Luxemburgo pede calma com Gabriel Pec e Talles Magno

Técnico do Vasco da Gama, Vanderlei Luxemburgo disse que utilização de Pec tem sido natural e pediu paciência com Talles, que não vem rendendo o que pode.

Vanderlei Luxemburgo durante o jogo contra o Palmeiras
Vanderlei Luxemburgo durante o jogo contra o Palmeiras (Foto: Marcos Ribolli)

Em entrevista coletiva na Vasco TV após o empate em 1×1 com o Palmeiras na noite desta terça-feira (26), no Allianz Parque, em São Paulo, em partida atrasada da 1ª rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Vanderlei Luxemburgo comentou as atuações do meia Gabriel Pec e do atacante Talles Magno e fez questão de pedir calma em relação aos dois jogadores.

Sobre Pec, especificamente falando, que entrou no segundo tempo justamente no lugar de Talles, Luxa disse que sua utilização tem sido ”natural”, devido ao seu bom desempenho recente, e ressaltou que o jogador buscará seu espaço aos poucos, sem que seja preciso ”forçar a barra” para sua titularidade logo.

– O futebol é assim. Eu coloco o Pec para jogar, ele não vai bem em dois jogos e vocês vão falar que não deu certo. Essas coisas acontecem naturalmente. O Pec vai buscar o espaço dele sem ninguém forçar nada. O que não podemos é perder um jogador e ganhar outro. Aí a coisa fica complicada. Tem que ter calma para não queimarmos jogadores que têm potencial – disse.

Já em relação a Talles Magno, o treinador cruzmaltino admitiu que o atleta não vive bom momento e destacou a necessidade de se conseguir entender o que está acontecendo, mas ressaltou que a confiança na recuperação do bom futebol do camisa 11 é total.

– É a mesma coisa que falei do Pec. Aí o pessoal pede o Pec. O Talles não perdeu o talento de jogar futebol. Alguma coisa aconteceu que ele mudou o comportamento. Nós temos que dar confiança para que ele recupere o futebol. Então, temos que ter calma para que não perder dois jogadores, o Pec e o Talles – complementou.

Ainda sem certeza se com Talles ou Gabriel Pec como companheiro de ataque de Germán Cano, o Vasco volta a campo no próximo domingo (31), às 16h, contra o Bahia, em São Januário, pela 33ª rodada do Brasileirão. A partida é considerada um jogo-chave na luta cruzmaltina contra o rebaixamento.

6 comentários
  • MARCOS ALBERTO MATSUSHIMA - 27 de janeiro de 2021

    Luxa parabéns, o vasco está bem melhor
    Mas trás o garoto João Pedro
    É um garoto rápido que joga pelos extremos do campo

    Responder
  • MARCOS ALBERTO MATSUSHIMA - 27 de janeiro de 2021

    O Talles tem que aprender a ser um jogador que saiba quando usar o individualismo e quando ter que tocar e dar dinâmica ao jogo, também tem q aprender a jogar de cabeça erguida e não ficar olhando só para bola e usar o drible em pró da equipe , para ganhar espaço no campo

    Responder
  • Helon Charles - 27 de janeiro de 2021

    Por enquanto não, mas acho que seria uma boa após o fim do Brasileirão, que o Talles pudesse passar um tempo no Sub-20 nessa próxima temporada. O problema dele é a falta de confiança no time profissional e um período na base ajudaria e muito para sua recuperação. Não é uma punição, é só uma forma de recuperá-lo e ao mesmo tempo fortalecer a base, já que ainda possui idade pra isso. Se perceberem, dificilmente ele fez uma tentativa de drible para frente.

    Responder
  • Jose Virgilio O Moura - 27 de janeiro de 2021

    Voce quando ouve ou lê o que o Luxa fala..voce entende porque êle é um dos melhores treinadores do mundo do futebol….Parabéns profexô!!!

    Responder
  • Valdimar Medeiros - 27 de janeiro de 2021

    O problema de Thalles é sua individualidade, faz somente uma jogada, querendo diblar dois adversários ao mesmo tempo, enquanto isso tem um companheiro ao lado para receber e bola, procure se deslocar para em seguida recebê-la novamente, é um bom atleta. Aconselho ele prestar atenção como joga Messi, se deslocar sempre para estar livre de marcação. Não é crítica ao Thalles, é um conselho de um observador.

    Responder
  • Lima - 27 de janeiro de 2021

    Não sei se seria a hora de fazer experiências, mas o Luxemburgo bem que poderia utilizar os dois. Talles pela esquerda e o Pec pela direita, mas sem posição fixa, invertendo de lado no decorrer do jogo. No decorrer da partida vê aquele que não está correspondendo ou caiu de rendimento e substitui. Os dois são bons jogadores e merecem ser titulares.

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
23 de junho de 2021
Vasco TV mostra treino da última terça-feira na preparação para encarar o Cruzeiro

Confira agora alguns trechos do treino do Vasco da Gama realizado na última terça-feira, no CT do Almirante.

Vasco receberá R$ 500 mil pela transferência de Marlon Santos ao Shakhtar Donetsk

O Vasco da Gama será recompensado em R$ 500 mil pela transferência de Marlon Santos, que trocou o Sassuolo pelo Shakhtar Donetsk.

Assista ao vídeo que mostra a inauguração do CT para o Futebol Feminino do Vasco

Confira o vídeo que mostra a inauguração do CT para o futebol feminino do Vasco da Gama na Vila Olímpica de Duque de Caxias.

Abel Braga relembra sua passagem como zagueiro do Vasco: ‘Espetacular’

O técnico Abel Braga, que atualmente está no Lugano, disse que sua passagem como jogador do Vasco da Gama foi espetacular.

Ricardo Sá Pinto fala sobre desavença com Fellipe Bastos no Vasco

O técnico Ricardo Sá Pinto falou sobre seu desentendimento com o meia Fellipe Bastos, durante sua passagem pelo Vasco da Gama.

Menos de 40% das finalizações do Vasco na Série B atingiram o alvo

Números mostram que o ataque do Vasco da Gama vem tendo aproveitamento ruim neste início de Campeonato Brasileiro da Série B.

Castan volta bem, mas defesa do Vasco ainda sofre na temporada

Leandro Castan retornou após período afastado por lesão e tenta ajustar setor defensivo do Vasco da Gama que vem falhando sistematicamente.

Sá Pinto relembra dificuldades no Vasco e dispara contra diretoria: ‘Não havia liderança’

Ex-técnico do Vasco da Gama, Ricardo Sá Pinto não poupou críticas ao presidente Jorge Salgado e expos as dificuldades financeiras do Clube.

Aluguel de São Januário para o Fluminense rende R$ 70 mil aos cofres do Vasco

Vasco da Gama arrecadou R$ 70 mil com o aluguel de São Januário para o Fluminense na segunda rodada do Campeonato Brasileiro.

Dinamite avalia esquema do Vasco e crê que time precisa de sequência e entrosamento

Maior artilheiro e ex-presidente do Vasco da Gama, Roberto Dinamite deu sua opinião a respeito do time Cruzmaltino.

Veja mais notícias