Pássaro fala sobre ‘blindagem’ em Cabo e reforça necessidade do acesso à Série A

O diretor executivo do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro, reforçou a necessidade de o Clube conseguir o acesso para recuperar receitas.

Alexandre Pássaro
Alexandre Pássaro (Foto: Vasco TV)

Convidado do programa Seleção SporTV desta sexta-feira (23), o diretor executivo do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro se mostrou preparado para possíveis dificuldades relacionadas ao trabalho do técnico Marcelo Cabo.

Como em qualquer relação entre técnico e torcida, é quase inevitável um momento de pressão e críticas diante de resultados não satisfatórios. O dirigente disse que a diretoria está preparada para ‘blindar’ o comandante vascaíno.

– Costumo falar internamente que vamos passar por momento turbulentos. Não existe nenhum cenário no Vasco ou em qualquer outro time, que não haja uma pequena turbulência. Vamos passar e estaremos preparados. O nosso desafio é dividir com presidente, vice, CEO, tudo o que tem sido feito no futebol. Para quando vier a turbulência, não vire uma grande onda de achismo. Que todas pessoas do clube entendam porque está jogando A e não B.

Disse o técnico, que completou:

– Lembrando sempre que a gente acompanha o dia a dia. Estamos entendendo a temperatura do vestiário. Lógico que quando entendermos que o ambiente e o resultados não estão vindo, não vamos intervir. Mas vou fazer de tudo para equilibrar. Ao longo da minha carreira já fiz várias trocas de treinadores. O grande equilíbrio é deixar todos na mesma página. Mas quando necessário mexer para o bem do projeto, vamos mexer. Mas deixando claro que estamos muito contentes com o trabalho do Marcelo Cabo.

Redução de receitas e contrato na Série B

Seguindo para um assunto administrativo, Alexandre Pássaro reforçou que é fundamental que o Vasco conquiste o acesso à Série A para que consiga reconquistar uma maior receita e evitar um cenário pior para o Clube na próxima temporada.

– O ano é total de resgate. Não dá para ter qualquer outro objetivo que não seja o acesso. Tudo está atrelado a esse acesso, a receitas. É uma bola de neve que, se a gente não sair logo dela, só aumenta e nos preocupa. Esses jogadores que chegaram têm contratos até dezembro. Alguns com cláusulas de renovação automática, desde que disputem um determinado número de jogos. Mas todos acreditam que vamos subir.

Não resta dúvidas que, mesmo disputando outras competições, casos do Estadual e a Copa do Brasil, o grande foco do Vasco é mesmo o acesso à primeira divisão. É a partir dele que o Gigante dará um passo adiante no processo de reconstrução, o que será complicado caso contrário.

Leia mais sobreAlexandre Pássaro
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
9 de dezembro de 2021
Vasco goleia em estreias no Carioca masculino e feminino de Beach Soccer

Enquanto no masculino o Vasco da Gama venceu o Ronald Carvalho por 8×3, no feminino o Cruzmaltino derrotou o Carioca por 9×0.

Yuri, volante do CSA, teria sido oferecido ao Vasco

Considerado um dos melhores jogadores da posição na Série B, Yuri está sendo analisado por Carlos Brazil, gerente-executivo do Vasco da Gama.

8 de dezembro de 2021
Graça teria duas propostas para deixar o Vasco, uma da Ásia e outra dos EUA

Conversas, porém, ainda são embrionárias; contrato com o Vasco da Gama vai até 2023 e, para sair, técnico Zé Ricardo teria que aprovar.

Edu reposta story no Instagram com crítica ao Vasco: ‘Diretoria incompetente’

Novo reforço do Cruzeiro, Edu compartilhou uma postagem de incentivo que, ao mesmo tempo, criticava a diretoria do Vasco da Gama.

Vasco lamenta morte de Mário Franco, ex-atleta do remo

Também conhecido como Boco Moco, Mário conquistou títulos como o Brasileiro, Sul-Americano e Pan-Americano pelo Vasco da Gama.

Cruzeiro acerta contratação de Edu; centroavante foi sondado pelo Vasco

Via redes sociais, Brusque revelou que o jogador está de saída para o Cruzeiro; negociação com o Vasco da Gama não avançou.

‘Gol’ de Nenê em famosa janela de Paris viraliza na internet; assista

De férias em Paris, meia do Vasco da Gama participou de brincadeira em famoso point local, acertou o alvo e levou os torcedores ao delírio.

Médico do Vasco celebra número baixo de lesões em meio às dificuldades da Série B

Chefe do departamento médico do Vasco da Gama, Gustavo Caldeira celebrou que número de lesões em 2021, isto é, 23, não superou 2020.

Carol Paiffer ‘puxa orelha’ de vascaínos e garante compromisso com o Vasco

A investidora Carol Paiffer não tem gostado dos spans de ‘Vasco’ promovido por alguns torcedores em suas lives.

Entenda a função que Brazil exercerá no Vasco; dirigente conhece bem Zé Ricardo

De volta ao Vasco da Gama, Carlos Brazil se reencontrará com Zé Ricardo, o mesmo que o indicou ao Gigante em 2018.

Veja mais notícias