Não deu! Vasco luta, mas perde para o Corinthians na estreia de Ricardo Sá Pinto

O Vasco da Gama até que jogou bem, mas perdeu para o Corinthians na estreia do técnico Ricardo Sá Pinto, jogo realizado em São Januário.

Por Anderson Montalvão
-  21 de outubro de 2020 às 23:34-  Atualizada em 22 de outubro de 2020 às 00:02
Ricardo Sá Pinto durante o jogo contra o Corinthians (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Com mais um gol de Everaldo no finalzinho, desta vez graças a desvio em Henrique, o Corinthians arrancou a vitória por 2 a 1 em cima do Vasco, em São Januário, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Antes, Mantuan e Ribamar haviam balançado as redes.

Na tabela

O resultado levou o Corinthians para a 10ª colocação, agora com 21 pontos. A posição não é definitiva ainda, mas livrou o alvinegro do Parque São Jorge do risco de voltar à zona de rebaixamento.

O Vasco caiu para 16º ao estacionar nos 18 pontos. Os vascaínos podem fechar a rodada no Z4, não vencem há nove jogos, no entanto, têm duas partidas a menos que os rivais paulistas.

Resumo do jogo

Apesar da iluminação fraca e da péssima condição do gramado, Corinthians e Vasco começaram bem o duelo alvinegro, principalmente os visitantes.

Em um contra-ataque mortal puxado por Mateus Vital, Cazares deu a bola açucarada para Gustavo Mantual pegar de chapa e marcar seu primeiro gol na equipe principal do Corinthians.

Na etapa final, Ribamar, que foi escalado em cima da hora devido a uma lesão de Cano no aquecimento, mandou uma bola no travessão ao escorar cruzamento de voleio.

Após o susto, os corintianos reclamaram muito de pênalti em cima de Mantuan. O árbitro sequer quis ouvir o VAR.

Na sequência, o Corinthians ainda teve dois gols bem anulados e uma grande chance com Éderosn, de cabeça. Mas, foi o Vasco que marcou, e com Ribamar, de letra.

Daí para frente, os técnicos mexeram bastante e os times passaram a criar chances em sequência. Vital, logo após o gol do Vasco, parou em Fernando Miguel, cara a cara.

O drama foi até o final, mas valeu a pena para o Timão. Aos 45, Everaldo foi cruzar, a bola desviou em Henrique e encobriu o goleiro do Vasco. Gol salvador, da vitória.

E agora?

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira para pegar o América-MG, na Neo Química Arena, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Na sequência, o duelo será contra o Internacional, pelo Brasileirão, de novo em Itaquera.

O Vasco vai enfrentar o Vasco, fora de casa, dia 1º de novembro.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 x 2 CORINTHIANS

Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: Quarta-feira, 21/10/2020
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes:Jean Marcio dos Santos e Vinicius Melo de Lima (ambos do RN)
VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Cartões amarelos: Leandro Castán (VAS); Éderson, Cantillo (COR)

GOLS:
Vasco: Ribamar, aos 27 minutos do 2T.
Corinthians: Gustavo Mantuan, aos 22 minutos do 1T, e Everaldo, aos 45 minutos do 2T

VASCO: Fernando Miguel, Cayo Tenório, Miranda, Leandro Castán e Henrique; Andrey (Léo Gil), Marcos Júnior (Lucas Santos), Carlinhos e Vinicius (Bruno); Talles Magno e Ribamar (Guilherme Parede)
Técnico: Ricardo Sá Pinto

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Fábio Santos; Xavier, Éderson (Camacho) e Ramiro (Gustavo Mosquito); Cazares (Luan), Mantuan (Everaldo) e Mateus Vital.
Técnico: Vagner Mancini

Fonte: Gazeta Esportiva