Campeonato Brasileiro - 8ª Rodada Serrinha
Goiás 1
X
0 Vasco

Não deu! Vasco luta com 1 a menos, mas não evita derrota para o Goiás

O Vasco da Gama perdeu para o Goiás no estádio da Serrinha, em partida marcada pela expulsão de Bruno Gomes.

Léo Matos durante o jogo contra o Goiás
Léo Matos durante o jogo contra o Goiás (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

O Vasco da Gama perdeu para o Goiás no estádio da Serrinha, em partida marcada pela expulsão de Bruno Gomes. O jogo, válido pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, era a oportunidade para o Gigante da Colina entrar no G4 pela primeira vez na competição.

Com a derrota, o Cruzmaltino perdeu duas posições e ocupa a oitava colocação na tabela, com dez pontos conquistados. O time escalado na derrota foi: Vanderlei, Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e MT; Bruno Gomes, Andrey (João Pedro), Galarza (Michel) e Sarrafiore (Léo Jabá); Morato (Gabriel Pec) e Cano (Daniel Amorim).

O Goiás, sob o comando de Pintado, jogou com Tadeu, Apodi, David Duarte, Reynaldo e Hugo; Breno (Everton Brito), Caio Vinícius e Élvis (Miguel Figueira); Luan Dias (Albano), Alef Manga (Dadá Belmonte) e Bruno Mezenga.

Primeiro tempo

O Vasco da Gama começou bem a primeira etapa, mas foi extremamente prejudicado com a expulsão de Bruno Gomes aos cinco minutos, sendo obrigado a jogar defensivamente e arriscar jogadas esporádicas, como contra-ataques durante toda a etapa.

Surpreendentemente, a equipe de Marcelo Cabo se mostrou aguerrida e conseguiu neutralizar as jogadas ofensivas do Goiás, que só surgiram com mais frequência a partir dos 35 minutos. O jogadores de meio-campo, como Sarrafiore e Andrey fizeram boa recomposição, com ajuda dos integrantes do sistema ofensivo, numa boa atuação coletiva.

A zaga vascaína foi muito bem, mas o destaque principal foi o goleiro Vanderlei, que, muito exigido, fez defesas difíceis e importantíssimas nas oportunidades em que o Goiás conseguiu criar. Com a casa fechadinha e time obediente à tática, o primeiro tempo terminou em 0 x 0.

No segundo tempo

Marcelo Cabo fez duas substituições no intervalo, colocando Léo Jabá e Michel e sacando Galarza e Sarrafiore, o time voltou agitado ofensivamente, comando as ações em campo, mas sem conseguir transformar as oportunidades em gols.

A postura vascaína obrigou o técnico Pintado a mudar o time goiano, mudanças que melhoraram a performance, mas o time de Marcelo Cabo sempre incomodava a defesa esmeraldina. Porém, aos 35 minutos, Everton Brito conseguiu furar o bloqueio vascaíno e abrir o placar.

A partir de então, o Goiás manteve o controle do jogo aproveitando do ímpeto diminuído do Cruzmaltino, que já cansado não oferecia tanto perigo. Chamou a atenção a quantidade de cartões amarelos no time vascaíno, que terá muitos desfalques na próxima rodada.

Análise

A expulsão de Bruno Gomes foi crucial para a derrota do Vasco em Goiânia. O fato traduz a pressão que há em São Januário, que precisa ser trabalhada para a sequência da temporada. Não nos ousamos a criticar contundentemente o jogador, que recentemente teve o carro apedrejado ao sair da Colina Histórica, embora ele precise se conscientizar do peso da camisa que veste. O descontrole dos seus pares que resultou em diversos cartões amarelos também diz muito sobre o momento do time.

A atuação coletiva é o ponto positivo a se destacar, assim como o desempenho defensivo de um time que soube se comportar jogando em desvantagem numérica. Noutras ocasiões, placar elástico não seria novidade. O time ainda precisa melhorar, e muito, ser mais efetivo ofensivamente, mas o jogo de hoje não é parâmetro para críticas.

Entretanto, é bom acordar, pois, já são cinco pontos abaixo do último colocado no G4, e é urgente a necessidade de uma sequência positiva de resultados. Não há mais espaço para derrotas e a volta à elite do Campeonato Brasileiro corre sérios riscos de não acontecer.

Fotos

Melhores momentos

Próximo desafio

O próximo jogo é em casa, sábado (03), às 16h30min, contra o Confiança, partida válida pela oitava rodada da competição. O adversário perdeu o último jogo para o Coritiba e ocupa a 15ª colocação na tabela, com oito pontos conquistados.

Leia mais sobreGoiás
22 comentários
  • Liberato Pereira da Silva Filho - 1 de julho de 2021

    Não vamos ser fanáticos ao ponto de julgar o Vasco seja superior ao Goiás ,no máximo o que poderiamos esperar seria um empate pois os times são pareios ,mas o fator campo penderia para o time goiano a vitória ,são times medianos ,times para participarem de uma segunda divisão ,ser campeão é sonho distante ,mas a expulsão do jovem Bruno Gomes com apenas cinco minutos de jogo em tese facilitou para os esmeraldinos .Não si pode exigir ganhar jogando todo o tempo dez contra onze .No momento o que seja mais prioridade é analisar o comportamento de um atleta que em menos de quinze dias seja expulso de campo.Será que as atitudes de um bando de marginais que si diz torcedor ter danificado seu carro e as ameaças tenha abalado seu estado psicológico e emocional ? Marcelo Cabo ,deveria relaciona-lo ,mas não escala-lo e, cabe a diretoria ou Departamento Médico submeter o jovem atleta a sessão de tratamento psicológico e não crucifica-lo .Quanto ao time mesmo sem esquema lutaram ,brigaram muito pela bola ,não si pode critica-los .O elenco mostra um completo descontrole dentro e fora de campo , daí tantos cartões amarelos e vermelhos e deste jeito vamos torcer para ficarmos na série B é que no momento merecemos .

    Responder
  • Flávio+Soares - 1 de julho de 2021

    Bando de frouxo!! Não merece vestir essa camisa!! Time horroroso!! Só tem carniça!! Hoje é só chacota!! Não mete medo em ninguém mais!! Só nos resta as boas recordações!! Torcedor vascaíno não aguenta mais passar vergonha!!

    Responder
  • Valdimar Medeiros - 1 de julho de 2021

    Certeza, certeza, o Vasco não cai para série C, como também não sobe para A, cada jogo nos mostra a péssima qualidade do time, como foi dito, série B é jogo duro de pegada, nossos atletas distribuem a bola com mais 60 por cento de erros. É erro da escolinha vascaina

    Responder
  • Sylvio Fernandes - 30 de junho de 2021

    Boa, parabéns, clube de lacradores, outra porrada de tantas outras q virão, parabéns, bajuladores de ideologia de bosta 10, futebol 0, rumo à série C, D e todo abecedário. Ué não jogaram com a camisa vergonha alheia? Chora queimadores de rosca.

    Responder
  • Luiz Claudio - 30 de junho de 2021

    A expulsão do “Bosta Gomes” não determinou o fracasso. O time já é de fracassados. Jogadores mortos, sem qqr técnica, não sabem dominar e tocar uma bola corretamente.
    Marcar? Nem pensar! Bando de perdidos em campo. Pra completar, esse técnico sem moral e comandamento que não sabe estabelecer uma tática.
    Amigos vascaínos: “NÃO VAMOS SUBIR PARA A SÉRIE A”.

    Isso é triste, mas é a verdade.

    O VASCO NÃO MERECE ESSES VERMES

    Responder
  • Ailton - 30 de junho de 2021

    Foi lindo novamente técnico maconheiro FDP

    Responder
  • Ailton - 30 de junho de 2021

    Falei que ia ser assim, ganha 1 e perde 1 até não ter mais jeito aí toma providência

    Responder
  • Luiz Amorim - 30 de junho de 2021

    Esse Bruno Gomes e um merda e ainda prejudica o time q precisava ganhar

    Responder
  • Luiz Amorim - 30 de junho de 2021

    Esse Bruno Gomes e muito fraco quando não toma cartão amarelo na partida é expulso. Lamentável o técnico insiste em manter esse garoto no time

    Responder
  • Waldionor Monteiro Silva - 30 de junho de 2021

    O culpado é Marcelo Cabo que escala Andrey e Bruno Gomes, sabendo que os dois estão despreparados não marcam, não tem boa saída de bola, fazem muita falta é ridículo com os dois é certo o Vasco tomar gol arrebentaram o Vasco o ano passado e esse ano vai ser pior a segunda é jogo muito pegado!

    Responder
    • Aurélio Belido - 1 de julho de 2021

      FORA CABO, burro, jumento, teimoso, RETRANQUEIRO, MEDROSO.

  • Samuel Tarso - 30 de junho de 2021

    Kkkkk piada !!!! Ainda falei q era um absurdo escalar esse cara!! Parabéns Psssaro por manter esse técnico , qual explicação agora Kkkkk lamentável

    Responder
    • marcos paulo - 30 de junho de 2021

      quando faltar 3 rodadas para terminar o campeonato ele troca o treinador.

  • Genivaldo Menezes - 30 de junho de 2021

    Eu havia dito num comentário hoje que Bruno Gomes não deveria entrar jogando por calsa da infantil expulsão no jogo contra o Avai mas Tecnico teimoso o coloca hoje e novamente outra expulsão por falta de responsabilidade! Jogador tem que ter acompanhamento com psicologo. Time ta fraco e Marcelo Cabo ainda não encontrou uma formação que possa dar certo e o time jogar bem se é que isso é possivel.

    Responder
  • Márcio Mendes Pacheco - 30 de junho de 2021

    Vende logo esse pereba do Bruno Gomes pra pagar umas contas aí atrasada. Jogador pereba da porra. Todo jogo pega cartão vermelho. Vtf.

    Responder
  • Benedito - 30 de junho de 2021

    Salgado aproveita multa esse Bruno Gomes 2 jogos e expulso e prejudica nosso Vasco ou manda embora

    Responder
  • Benedito - 30 de junho de 2021

    Salgado continuar assim o Vasco não sai disso tua administração é um desastre manda embora Marcelo cabo a tes que seja tarde demais

    Responder
  • marcos paulo - 30 de junho de 2021

    Esse jogador Bruno precisa de uma ajuda psicatrica.

    Responder
  • Fernando - 30 de junho de 2021

    Time fraco, fraco, fraco

    Responder
  • marcos paulo - 30 de junho de 2021

    se continuar assim esquece 1 divisao.

    Responder
  • Josh - 30 de junho de 2021

    Time de bonecas ! Fora o castan o restante joga de calcinha…. cadê a bandeira colorida ? Tomou legal heim ? Rumo a terceira D.

    Responder
  • Raimundo Vicente de Souza - 30 de junho de 2021

    Se tá perto de mim esse peladeiro Bruno Gomes ele toma uma porrada na cara.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de janeiro de 2022
Assista aos golaços de Figueiredo e Andrey Santos contra o São Paulo na Copinha

Vasco da Gama deixa a Copinha com dois belos gols protagonizados por Figueiredo e Andrey, especialmente o primeiro.

Nenê retoma a 10 após 4 anos; relembre quem usou o número após a saída do meia

Entre 2018 e 2021, camisa 10 do Vasco da Gama foi utilizada por Evander, Bruno César, Benítez e Morato; destes, apenas o argentino fez jus.

Zé Ricardo ganha protagonismo no futebol do Vasco, que segue busca por um camisa 9

Treinador participa ativamente das decisões do departamento de futebol do Vasco da Gama, que ainda tenta a contratação de um centroavante.

Renovação de contrato de Miranda com o Vasco é considerada bem encaminhada

Zagueiro está suspenso por doping desde setembro e vem treinando em separado; Vasco da Gama vê no atleta um ”ativo” e deseja renovar.

Figueiredo lamenta eliminação na Copinha e revela: ‘Meu último jogo no Sub-20’

Centroavante, que será integrado aos profissionais, agradeceu ao elenco e à comissão técnica do Vasco da Gama na Copinha pela campanha.

17 de janeiro de 2022
Lucão acerta com o Bragantino; Vasco manterá parte dos direitos econômicos

Goleiro fecha por 5 anos com o time paulista; Vasco da Gama não deve receber nada pela transferência, mas manterá percentual econômico.

Caio Eduardo recebe proposta do NK Lokomotiva Zagreb, da Croácia

Jogador, que atua como volante e lateral-esquerdo, está afastado pelo Vasco da Gama devido a imbróglio por renovação contratual.

Assista aos melhores momentos de São Paulo 4 x 2 Vasco pelas oitavas da Copinha

O Vasco da Gama perdeu por 4×2 para o São Paulo nesta segunda (17) e foi eliminado da edição 2022 da Copinha.

Vasco perde por 4 x 2 para o São Paulo e se despede da Copinha

Mesmo com pressão no fim do jogo, o Vasco da Gama não conseguiu superar o São Paulo e está eliminado da Copinha 2022.

Vasco teria iniciado conversas pelo centroavante Getúlio, ex-Avaí

Pertencente ao Tombense, jogador atuou as duas últimas temporadas pelo Avaí, clube que o revelou; Vasco da Gama quer um centroavante.

Veja mais notícias