MT é apontado como possível destaque do Vasco no Carioca

Aos 20 anos, MT é uma das apostas do Vasco da Gama para o Carioca e pode virar o destaque do time na competição.

MT, jogador do Vasco
MT, jogador do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro)

Aos 115 anos de idade, o Campeonato Carioca já não consegue se sustentar no interesse da população vendendo-se como o mais charmoso e um dos mais tradicionais do país. É preciso se renovar. E é justamente nesta palavra que pode estar o caminho para o sucesso do torneio — que estreia sua fase principal hoje, com Flamengo x Nova Iguaçu, às 21h35, no Maracanã. Se já não é capaz de atrair pelo nível técnico da maioria dos jogos, a competição tem um farto material a ser aproveitado para se firmar como reveladora de talentos.

Do campeão brasileiro Flamengo aos rebaixados Vasco e Botafogo (sem esquecer o Fluminense com todo o potencial de Xerém), o que não faltam são joias com sede de mostrar suas credenciais. E a edição deste ano se revela mais do que apropriada. Sem férias entre as duas temporadas por causa das alterações no calendário provocadas pela pandemia de Covid-19, os clubes irão aproveitar suas promessas enquanto o elenco principal ganha um mínimo de descanso.

Vale lembrar que a base dos quatro grandes tem se mostrado competitiva. No ano passado, o sub-20 do Vasco ganhou a Copa do Brasil da categoria. Já o sub-17 do Fluminense venceu o Brasileiro. O Flamengo, por sua vez, faturou o Brasileiro das duas categorias em 2019 e a Copa do Brasil sub-17 de 2018. No Botafogo, muitos dos garotos foram promovidos ao time principal como última tentativa de salvar a desastrosa temporada do clube. Não evitaram a queda mais do que anunciada para a Série B, mas devolveram o mínimo de dignidade para a camisa alvinegra.

Falta, no entanto, a própria Ferj enxergar este potencial em seu principal produto. Uma cláusula do regulamento prevê multa para quem não escalar sua equipe considerada principal sem os “motivos justos”. Como a regra carece de detalhes mais específicos, resta torcer para que ela não vá à frente e impeça os torcedores de conhecerem melhor os candidatos a ídolos.

Hugo Moura, 23 anos

A temporada 2020 foi complicada para a ascensão de jovens no Flamengo. Antes do surto de Covid-19 que obrigou o clube a recorrer à base no Brasileiro, o volante Hugo Moura foi emprestado ao Coritiba. Mas ao fim do vínculo está de volta como uma das atrações da equipe no Campeonato Carioca. Aos 23 anos, teve a rodagem necessária fora do Flamengo e retorna como aposta da diretoria e do técnico Rogério Ceni.

A ideia é que o jogador seja uma opção a Willian Arão, tanto no meio-campo como na zaga. Antes de deixar o Flamengo, Hugo Moura já havia sido testado improvisado no setor, e agradou. No Coritiba, foi só primeiro volante e deixou boa impressão, atuando em 24 dos 28 jogos que jogou como titular. Agora, é a vez de ser observado em pelo menos algumas partidas. Como só se apresentou nesta segunda pelo fato de ter terminado o Brasileiro com o Coritiba, Hugo ainda não está inscrito, e não enfrenta o Nova Iguaçu. Só deve estrear no fim de semana contra o Macaé.

Em 2019, o volante atuou em cinco partidas do Estadual e uma pelo Brasileiro. Já em 2020, jogou só quatro jogos. Com a idade estourada e já integrado aos profissionais, o empréstimo surgiu como opção, mas antes o Flamengo renovou o contrato do jovem até 2023. Agora, Hugo tem mais uma oportunidade de provar que pode seguir com o grupo para o restante da temporada.

Kayky, 17 anos

Sem férias entre uma temporada e outra e com a Libertadores como compromisso principal, o Fluminense pretende fazer de suas joias as protagonistas do Carioca. Em meio a tantos candidatos a revelação, um trio sai na frente. Ele é liderado por Kayky. O ponta de 17 anos deve se transferir, em 2022, para o Manchester City, de Pep Guardiola. O Fluminense acertou sua venda para o City Group, que administra uma série de clubes. Entre eles, o gigante inglês. E os planos do grupo para o atacante incluem levá-lo para o atual líder da Premier League.

Kayky já ganhara holofotes no ano passado ao ser escolhido melhor sub-17 do planeta pela página Football Talent Scout, especializada em jovens talentos. Ainda recebeu a alcunha de “Neymar canhoto”. Tem facilidade para driblar e finaliza com as duas pernas. Foi campeão e artilheiro do último Brasileiro Sub-17, com 12 gols. Mas também se destaca em assistências.

Kayky deve ser muito aproveitado pelo Fluminense este ano. Assim como o volante Metinho, outro negociado ao City Group. O destino do garoto de 17 anos deve ser o Troyes, da França. O também volante André completa o trio de candidatos a revelação. Com 19 anos, teve poucas oportunidades na última temporada. A expectativa é de que, agora, ganhe mais chances.

MT, 20 anos

Matheus Nunes Fagundes de Araújo, mas pode chamar apenas de MT. O estilo, do apelido às luzes no cabelo e na barba, reflete também em campo: o meia-atacante, uma das principais apostas da base vascaína, tem a habilidade e os dribles curtos como algumas de suas principais características.

O jovem, que completou 20 anos nesta segunda, veio da base do Volta Redonda aos 17 anos para reforçar a equipe de São Januário. Desde então, vem crescendo e ganhando espaço nas categorias inferiores. Foi dele o segundo gol do empate em 2 a 2 com o Atlético-MG, que deu o título da Supercopa do Brasil Sub-20 ao cruz-maltino, no último dia 21, nos pênaltis.

Um dos principais goleadores da base na vitoriosa temporada 2020 — terminou com 10 gols em 37 jogos —, MT vem se aproximando cada vez mais do gol à medida que vai dando passos na carreira. Já jogou como lateral e meio-campista, mas hoje tende a ocupar as faixas laterais do ataque. Alto (1,85m) e rápido na tomada de decisões, tem bom passe e chega bem para as finalizações na grande área.

Emprestado ao Vasco até o fim de 2021 — sua aquisição custa cerca de R$ 600 mil —, é um dos 20 convocados do sub-20 que treinam com Diogo Siston para a estreia contra a Portuguesa, nesta quarta, às 21h. Tem grandes chances de estrear.

Enio, 20 anos

Em processo de reformulação depois da queda para a Série B, o Botafogo entra em campo para a disputa do Carioca mantendo a aposta nos jovens da base que terminaram o Brasileiro. Entre eles, o meia-atacante Enio, que completa 20 anos nesta quarta, dia da estreia da equipe contra o Boavista. E pode ser uma surpresa agradável ao lado da principal jóia alvinegra, o meia Matheus Nascimento, de 16 anos.

O atacante terminou a temporada 2020 como titular diante do Ceará, já sob os olhares do novo técnico, Marcelo Chamusca, anunciado dias antes. Enio é uma das revelações da equipe que subiram antes mesmo da competição regional, para o restante da temporada. E chama atenção por sua qualidade e habilidade, duas características que faltaram ao Botafogo ano passado.

Com vínculo até 2020, o jovem atacante brilhou pelo clube nas duas últimas edições da Copa São Paulo. E já foi convocado para período de treinos para ajudar na preparação da seleção sub-17 no Mundial. No último ano, marcou 10 gols em 27 jogos pelo time sub-20 do Botafogo. Sua história pessoal toca a todos no clube. Morador de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, Enio perdeu o pai com sete anos, quando começou a jogar futebol, e por pouco não abandonou o sonho. Mas seguiu adiante pela mãe e pelos seis irmãos.

Fonte: O Globo Online

Leia mais sobreCampeonato CariocaMT
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
13 de junho de 2021
Cabo explica alterações contra o Brasil de Pelotas e exalta Daniel Amorim: ‘Muito útil’

Técnico do Vasco da Gama, Marcelo Cabo explica entradas de Juninho, Riquelme e Daniel Amorim contra o Brasil e elogia o centroavante.

Marcelo Cabo vê primeira vitória na Série B como um ‘divisor de águas’ para o Vasco

Marcelo Cabo acredita que o Vasco pode emplacar uma sequência de vitórias na competição após o triunfo de virada sobre o Brasil de Pelotas.

12 de junho de 2021
Salgado dedica vitória do Vasco a Antônio Lopes; presidente agradece aos jogadores

Presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado comemorou a vitória Cruzmaltina neste sábado (12) e a dedicou ao ex-técnico Antônio Lopes.

Cabo exalta atuação de Marquinhos Gabriel contra o Brasil de Pelotas: ‘Âncora do time’

Técnico Marcelo Cabo elogiou Marquinhos Gabriel, que retornou à equipe titular do Vasco da Gama contra na vitória sobre o Brasil de Pelotas.

Enquete VN: a quem você atribui o pífio início do Vasco na Série B?

O site Vasco Notícias lança enquete para ouvir os vascaínos sobre o desempenho pífio do Vasco da Gama neste início de Série B.

Cabo cita dificuldades do Vasco e destaca reação: ‘Fizemos um bom jogo’

Técnico do Vasco da Gama, Marcelo Cabo admitiu os problemas que o time teve na partida contra o Brasil-RS, mas enalteceu a vitória.

Próximos jogos do Vasco

Veja os próximos jogos do Vasco da Gama nesta temporada 2021, que serão disputadas em diversas competições.

Daniel Amorim celebra gol contra o Brasil de Pelotas: ‘Apenas o 1º passo’

Centroavante do Vasco da Gama, Daniel Amorim marcou seu primeiro gol com a camisa cruzmaltina e disse que é apenas o ”primeiro passo”.

Assista aos melhores momentos de Brasil de Pelotas 1 x 2 Vasco

Confira os principais lances da vitória do Vasco da Gama diante do Brasil de Pelotas pela terceira rodada da Série B.

Notas dos jogadores do Vasco contra o Brasil de Pelotas

Notas dos jogadores do Vasco da Gama na partida deste sábado, contra o Brasil de Pelotas, pela 3ª rodada da Série B.

Veja mais notícias