Pássaro defende Cabo e prega cautela sobre possível troca de comando no Vasco

Alexandre Pássaro não negou pressão por demissão de Marcelo Cabo do Vasco da Gama, mas disse, em suma, que avaliação é sobre todo o trabalho.

O diretor executivo de futebol do Vasco da Gama, Alexandre Pássaro, se pronunciou nesta sexta-feira (25) sobre o atual momento cruzmaltino na Série B do Campeonato Brasileiro.

Longe do início esperado por todos, com três derrotas em seis jogos e apenas sete pontos conquistados em 18 disputados, Pássaro, entre outros assuntos, falou sobre o trabalho do técnico Marcelo Cabo, muito questionado pelos torcedores do Gigante da Colina.

O dirigente não negou a pressão existente pela demissão de Cabo, mas ressaltou que isso não será avaliado de maneira ”prematura”, digamos assim, lembrou do histórico recente do Cruzmaltino em relação à troca de treinadores e destacou o fato de que clubes que não seguiram esse caminho são hoje os considerados mais estáveis.

Não é a primeira e nem a última vez que a gente convive dentro do departamento de futebol com a pressão e com esse desejo em massa de troca de treinador. Nem sempre isso se mostrou correto ou produtivo. Aqui no Vasco, se pegar o passado recente, mesmo sem citar nomes, a gente sabe o que ocorreu. O que acontece não é nada diferente do que ocorreu nos últimos anos. Se pegarmos exemplos, aqueles clubes que conseguiram furar essa onda e passar para o outro lado são os que têm hoje maior estabilidade. Tentamos fazer isso aqui.

Alexandre Pássaro

Pássaro, no entanto, não descartou por completo a substituição caso a situação não tenha uma mudança de panorama, mas enfatizou novamente que é preciso calma para avaliar.

– Ninguém vai arriscar resultado e tabela em troca de um ideal de manutenção de treinador. Aqui nos preocupamos com a missão de subir na tabela. Mas não vamos subir na 6ª rodada ou parar de subir na 7ª – disse.

Por fim, o dirigente lembrou de casos similares ocorridos recentemente, citando o Paraná Clube e o próprio Vasco.

– De nada adianta sermos como o Paraná. No ano passado, neste momento, tinha 14 pontos e, no final, caiu para a Série C. De nada adianta sermos o Vasco do ano passado. Nesta rodada, despontava como candidato a titulo e Libertadores e hoje está na Série B, depois de três trocas de treinador. Aqui a gente avalia o trabalho – concluiu.

Próximo jogo

O Vasco volta a campo no próximo domingo (27), às 21h, em São Januário, contra o Brusque, atual 5º colocado na Série B. A partida é válida pela 7ª rodada da competição.

10 comentários
  • D. Armando10 - 26 de junho de 2021

    Técnico de segunda com filho bricando de ser assistente, um Diretor inexperiente e o Presidente assistindo.

    Responder
  • Ituassu - 26 de junho de 2021

    Um técnico que diz que Bruno Gomes joga mta bola e que a expulsão dele piorou o Vasco; um cara desses é um Amador e fraco. E pra piorar ainda escala Andrey.O que esperar de um técnico desses.

    Responder
  • Jeronimo - 26 de junho de 2021

    O Vasco trocou inúmeras vezes de treinador ( Alberto Valentim, Abel, Ramon, Luxemburgo duas vezes, o portuga Sá Pinto ) e nenhum deles obteve sucesso, então eu pergunto. Será que a solução está na simples troca de técnico ?

    Responder
  • Augusto - 26 de junho de 2021

    Pássaro tira esse tecnicuzinho de merda que é esse cabo e aproveita vc chama o salgado e pesam demissão antes que vcs consigam a cabar com o Vasco. RESPEITE O VASCO

    Responder
  • D. Armando10 - 26 de junho de 2021

    Foi por isso que foi desligado do São Paulo.
    Muito fraco, sem expeiencia e tem medo de tomar decisões.
    Técnico de segunda com Dirigente estagiário.
    Lamentável.

    Responder
  • MARCOS ALBERTO MATSUSHIMA - 26 de junho de 2021

    Quando cair para c vai defendendo

    Responder
  • Ivan+Carlos+Cardoso - 25 de junho de 2021

    Pássaro não defenda esse merda de técnico . Demita logo antes aue seja tarde

    Responder
  • Ivan+Carlos+Cardoso - 25 de junho de 2021

    O cara caia na real, ou seja, vc não é o dono da verdade e não fique defendendo esse FILHO DA PUTA desse técnico. Ele vai t levar tbm pro buraco seu otário. FORA CABO.

    Responder
  • Ivan+Carlos+Cardoso - 25 de junho de 2021

    ALEXANDRE PÁSSARO, POR SUA TEIMOSIA EM INSISTIR COM ESSE FRAQUÍSSIMO TÉCNICO O SENHOR SERÁ O ÚNICO RESPONSÁVEL PELA NÃO VOLTA A SÉRIE A. PODE AGUARDAR A COBRANÇA SERÁ PESADA

    Responder
  • junin - 25 de junho de 2021

    Parabéns.!! Enquanto vão passando a mão na cabeça desse amador , o fumo vai entrando a cada rodada. Vamos p frente.!!

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
29 de novembro de 2021
Reportagem destaca derrota do Vasco para o Londrina; assista

Confira agora a reportagem do programa Globo Esporte sobre o encerramento da participação do Vasco da Gama na Série B 2021.

Camisas Negras emite nota após derrota do Vasco para o Londina no fim da Série B

Confira a nota do grupo Camisas Negras sobre o ano 2021 do Vasco da Gama, considerado o pior da sua história.

Willams Meneses: deu até saudade de passar vergonha na Série A

Finalmente terminou essa temporada tenebrosa do Vasco da Gama, e não poderia ser de uma forma diferente, passando vergonha novamente.

Edmundo comemora derrota do Flamengo e publica montagem

O atacante Edmundo comemorou a derrota do Flamengo e postou uma montagem com as camisas do Vasco da Gama e Palmeiras.

Ira Jovem exige saída de Luiz Mello e de outros integrantes da gestão do Vasco

A torcida organizada do Vasco da Gama, Força Jovem, ainda pediu para que os sócios estatutários assinem o pedido de AGE.

Vasco é o 8º brasileiro com mais títulos internacionais, ultrapassado pelo Palmeiras

Com a conquista da Libertadores, o Palmeiras chegou a cinco títulos internacionais e ultrapassou o Vasco da Gama, que tem quatro.

Zé Ricardo e Ricardo Gomes ganham força no Vasco; Anderson Barros segue indefinido

Zé Ricardo está resolvendo pendências em seu ex-clube, Ricardo Gomes está próximo do acerto com e Anderson Barros segue incerto no Palmeiras.

Ernando agradece e se despede do Vasco

Por meio de publicação no Instagram, o zagueiro Ernando se despediu do Vasco da Gama nesta segunda-feira, após o fim da Série B.

Zé Ricardo estaria animado com possível retorno ao Vasco

O técnico Zé Ricardo, de 50 anos, estaria animado para iniciar um trabalho do zero no Vasco da Gama na temporada 2022.

Sônia Andrade lamenta fase do Vasco e questiona crias da base: ‘Irreconhecíveis’

Sônia Andrade lamentou a situação do Vasco da Gama e se mostrou admirada com o desempenho ruim das crias da Colina.

Veja mais notícias