Ricardo Graça ou Miranda? Desempenho dos zagueiros cria boa dor de cabeça para Ramon Menezes

Tanto Ricardo Graça quanto Miranda têm tido boas atuações e criam chance até do Vasco da Gama atuar com três zagueiros.

Raphael Fernandes
Por Raphael Fernandes
-  25 de setembro de 2020 às 00:46-  Atualizada em 16 de novembro de 2020 às 10:15
Ricardo Graça e Miranda são oriundos da base do Vasco
Ricardo Graça e Miranda são oriundos da base do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
data-full-width-responsive="true"

Desde que Ramon Menezes assumiu o comando técnico do Vasco da Gama, a tão sonhada dupla de zaga formada por Ricardo Graça e Leandro Castan passou a ser escalada. Mesmo sendo dois jogadores canhotos, o primeiro se adaptou ao lado direito e vem fazendo boas partidas.

Acontece que, primeiro devido à testagem positiva para Covid-19 e posteriormente a uma lesão na coxa direita, Graça acabou ficando fora de alguns jogos, e isso abriu brecha para Miranda, que, por sua vez, não desperdiçou as oportunidades. Pelo contrário.

Com muita técnica, bom posicionamento, garra e personalidade, o defensor vai conquistando seu espaço e criando uma boa dor de cabeça para Ramon. Afinal, é possível escalar Miranda, Graça e Castan juntos?!

Embora seja destro, Miranda passou boa parte de sua trajetória nos juniores do Vasco atuando pelo lado esquerdo da zaga. Aquele típico caso de jogador que, por ter qualidade, vai para o outro lado para deixar seu companheiro mais à vontade onde se sente melhor.

No Vasco, porém, com a ausência de Graça, Miranda tem sempre jogado (e bem) pela direita. Agora, e quando Ricardo retornar?

A resposta é simples: por que não testar três zagueiros? Com Henrique, lateral de origem, abdicando de atacar por determinação do treinador, tornando-se quase um terceiro zagueiro pela esquerda, esse papel ficaria para um especialista da função.

Miranda pela direita, Leandro Castan na sobra e Ricardo Graça pela esquerda seria um trio de zaga de muita qualidade técnica e que aliaria juventude e experiência. É claro que não dá para afirmar que, na prática, as atuações e desempenho seriam ótimos. O futebol sempre gera surpresas. Mas que é uma hipótese a no mínimo ser testada, com certeza.