Mudança de posição foi decisiva para não saída e reviravolta de Miranda no Vasco

Em ascensão na equipe principal, o zagueiro do Vasco da Gama, Miranda, já foi meio de campo e esteve próximo de deixar o Clube em 2014.

Avatar
Por Willams Meneses
-  17 de setembro de 2020 às 09:32-  Atualizada em 16 de novembro de 2020 às 10:16
Miranda nos tempos de Sub-15 do Vasco (Foto: Vasco)

Em meio ao sucesso da garotada na equipe principal do Vasco da Gama na temporada 2020, um caso que tem chamado a atenção recentemente é o de Miranda. Com as recentes ausências de Ricardo Graça, o zagueiro de 20 anos vem recebendo oportunidades com o técnico Ramon Menezes.

Miranda, inclusive, tem conseguido aproveitar as oportunidades, o que não pode-se dizer que é uma surpresa. O zagueiro conta com uma grande expectativa desde os tempos de base, com destaque para suas participações nas últimas Copinhas. Com qualidade técnica diferenciada, ele tem tudo para construir uma bela carreira.

Uma curiosidade que quase ninguém sabe é que ele já foi meio-campista na base, mais precisamente até o Sub-15. A mudança para a zaga aconteceu após uma conversa com Sérgio Oliveira, técnico da categoria na época, e com o coordenador Ricardo Lopes, que observaram a sua altura e boa impulsão.

O ano era 2014 e Miranda esteve muito próximo de deixar em São Januário, onde está desde a época do futsal, por causa das poucas oportunidades que vinha tendo no meio de campo. No entanto, com a mudança ele ganhou espaço, se tornou destaque e já no ano seguinte foi convocado à Seleção Brasileira.

A lembrança da grande reviravolta de Miranda no Vasco foi lembrando pelo site UOL Esporte. Miranda está nos profissionais desde o ano passado, promovido após ser o capitão vascaíno na grande campanha da Copinha de 2019. Em 2020, disputou a competição novamente com a braçadeira, o que conquistou graças, além da qualidade, à sua postura centrada dentro e fora de campo.

Leia Mais Sobre