Marcos Júnior mostra confiança para partida contra o Defensa y Justicia

Meio-campista do Vasco da Gama projetou o duelo desta quinta-feira (26) contra a equipe argentina do Defensa y Justicia.

Avatar
Por Altair Alves
-  25 de novembro de 2020 às 00:06-  Atualizada em 25 de novembro de 2020 às 00:06
Marcos Júnior em ação contra o Botafogo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Atravessando um momento de recuperação dentro do Campeonato Brasileiro, o Vasco da Gama muda o foco no meio desta semana para iniciar sua participação nas oitavas de final da Conmebol Sul-Americana 2020. Nesta quinta-feira (26/11), às 21h30, o Almirante mede forças com o Defensa y Justicia, da Argentina, pelo jogo de ida. A partida será disputada no Estádio Norberto Tomaghello, localizado na cidade de Florencio Varela, na Província de Buenos Aires. O objetivo cruzmaltino é retornar ao Brasil com alguma vantagem na bagagem, adquirindo assim tranquilidade para a partida de volta, marcada para o dia 03 de dezembro, em São Januário.

– Estamos treinando de forma muito intensa. O professor Ricardo vem trabalhando muito a parte tática, e temos conseguido nos adaptar bem ao que ele vem pedindo. Vamos continuar nos dedicando ao máximo, pois dessa forma os resultados vão começar a aparecer. Tivemos uma boa atuação contra o São Paulo, poderíamos ter vencido, e esse desempenho nos motiva, nos deixa bastante confiantes. Sabemos que não encontraremos facilidade lá na Argentina, pois o Defensa y Justicia possui uma boa equipe, mas queremos conquistar alguma vantagem para termos tranquilidade para decidir a classificação dentro da nossa casa – afirmou Marcos Jr, que vem vivendo um sonho dentro do importante torneio continental.

– Essa é a minha primeira competição internacional. Está sendo muito bom disputar a Sul-Americana. Venho procurando aproveitar essa oportunidade da melhor maneira, pois sempre sonhei em participar de campeonatos dessa importância. Parecia algo distante há um ano, quando ainda estava no Bangu. Tenho procurado me dedicar ainda mais nos treinamentos para conseguir corresponder quando as chances no time aparecerem. Quero ajudar a equipe a seguir na briga pela Sul-Americana – declarou o camisa 20 cruzmaltino.

Diante do Defensa y Justicia, o Gigante da Colina não terá força máxima. Algumas jogadores importantes seguem afastados do grupo em virtude do período de quarentena provocado pela Covid-19, casos dos titulares Fernando Miguel, Martín Benitez e Talles Magno. Outro desfalque é meio-campo Andrey, que recebeu o terceiro cartão amarelo diante do Caracas (VEN), no mais recente compromisso vascaíno pela Conmebol Sul-Americana. Os zagueiros Miranda e Leandro Castan, entretanto, foram liberados pelo departamento médico e estão à disposição da comissão técnica para o importante desafio. O sistema defensivo, diga-se de passagem, vem fazendo bonito. O Almirante ainda não foi vazado dentro da competição continental.

– Os números mostram o bom momento da nossa defesa. Estamos sofrendo poucos gols, mas não apenas na Sul-Americana. Eu nunca tinha jogado nesse esquema com três zagueiros, é uma novidade para mim, mas venho me adaptando bem, procurando fazer sempre tudo que o professor vem pedindo nos treinamentos. Acredito que essa boa fase passa muito pela nossa concentração durante os treinamentos. Nosso time está sendo obediente taticamente. Tenho certeza que em breve vamos evoluir também na parte ofensiva. Contra o São Paulo, até criamos, tivemos grandes oportunidades, só não aproveitamos. Que na Argentina a gente consiga ser eficiente – finalizou o meio-campista.

Fonte: Site oficial do Vasco