, tenho vontade de voltar! Mas do jeito que tava, não tem como. Espero que as coisas melhorem com novos gestores. Tem muito jogador que tem vontade de jogar no Vasco, mas isso desanima.

Contratado pelo Vasco no final de janeiro de 2019, Rossi, atualmente com 27 anos, disputou 44 jogos pela equipe e marcou quatro gols. Com ele em campo, foram 20 vitórias, 13 empates e 11 derrotas.

Leia mais sobreRossi
2 comentários
  • Jr - 12 de março de 2021

    Mercenario e pouca bola

    Responder
  • Ailton - 11 de março de 2021

    Foi um atacante que não marcava gols. Não é um goleador.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
17 de setembro de 2021
Fernando Diniz nega desgaste físico dos jogadores do Vasco contra o CRB

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz disse que os jogadores não tiveram desgaste físico no jogo contra o CRB.

Germán Cano se torna o 6º maior artilheiro do Vasco no século XXI

O atacante Germán Cano chegou a 39 gols e empatou com Alecsandro como sexto maior artilheiro do Vasco da Gama neste século.

Eduardo Paes brinca sobre público no jogo entre Vasco e Cruzeiro: ‘Fazendo meu lobby’

Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro disse que fez ‘lobby’ pela liberação de público no jogo entre Vasco da Gama e Cruzeiro.

Efeito estreantes! Vasco acumulou números superiores que o CRB em empate

Nas estreias de Fernando Diniz e Nenê, o Vasco da Gama elevou o nível de atuação, mas ainda pecou individualmente e deixou a vitória escapar.

Zeca recebe o 3º amarelo e será desfalque contra Cruzeiro

O lateral-esquerdo do Vasco da Gama, Zeca, levou o terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão automática diante da Raposa.

Diniz projeta vitória contra o Cruzeiro e cita importância da torcida em São Januário

Fernando Diniz, técnico do Vasco da Gama, projetou a vitória contra o Cruzeiro e desejou que a torcida esteja em São Januário.

Nenê deixa boa impressão em sua reestreia pelo Vasco

Em sua reestreia pelo Vasco da Gama, Nenê deixou boa impressão e arrancou elogios de torcedores cruzmaltinos.

Prefeitura do Rio libera e Vasco pode ter torcida em São Januário contra o Cruzeiro

Com o novo decreto da Prefeitura do Rio de Janeiro, o Vasco da Gama está prestes a ter de volta a torcida no Estádio de São Januário.

Após suspensão, Daniel Amorim fica à disposição do Vasco contra o Cruzeiro

Daniel Amorim está à disposição do Vasco da Gama para o jogo contra o Cruzeiro no próximo domingo, em São Januário.

Fernando Diniz justifica utilização de apenas 1 volante contra o CRB

Na entrevista coletiva após o jogo contra o CRB, o técnico Fernando Diniz explicou porque escalou o Vasco da Gama com apenas um volante.

Veja mais notícias