Protagonista, Alan Kardec relembra jogo do Vasco contra o Inter em 2007

O atacante Alan Kardec relembrou o jogo do Vasco da Gama contra o Internacional no Beira-Rio em 2007, onde foi o protagonista.

Embalado pelas duas vitórias consecutivas obtidas no Estádio de São Januário, o Vasco da Gama embarca neste sábado (19/10) para a cidade de Porto Alegre, onde terá seu próximo compromisso pelo Campeonato Brasileiro. Amanhã, domingo (20), às 16 horas, o Almirante mede forças com o Internacional no Beira Rio, em partida válida pela 27ª rodada do mais importante torneio nacional.

A história cruzmaltina está repleta de grandes duelos com o Colorado, alguns deles em solo gaúcho, outros na Cidade Maravilhosa. A última grande exibição do Gigante da Colina no Beira Rio, entretanto, ocorreu na temporada de 2007, também pelo Brasileirão. Em 01 de agosto o Vasco vinha de quatro derrotas consecutivas atuando fora de casa e um triunfo era considerado essencial para manter o time vascaíno próximo dos líderes.

Adversário do Almirante, o Internacional atravessava um dos melhores momentos de seu jornada, tendo em vista que vinha das expressivas conquistas da Conmebol Libertadores e do Mundial de Clubes, ambas ocorridas na temporada anterior. Além de contar com remanescentes desses títulos, o clube gaúcho tinha à sua disposição naquela partida um jovem que era considerado a maior promessa do futebol brasileiro: Alexandre Pato.

Quando a bola rolou, entretanto, quem brilhou foi Alan Kardec, um outro garoto, de DNA cruzmaltino, também estreante na disputa do Campeonato Brasileiro. Além de abrir o placar aos 30 minutos com uma certeira cabeçada, o prata da casa participou da jogada que resultou no segundo gol, anotado pelo experiente Leandro Amaral. Naquela ocasião, a vitória por 2 a 0 fez a equipe cruzmaltina pular para o 3º lugar da competição nacional.

- Tenho boas recordações do Beira Rio, principalmente por essa partida de 2007. Foi um jogo marcante para mim. Era um jogo fora de casa, contra uma grande equipe, com grandes jogadores. Eu lembro que havia uma comoção muito grande em cima do Alexandre Pato. Ele estava sendo vendido para o Milan. Eu era muito jovem, tinha a mesma idade dele, e pude ser protagonista de uma grande vitória do Vasco - relembrou Alan Kardec, hoje atuando no futebol chinês.

- Foi muito importante não apenas pela vitória, mas também por estar vestindo a camisa do Vasco, algo que sempre valorizei muito na minha vida. É uma camisa de muita história, tradição, e sempre foi gratificante para mim jogar com ela. Desejo uma boa sorte ao time. Que tudo possa ocorrer bem nesse final de semana. Vamos buscar essa vitória - completou o atacante, com exclusividade ao Site Oficial,

- Tenho acompanhado pela internet. O fuso horário acaba atrapalhando na hora de assistir aos jogos, e também não tive acesso aos jogos ao vivo aqui pela TV durante um bom período. Estive no Brasil recentemente e sempre procurei acompanhar o clube. Feliz demais com o trabalho do Professor Luxemburgo. Além de tudo que sabe e vem fazendo dentro de campo, ele tem resgatado também a confiança e mostrado aos atletas o quanto é prazeroso poder vestir a camisa desse clube. Quero desejar tudo de melhor e dizer que sempre estarei na torcida - finalizou o prata da casa.

Alan Kardec marcou contra o Inter em 2007

FICHA TÉCNICA

Internacional 0 x 2 Vasco da Gama
Campeonato Brasileiro 2007- 16ª rodada

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 01/08/2007 - 21h45min (de Brasília)
Árbitro: Sálvio Spinola (Fifa-SP)
Auxiliares: Valter José dos Reis (Fifa-SP) e Nilson de Souza Monção (SP)
Renda/público: R$ 280.640, 00 / 22.084 pagantes
Cartões amarelos: Clemer, Diego, Alex e Edinho (INT); Jorge Luiz e Roberto Lopes (VAS)
GOLS: Alan Kardec, 30'/1ºT (0-1); Leandro Amaral, 36'/1ºT (0-2)

Internacional: Clemer, Diego Bottin (Wellington Monteiro - Intervalo), Indio, Hidalgo e Alex; Magal, Edinho, Roger (Christian - Intervalo) e Pinga (Luciano Henrique - 4'/2°T); Alexandre Pato e Iarley. Técnico: Alexandre Gallo.

Vasco da Gama: Silvio Luiz, Jorge Luiz, Julio Santos e Vílson; Wagner Diniz (Thiago Maciel - 40'/2ºT), Roberto Lopes, Perdigão, Conca (Marcelinho, 44'/2ºT) e Rubens Junior; Leandro Amaral e Alan Kardec (Junior - 35'/2°T). Técnico: Celso Roth.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »